Faz as Pazes com a Comida

Faz as Pazes com a Comida

Aprende a comer sem culpa, ansiedade ou descontrolo - Lançamento a 19/01/2022
13,41€ 14,90€
-10%

Ler Mais

Sinopse

Se procuras uma nova dieta… então este livro não é para ti.
E se fosse possível comer o que adoras sem ansiedade, culpa ou exagero? E se tivesses a capacidade de te alimentares de forma a sentires-te bem física e emocionalmente, sem qualquer dieta ou restrição? E se neste processo atingisses o teu peso naturalmente saudável e o exercício físico até começasse a soar interessante? E se conseguisses escapar da prisão em que vives com a comida e ser feliz?
Parece utopia, mas não é - Joana Amaral sabe disso na primeira pessoa. Depois de anos a viver obcecada com a comida e com o ginásio, a odiar a sua forma física e a comer de forma tão descontrolada quanto restritiva, descobriu a Alimentação Intuitiva. A autora integrou este método na sua prática profissional, quer na vertente da alimentação quer no exercício, e hoje ajuda os seus clientes a fazerem as pazes com o corpo e a comida.
·Desfruta da comida sem exageros, ansiedade ou culpa.
·Lida com situações difíceis sem recorrer à comida.
·Sai com os amigos sem ter medo do que vai ser o jantar.
·Percebe porque as dietas não funcionam a longo prazo (é a ciência que o diz!)
·Vive num corpo naturalmente saudável.

Detalhes

  • Título Original Alimentação Intuitiva
  • Categoria Não Ficção
  • Sub-categoria Saúde/Bem Estar
  • ISBN 9789899087118
  • Nº de Páginas 216
  • Data de Lançamento 1/2022
  • Dimensões 230 x 150 x 14 mm
  • Formato Capa Mole
  • Peso 254g

Citações

  • A AI [Alimentação Intuitiva] é um método que te ensina e guia a curares a tua relação com a comida e com o teu corpo, tendo como base o autocuidado e a autoestima. Incorpora mente, corpo e alimentação e ensina-te a seres especialista do teu próprio corpo.»
  • «As pessoas com uma baixa autoestima têm mais probabilidade de iniciar uma dieta. Aliás, quando trabalhava para a cultura das dietas e vendia exercício como forma de emagrecer, reparava que muitas pessoas vinham ter comigo porque procuravam autoestima num corpo mais "magro". Autoestima é um trabalho que começa de dentro, não se desenvolve
  • «Muitas pessoas caem no erro de achar que uma alimentação natural (ou seja, intuitiva) é simplesmente «ouvir» o que o corpo tem para dizer.