A Cor dos Dias

A Cor dos Dias

Memórias e Peregrinações
9,07€ 15,11€
-40%

Ler Mais

Sinopse

Crónicas inéditas é o que nos propõe Alçada Baptista neste seu novo livro. Pertence ao ciclo das suas memórias e peregrinações, fazendo um balanço sobre o que lhe tem cabido viver. Ele revisita lugares, épocas, personalidades, para os abordar num novo enquadramento. Noutras páginas, surpreende-nos com a sua grande capacidade de leitura do que é recente e para que nos chama a atenção. E, se nos suscita reflexões sérias, deixando-nos a responsabilidade de nos questionarmos também, oferece-nos ecos do seu «Riso de Deus», através de pequenas narrativas de carácter anedótico ou revelando-nos o lado lúdico de figuras que até aqui conhecíamos apenas como gente «séria», «importante». Não podemos deixar de referir aqui a sempre presente paixão do autor – a sua “obsessão”, como lhe chama ele – pela memória, pela história das mentalidades, que transparece em coisas que nunca se encontram nos livros de História, quando se tenta compreender uma época, mas que lhe dão “cor”: os usos, os costumes, os gostos, os ritmos, as referências várias que vão marcando cada época. Daí o valor de testemunho que este livro assume, ao oferecer à sua leitura, hoje ou algures no futuro, o contacto íntimo, quase sensual, com o espírito das várias épocas pelas quais nos faz viajar. António Alçada Baptista (1927), Covilhã. Licenciado em Direito, esteve ligado ao jornalismo e à edição. Em 1971 publica o seu primeiro livro de reflexões Peregrinação Interior I, obra que registou um excelente acolhimento público e que tem sido sucessivamente reeditada, à semelhança de Peregrinação Interior II, publicada em 1982. Seguiram-se entretanto as obras O Tempo Nas Palavras; Conversas Com Marcelo Caetano; Os Nós e os Laços; Catarina ou o Sabor da Maçã; Tia Suzana, Meu Amor e O Riso de Deus foram as obras seguintes, em que surge novamente como observador atento da sua época (embora com uma postura mais serena). Em 1998 publica A Pesca à Linha - Algumas Memórias, um livro que se assume como uma obra de memórias, recordações, lucidez e ironia, e à qual não é alheio o profundo sentido afectivo que caracteriza a escrita deste autor. Como cronista e defensor da liberdade Alçada Baptista publicou em Outubro de 2002 Um Olhar à Nossa Volta, o testemunho de uma vivência colectiva registada na década de 70 e 80 marcada por inquietações político-sociais e agora A Cor dos Dias – Memórias e Peregrinações.

Detalhes

  • Título Original A COR DOS DIAS - MEMORIAS E PEREGRINAÇOE
  • Categoria Não Ficção
  • Sub-categoria Biografias/Memórias/Testemunhos
  • ISBN 9789722331050
  • Nº de Páginas 228
  • Data de Lançamento 10/2003
  • Dimensões 230 x 150 x 14 mm
  • Formato Capa Mole
  • Peso 356g