O Silêncio do Mar

O Silêncio do Mar

9,03€ 12,90€
-30%

Ler Mais

Sinopse

Passados mais de 120 anos sobre o nascimento do autor e mais de 80 sobre a sua primeira edição, regressa às livrarias portuguesas o grande clássico da resistência francesa à ocupação alemã na segunda Guerra mundial.

Quando, em plena Segunda Guerra Mundial, um oficial nazi - homem educado e apreciador da cultura do país da liberdade, igualdade e fraternidade - ocupa a casa de uma família francesa, a sua é rigorosamente a única voz humana que se escuta entre aquelas paredes. Aquele homem não ouvirá deles nem uma só palavra. Ali, naquela casa, a resistência à ocupação alemã faz-se com a força maior do silêncio - profundo como o mar, indefetível, maior - e nenhum dos membros da família vergará.

Escrito e publicado em pleno período de Resistência, mais precisamente em 1942, O Silêncio do Mar é um dos textos mais emblemáticos da Segunda Guerra Mundial e o símbolo da luta francesa contra a ocupação nazi. Hoje já um clássico lido por milhões de leitores em todo mundo, este texto que Jean Bruller, ele próprio um resistente, assinou como Vercors, tinha um intuito muito claro: incitar o povo a não ceder aos nazis. O resto é história, e é também esta história, em que a dignidade humana, a moral individual e coletiva e o dever de cada um encontram, independentemente da idade ou do tempo em que a lemos, o seu lugar.

Detalhes

  • Título Original LE SILENCE DE LA MER
  • Categoria Ficção
  • Sub-categoria Romance Histórico
  • ISBN 9789722371087
  • Nº de Páginas 64
  • Data de Lançamento 5/2023
  • Dimensões 230 x 150 x 7 mm
  • Formato Capa Mole
  • Peso 133g

Customer Reviews

Based on 1 review
0%
(0)
100%
(1)
0%
(0)
0%
(0)
0%
(0)
M
Maria José
Um pequeno grande clássico

Este é um livro muito especial, escrito e publicado clandestinamente, em França, em plena segunda guerra mundial, por Jean Bruller, sob o pseudónimo Vercors.

Esta pequena obra encerra uma mensagem poderosa e foi considerada um símbolo da resistência francesa.

Durante a ocupação nazi, muitas habitações foram ocupadas por soldados alemães. Nesta história, um general vai habitar na mesma residência com um homem e a sua sobrinha. Como nada podem fazer para o evitar…fazem a única coisa que podem fazer…nada.

Remetem-se a um silêncio absoluto, em forma de protesto e de apoio à resistência. E assim, vão percebendo o verdadeiro poder do silêncio.

O general em questão aproveita esses momentos de quietude para dissertar acerca da sua vida, das suas paixões e motivações. É um romântico iludido pela propaganda nazi, que mostra nos seus discursos um amor pela França e uma inocência que nos sensibiliza. Afinal somos todos humanos…mesmo quando fazemos algo monstruoso.

É um livro delicado, mas com uma mensagem marcante. Gostei mesmo muito, é realmente um clássico intemporal sobre a resistência francesa.

Boas leituras!
MJ♥︎