O Espião que Devia ter Morrido

O Espião que Devia ter Morrido

16,65€ 18,50€
-10%

Ler Mais

Sinopse

«O Inferno existe e eu estive lá.». É com estas palavras que o Agente Kasper - um ex-carabiniere que se tornou agente dos serviços secretos italianos e, depois, do ROS (Raggruppamento Operativo Speciale ), o único órgão policial em Itália com competência para investigar o crime organizado e o terrorismo - começa a contar a sua história a Luigi Carletti. O que o Agente Kasper descobriu com a sua investigação meticulosa era demasiado importante e demasiado grave: milhões e milhões de dólares em notas de 100, impressas fora do território americano. As supernotes. O Espião Que Devia Ter Morrido é narrado com o ritmo e a força de uma fulgurante história de espionagem que tece e revela páginas inéditas da história recente. Um livro que é simultaneamente uma grande história e uma grande narração, na qual a realidade do mundo em que vivemos se revela mais forte do que qualquer fantasia.

Detalhes

  • Título Original Supernotes
  • ISBN 9789897540516
  • Nº de Páginas 392
  • Data de Lançamento 7/2014
  • Dimensões 235 x 155 x 26 mm
  • Formato Capa Mole
  • Peso 630g

Críticas

  • «Notas de 100 dólares são impressas na Coreia do Norte em máquinas autorizadas e com as quais os Serviços de Inteligência dos EUA pagam (de forma secreta e escondida da opinião pública) a regimes criminosos, traficantes de droga, e outros agentes do mercado negro internacional. Tudo em nome da segurança nacional americana.»La Repubblica
  • «O Inferno existe e eu estive lá.»Agente Kasper