Porque flutuam os meus cereais?

Porque flutuam os meus cereais?

A explicação para esta e outras questões do nosso dia a dia da CIÊNCIA
13,41€ 14,90€
-10%

Ler Mais

Sinopse

Como sobe a água pelos canos até ao meu chuveiro? Compensa trocar de faixa no trânsito? Como funciona um despertador? Por que razão se enrolam os fios dos auriculares? Como voa um avião? A rotina diária está repleta de questões para as quais nem sempre temos resposta. Sabemos que se abrirmos uma torneira sairá água e que se carregarmos num interruptor uma luz irá acender-se. Mas como? E porquê? Disciplinas como a Biologia, a Geologia, a Química, a Física e a Matemática, foram sendo desenvolvidas na expectativa de encontrar uma solução para os enigmas do Universo e do mundo natural. E conseguiram. Só que nem sempre as explicações de cientistas e investigadores são fáceis de entender pelo público em geral. Neste livro, Adriano Cerqueira, produtor de «90 Segundos de Ciência», programa que ganhou o Prémio Gulbenkian Conhecimento em 2019 e que dá a conhecer as novas descobertas e os trabalhos dos cientistas portugueses, explica de forma simples e lógica algumas das dúvidas mais comuns do nosso dia a dia. Desde que acordamos até que adormecemos, o autor mostra-nos como a ciência está presente em todos os momentos da nossa vida, ainda que nem sempre tenhamos noção disso.

Detalhes

  • Título Original Porque flutuam os meus cereais?
  • Categoria Não Ficção
  • Sub-categoria Ciência
  • ISBN 9789898975515
  • Nº de Páginas 272
  • Data de Lançamento 9/2020
  • Dimensões 230 x 150 x 18 mm
  • Formato Capa Mole
  • Peso 318g

Citações

  • «Hoje em dia, toda essa informação está à distância de um clique mas nem sempre sabemos onde ou como a procurar. Este livro procura ser assim uma ferramenta agregadora de respostas a algumas das dúvidas mais comuns do nosso dia-a-dia.»
  • «Independentemente da ordem em que os cereais entram na taça, estes costumam adoptar sempre os mesmos comportamentos. Embora todos flutuem, alguns juntam-se em pequenos aglomerados, enquanto outros são relegados para as paredes da taça.