O Gótico

Sinopse

Este é o segundo volume de uma colecção que segue a evolução da Arte em Portugal, estudo subordinado ao projecto iniciado pelo Prof. Doutor Carlos Alberto Ferreira de Almeida. Depois do primeiro título desta colecção, O Românico, a monografia que agora se apresenta é uma admirável e inovadora síntese sobre o estilo gótico, que, conta com a participação do Prof. Doutor Mário Jorge Barroca. Trata-se de uma exemplar demonstração de interdisciplinaridade metodológica: para além do enquadramento histórico que permite captar o espírito que inspirou este estilo num Portugal pós-Reconquista, já politicamente estável, é-nos oferecido um panorama geral sobre os novos desenvolvimentos socioeconómicos e culturais que ocorreram a partir do reinado de D. Afonso III. Simultâneo ao período da afirmação literária da língua portuguesa, do processo de coesão do território e do deslocamento do centro político para sul, as suas manifestações abrangem sobretudo o Centro-sul e a zona atlântica. A implantação do Gótico em Portugal vai evoluindo ao longo de vários séculos, culminando de certa forma com esse magnífico empreendimento que é o Mosteiro da Batalha, cuja construção se prolonga até bem dentro do século XV. Mas o Gótico reflete um mundo novo em todos os sentidos – os novos modos de organização da vida, a religiosidade, a arte da guerra, o apuramento do gosto e das técnicas. Assim, somos convidados a seguir percursos pontuados pelas mais importantes expressões concretas do Gótico, desde a arquitectura religiosa, militar e civil, o planeamento da urbanização e as artes plásticas: a iconografia, a iluminura, a pintura, as artes preciosas dos metais e do marfim e até o mobiliário. Esta cativante viagem pelo nosso património artístico possibilita-nos entendê-lo no seu próprio processo de constituição. Uma edição de grande qualidade gráfica, ilustrada com excelentes fotografias a cores. Carlos Alberto Ferreira de Almeida nasceu a 27 de Dezembro de 1934 em Santa Maria da Feira. Aos vinte anos matricula-se no Seminário do Porto e cinco anos depois tem completo o curso superior de Teologia. Entre 1962 e 1968 cursa História na recém-restaurada Faculdade de Letras da Universidade do Porto, tendo recebido em 1965 o primeiro prémio da sua promissora carreira de etnógrafo. Após a conclusão do curso, permanece na Faculdade de Letras como assistente e é então que se inicia na investigação que produziu até ao final dos seus dias. Um homem que dedicou mais de metade da sua vida a campanhas de pesquisa e escavação arqueológica, possuidor de uma carreira académica brilhante, e de um percurso pré-catedrático longo mas meritório, Carlos Alberto Ferreira de Almeida escreveu centenas de estudos etnográficos que em muito aumentaram o nosso actual conhecimento de tradições, hábitos, costumes e história, sendo da sua lavra os estudos mais marcantes nos domínios da Etnografia, da Antropologia, da Arqueologia e da História da Arte no nosso país. O fundador do Instituto de História da Arte da Faculdade de Letras da Universidade do Porto faleceu em 1996 na Venezuela, apenas doze anos depois de ter atingido a Cátedra em História de Arte e Arqueologia. Mário Jorge Lopes Neto Barroca é licenciado em História pela Universidade do Porto e dedicou-se muito cedo à investigação. Doutorou-se em Arqueologia e actualmente exerce o cargo de investigador e professor auxiliar na Universidade em que se licenciou.

Detalhes

  • Título Original HIST. ARTE EM PORT. II - O GOTICO
  • Categoria Não Ficção
  • Sub-categoria Arte e Cultura
  • ISBN 9789722328418
  • Nº de Páginas 304
  • Data de Lançamento 2/2002
  • Dimensões 240 x 142 x 20 mm
  • Formato Capa Mole
  • Peso 694g