Utilizamos cookies para lhe oferecer um serviço melhor. Continue a navegar ou saiba mais.


Adicionar ao carrinho

16,50 €

Nº na Coleção: 682
Data 1ª Edição: 22/02/2018
Nº de Edição: 10ª
ISBN: 978-972-23-6166-8
Nº de Páginas: 232
Dimensões: 150x230mm

Opiniões em Blogues

Adicionar à lista
Adicionado à lista:
Visualizações: 3155
Presente em:
5 listas de favoritos

 

Partilhar:
.
O Tatuador de Auschwitz
por Heather Morris (Autor)

Esta é a história assombrosa do Tatuador de Auschwitz e da mulher que conquistou o seu coração - um dos episódios mais extraordinários e inesquecíveis do Holocausto.

Em 1942, Lale Sokolov chega a Auschwitz-Birkenau. Ali é incumbido da tarefa de tatuar os prisioneiros marcados para sobreviver - gravando uma sequência de números no braço de outras vítimas como ele - com uma tinta indelével. Era assim o processo de criação daquele que veio a tornar-se um dos símbolos mais poderosos do Holocausto.

À espera na fila pela sua vez de ser tatuada, aterrorizada e a tremer, encontra-se Gita. Para Lale, um sedutor, foi amor à primeira vista. Ele está determinado não só a lutar pela sua própria sobrevivência mas também pela desta jovem.

Um romance baseado em entrevistas que Heather Morris fez ao longo de diversos anos a Lale Sokolov, vítima do Holocausto e tatuador em Auschwitz-Birkenau. Uma história de amor e sobrevivência no meio dos horrores de um campo de concentração, que agradará a um vasto universo de leitores, em especial aos que leram A Lista de Schindler e O Rapaz do Pijama às Riscas, e que nos mostra de forma pungente e emocionante como o melhor da natureza humana se revela por vezes nas mais terríveis circunstâncias.


Seja o primeiro a comentar este livro
Citações
  • «Baseado na verdadeira história de Lale Sokolov, que foi forçado a tatuar os números de prisioneiro nos braços dos seus companheiros nos campos de concentração.» | The Bookseller
  • «Uma história bela e pungente sobre a vontade de um homem de sobreviver em Auschwitz… é uma história de esperança e perseverança, de uma beleza que emerge quando tudo à volta parece estar pintado de preto.» | Library Thing
  • «Extraordinário, comovente, avassalador, edificante… uma história sobre os limites do comportamento humano, onde atos de violência intencionais acontecem a par de atos de amor altruístas e impulsivos. Recomendo-o sem reservas.» | Graeme Simsion, autor de O Projeto Rosie