Utilizamos cookies para lhe oferecer um serviço melhor. Continue a navegar ou saiba mais.


Adicionar ao carrinho

13,90 €

Nº na Coleção: 1
Data 1ª Edição: 08/05/2012
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-23-4828-7
Nº de Páginas: 264
Dimensões: 150x230mm

Opiniões em Blogues

Adicionar à lista
Adicionado à lista:
Visualizações: 3272
Presente em:
4 listas de recomendações
5 listas de favoritos

 

Partilhar:
.
O Perraultimato
por Filipe Faria (Autor)

As estórias são conhecidas de todos: sapatinhos de cristal, maçãs envenenadas, príncipes encantados e lobos maus; e todos sabem que, no fim, os que mereciam viveram felizes para sempre. Então porque é que isso não aconteceu? Para responder a esta pergunta, Borralheiro, acompanhado por quatro outras figuras do imaginário popular europeu - a imprevisível Capuchinho, o misterioso Aprendiz, a atormentada Vasilisa e o perigoso Burra -, embarca numa inesquecível aventura em O Perraultimato, o primeiro volume da distopia folclórica Felizes Viveram Uma Vez.


Comentários:

1 de 1 membro gostou do seguinte comentário:

"Já viram a série "Era uma vez" no canal AXN White?

Este livro faz lembrar essa série, com a pequena diferença que este livro de Filipe Faria é muito melhor.
Quando comecei a ler o livro a primeira imagem que me lembrei foi de ver o Rato Mickey a ordenar à vassoura que fosse buscar água e o "inferno" em que a sua brincadeira se tornou. A diferença neste livro, é que aqui as coisas não correram bem...

E a linguagem que Filipe Faria usa? Filipe Faria desencantou palavras do tempo dos nossos avós e usa-as com mestria para nossa delícia.

Espero que não demorem muito a continuar a colecção. Tanto tempo de espera pode resultar em perca de interesse..."
colocado por Sérgio Melanda, em 08/3/2013
Gostou deste comentário? Sim Não

1 de 1 membro gostou do seguinte comentário:

"Todos nós temos memória dos contos e das histórias encantadas que nos preencheram a infância. O que raramente nos apercebemos é que todas elas têm um lado sombrio e macabro que acaba por ser camuflado pelo final feliz pelo qual todos ansiamos - o tão afamado "viveram felizes para sempre". Apesar da predominância de vocabulário um pouco invulgar ao longo da narrativa, Filipe Faria consegue transportar-nos para um mundo de fantasia onde o natural é que o final não seja feliz e transmite-nos uma perspectiva daquilo que poderia acontecer no reino encantado se o lado sombrio de cada história prevalecesse sobre o final feliz que todos esperamos. Recomendo, e espero pelo próximo!"
colocado por Paula Soares, em 07/7/2012
Gostou deste comentário? Sim Não
Notícias
  • Filipe Faria | 30/5/2012, Fonte: Jornal de Letras / Educação