FECHAR

perm_identity Login
     Ajuda

LIVRO ADICIONADO A LISTA DE DESEJOS

OOPS, TEM QUE FAZER LOGIN PRIMEIRO

LIVRO ADICIONADO
NOVIDADES
PROMOÇÕES
perm_identity AUTORES
Apoio Escolar
Arte
Culinária e Vinhos
Dicionários
Ficção e Literatura
Gestão e Economia
História
Infantis-Juvenis
Lazer
Línguas Estrangeiras
Não Ficção e Ensaio
Pedagogia
Plantas e Animais
Religião, Espiritualidade e Auto-Ajuda
Saúde e Família
recent_actors  COLEÇÕES
library_books  SÉRIES
  PRESENÇA
  MANUSCRITO
  JACARANDÁ
  MARCADOR
library_books AJUDA
CONTACTOS
SAIR




Istambul
Memórias de uma Cidade
por Orhan Pamuk

   
ver opiniões >    escreva a sua opinião >


19,90€   IVA incluido


MAIS SOBRE ESTE LIVRO MAIS SOBRE O LIVRO



O que significa nascer num determinado lugar do mundo e em determinado momento da História

Pamuk reflete sobre esta questão que para ele se reveste de importância fundamental, ciente de que nela se oculta a misteriosa alquimia entre a formação da sua própria personalidade e a cidade onde sempre viveu. O autor progride de forma mais ou menos cronológica desde os anos da infância até à entrada na Universidade, culminando na sua decisão de se tornar escritor.

Tudo isto acontece sobre o fundo sempre presente da cidade, que Pamuk constantemente percorre e explora. Ao longo das páginas de Istambul, Memórias de uma Cidade encontramos também um admirável acervo de fotografias a preto e branco - a captar a dispersão da luz no meio das sombras por entre ruínas e esplendorosos monumentos do tempo do Império Otomano.

Istambul, Memórias de uma Cidade é um dos livros mais aclamados do autor turco, vencedor de um Nobel da Literatura, e uma viagem à alma da cidade de Istambul.




SubtituloMemórias de uma Cidade
Data de publicação21-09-2016
colecçãoBiblioteca do Século
número na coleção23
Edição9
Número de páginas368
ISBN9789722339766
Dimensões150 * 230
Peso417




Orhan Pamuk
Orhan Pamuk nasceu na Turquia, em 1952, e estudou Arquitetura antes de se licenciar em Jornalismo pela Universidade de Istambul, profissão que nunca exerceu. Grande estudioso e leitor insaciável, escreve desde os 23 anos, uma atividade que o tornou universalmente conhecido e lhe valeu inúmeros prémios, distinções. Em 2006 foi agraciado com o Nobel da Literatura. A obra de Pamuk é seguida com o maior interesse tanto no Ocidente como na própria Turquia, onde os seus livros são sempre bestsellers, apesar das suas posições críticas em relação à política do país. A Presença tem publicado as obras deste autor, entre as quais Uma Estranheza em Mim, finalista do Man Booker International Prize em 2016. Cevdet Bei e os seus Filhos é o primeiro romance escrito por Orhan Pamuk em 1982, agora também disponível em Portugal. Nele o autor representa magistralmente a emergência da Turquia moderna, um tema que atravessa toda a sua obra.

ver mais




«Uma leitura fascinante mesmo para aqueles que fazem uma pequena ideia de Istambul como uma ponte entre ocidente e oriente. Leiam o livro pelas simetrias internas e não pelas suas verosimilhanças.»

THE ECONOMIST




«Trata-se, simultaneamente, de uma autobiografia, de um retrato da sua cidade natal e a história do declínio de uma família. Com a sua visão da cidade e fotografias da própria família, este livro é também a tentativa de descrever o sentimento inerente à vida da cidade banhada pelo Bósforo.»

FRANKFURTER ALLGEMEINE ZEITUNG




«Acima de tudo, Pamuk vê o desejo de melancolia como a chave oculta para conhecer Istambul. Para uma definição completa desta nostalgia nebulosa, terão de ler o seu testemunho encantador.»

THE INDEPENDENT




«O livro está construído de forma brilhante e leva-nos a mergulhar no mundo fenomenológico do autor enquanto rapaz? O autor é eloquente na empatia que sente pelo dilema do seu país: dividido entre a ocidentalização e a Europa, e a tradição e o Islão? Uma elegia encantadora a uma infância redimida e à própria cidade de Istambul, que vai deixar o mundo aos seus pés. A ser lida e relida, pelo puro prazer de a ler.»

THE OBSERVER




«Um livro irresistivelmente sedutor.»

THE GUARDIAN




«Magnificente, elegíaco, de tonalidades impressionistas.»

LITERARY REVIEW




«Extraordinário e comovente.»

FINANCIAL TIMES






OPINIÕES

0 em 5 estrelas



de Anónimo em 2018

E das entranhas de uma cidade se fazem as memórias de uma vida.
Confesso que fiquei com vontad...


E das entranhas de uma cidade se fazem as memórias de uma vida.
Confesso que fiquei com vontade de visitar e descobrir Istambul.
Muito bom.





AJUDE OS LEITORES INDECISOS
COM A SUA OPINIÃO!







RECEBA DESCONTOS E NOVIDADES




Siga-nos         

FORMAS DE PAGAMENTO E SEGURANÇA