Utilizamos cookies para lhe oferecer um serviço melhor. Continue a navegar ou saiba mais.


Adicionar ao carrinho

15,50 €

Nº na Coleção: 510
Data 1ª Edição: 02/08/2011
Nº de Edição:
ISBN: 978-972-23-4576-7
Nº de Páginas: 248
Dimensões: 150x230mm

Opiniões em Blogues

Adicionar à lista
Adicionado à lista:
Visualizações: 6286
Presente em:
12 listas de recomendações
8 listas de favoritos

 

Partilhar:
.
Contigo Para Sempre
por Takuji Ichikawa (Autor)

Quando Mio, de vinte e nove anos, morre de doença, deixa para trás Takumi, um marido problemático, e Yuji, o filho de cinco anos. Mas um dia, enquanto estes passeiam num bosque, eis que a reencontram, confusa e sem qualquer memória do que lhe aconteceu. Mio quer saber o que esqueceu, por isso o marido conta-lhe a sua história, à medida que procura respostas para a reaparição da mulher e tenta reconciliar-se com a perspectiva de a ir perder uma segunda vez… Um romance mágico e comovente sobre o poder redentor do tempo e das recordações. Contigo Para Sempre é a história de amor mais lida no Japão e em Hong Kong, cujo enorme sucesso inspirou um filme, uma série para a televisão e uma banda desenhada.


Comentários:
"Takumi acaba de perder a mulher e o seu filho Yuji fala constantemente na lenda que a mãe lhe falava, que quando morresse que voltaria novamente para estar com eles, mas que não seria por muito tempo. E eis que volta mas sem a memória, e resolve Takumi contar-lhe o que foi a sua vida, o início de namoro, o casamento, o nascimento do filho de ambos. É uma história muito comovente e que nos faz pensar sobre como o amor continua mesmo após a morte.

aviciadadoslivros.blogspot.com"
colocado por Ana Bernardes, em 12/9/2016
Gostou deste comentário? Sim Não

2 de 2 membros gostaram do seguinte comentário:

"Podemos ler várias opiniões sobre este livrinho no site da Presença, por isso não me vou alongar na minha opinião. Achei muito interessante saber que "Contigo para sempre" é um livro autobiográfico. E o que o autor disse sobre o livro «As coisas que parecem normais são ficção e as coisas que parecem impossíveis são verdade».

Li em duas noites este livro, porque quando começamos a ler ficamos apaixonados logo por esta história de amor e "magia" e pelos personagens, quando Takumi e Yuji ficam sozinhos após a morte da mãe Mio, eles tentam viver da melhor maneira que conseguem, e a relação entre ambos é maravilhosa e comovente, mas nem se apercebem o quanto a mãe lhes faz falta. O pai vai escrevendo um livro sobre a mãe, para que o filho de cinco anos possa recordar como ela era. Até que se dá a tal "magia" e Mio aparece para voltar a orientá-los no dia a dia. Começa então um leque de recordações da vivência entre Takumi e Mio desde a adolescência, como se conheceram, e apaixonaram é lindo de se ler, as limitações e problemas de Takumi e a grande benevolência de Mio perante os mesmos. Yuji é um miúdo muito especial. Em suma um livro maravilhoso, cheio de ternura, diferente, que emociona, comove, inesquecível quanto a mim.
Adorei e devorei as páginas, e o final nem se fala, pois não se está espera. Recomendo sem reservas."
colocado por Odete Silva, em 11/3/2012
Gostou deste comentário? Sim Não