FECHAR

perm_identity Login
     Ajuda

LIVRO ADICIONADO A LISTA DE DESEJOS

OOPS, TEM QUE FAZER LOGIN PRIMEIRO

LIVRO ADICIONADO
NOVIDADES
PROMOÇÕES
perm_identity AUTORES
Apoio Escolar
Arte
Culinária e Vinhos
Dicionários
Ficção e Literatura
Gestão e Economia
História
Infantis-Juvenis
Lazer
Línguas Estrangeiras
Não Ficção e Ensaio
Pedagogia
Plantas e Animais
Religião, Espiritualidade e Auto-Ajuda
Saúde e Família
recent_actors  COLEÇÕES
library_books  SÉRIES
  PRESENÇA
  MANUSCRITO
  JACARANDÁ
  MARCADOR
library_books AJUDA
CONTACTOS
SAIR





O meu perfil O meu perfil




OPINIÕES
Data Livro Classificação Comentario
// O Silêncio do Mar É um livro pequenino mas muito bonito. Só não consigo perceber porque é que a capa que aparece no site não é a mesma do livro quando o recebemos em casa. A capa do site é mais bonita e é mais alusiva ao tema do livro. Ver Mais
// O Silêncio do Mar O silêncio do mar de Vercors (Jean Bruller), chamou-me à atenção logo à primeira. Embora seja um livro pequeno, tem uma história profunda, bastante curiosa, delicada e um tanto inquietante. Normalmente quando lê-mos algo sobre oficiais nazis, a definição não varia muito do monstro que estes representaram e ainda hoje representam. Vercors vai mais longe, encontra o ser humano por baixo da temida farda, mostra-nos como as diferenças podem por breves momentos serem postas de parte, que a cultura e a paixão podem ser línguas universais e para mim o mais incrível, como o silêncio pode falar tão alto, por vezes até gritar. Vercors publicou o livro na clandestinidade em 1942, o que torna o livro mais apetecível.
A leitura não é fácil de acompanhar, não quando estamos habituados a mudanças constantes, personagens diferentes, ambientes diferentes. No silêncio do mar, temos apenas os pensamentos de um homem, o decifrar dos pensamentos da sua sobrinha e um constante monólogo de um oficial, numa casa que não é sua, num país que não é seu, mas que admira apaixonadamente.

http://henriqueribeirof.blogspot.com
Ver Mais
// Kafka com este livro, mostra-nos como conseguimos ser impotentes perante uma situação, no mínimo perturbante. Lembro-me de sentir estas emoções em sonhos, onde muitas vezes não consigo controlar o acontecimento. Agora, imaginem-se na pele deste personagem... Como se sentiriam?... Um livro a não perder. Ver Mais
// O Mundo de Sofia Um livro que ajuda a pensar. Recomendo-o a todos aqueles que não se contentam com respostas banais. Recomendo-o a todos aqueles que gostem do desafio de uma boa leitura. Ver Mais
// O Mundo de Sofia Uma história enigmática, surpreendente e muito interessante. Um livro fora de série para todos aqueles que sabem apreciar o que está para além do comum. Muito Bom! Ver Mais
// O Mundo de Sofia O livro que me fez interessar por filosofia - e gostar dela também.
Gostei muito da história, e é sem dúvida uma das minhas recomendações.
Ver Mais
// O Mundo de Sofia Este livro torna-se num exemplar, tanto a nivel literário como se torna um "guia" para as questões da vida.É uma viagem ao mundo do pensmento e da reflexão.Tenham uma boa aventura! sara ines tavares

Este livro torna-se num exemplar, tanto a nivel literário como se torna um "guia" para as questões da vida.É uma viagem ao mundo do pensmento e da reflexão.Tenham uma boa aventura! sara ines tavares">
Ver Mais
// O Mundo de Sofia Não sou fã do livro, mas também não o desgosto completamente. Foi interessante lê-lo, mas, definitivamente, não faz o meu género. Ver Mais
// O Mundo de Sofia Li este livro a primeira vez quando tive Filosofia no secundário e prendeu-me a atenção, por levantar questões diversas sobre o pensamento humano. Um livro a reler um dia destes... Ver Mais
// O Riso de Deus É-me difícil nomear a melhor obra de Alçada Baptista, no entanto, O Riso de Deus marcou-me de uma forma muito particular. É um dos melhores livros que li até hoje. Simplesmente imperdível! Ver Mais
// Vai Aonde Te Leva o Coração Já li este livro a alguns anos...mas esta frase ficou sempre:"... Fica quieta, em silencio e ouve o teu coracao.Qd ele te falar, levanta-te e vai aonde ele te levar."

Já li este livro a alguns anos...mas esta frase ficou sempre:"... Fica quieta, em silencio e ouve o teu coracao.Qd ele te falar, levanta-te e vai aonde ele te levar." ">
Ver Mais
// Vai Aonde Te Leva o Coração Já li este livro há muitos anos.Foi um dos primeiros do género que li e achei um bom livro.Light, sem grandes dramas...ou sem ser demasiado melancólico...na medida certa para uma leitura descontraída! Ver Mais
// Vai Aonde Te Leva o Coração Uma história simples, na minha opinião. A escrita é simples e clara. Gostei de o ler, pois de certo modo leva o leitor a reflectir sobre o que é realmente importante na vida. Ver Mais
// Vai Aonde Te Leva o Coração Já li este livro muitas vezes e também já vi o filme. Sim, de escrita simples mas a história em si, sendo mãe, não aceito o facto de abandonar a filha por causa de o amor a um homem que morre. Ver Mais
// Vai Aonde Te Leva o Coração Já li este livro há uns anos. Foi o primeiro que li de Susanna Tamaro. A partir daí, nunca + deixei de ler! Simples, mas tão cheio de lições, de reflexões, que tanta falta nos fazem! Ver Mais
// Vai Aonde Te Leva o Coração simplesmente fantastico! quem nao o leu, recomendo! e tenho a certeza que nao o deixaram a um canto, faz nos pensar e refletir o nosso caminho, a nossa marca, o passado, presente e futuro! quem o leu sabera, que aquele paragrafo final, nunca mais sera esquecido! Ver Mais
// Vai Aonde Te Leva o Coração Este foi o 1º livro, há mais de 10 ou 13 anos,dos muitos que já li da Susana Tammaro e fiquei viciada nesta Autora. Um livro lindo, pela sua simplicidade mas com uma carga de sentimentos enorme. O livro que faz realmente pensar, nos afectos , nas prioridades, no amor.Um livro recheado de cartas mas cartas com mais sentimentos que palavras, porque cada palavra daquelas cartas, transbordava sentimentos, conselhos dados por alguém que ama muito. A história de uma geração em que a avó é como todas as avós, representam a ternura. Posso dizer que o li mais que uma vez e, nunca foi demais. Depoi veio a curiosidade de conhecer o modo e a escrita desta grande Autora e...... nunca mais parei. Ver Mais
// Vai Aonde Te Leva o Coração Este livro é simplesmente fascinante. Cada frase deste livro está embebida em amor, esperança e determinação. Realmente com o coração podemos ir muito longe, mas nos momentos em que lemos este livro ultrapassamos vários limites. A nossa mente chega aonde o nosso coração sempre nos quis levar!
Recomendo-o a todos os leitores, porque mais que um livro é um ensinamento, que vai recordar para toda a sua vida...
Boa leitura,
Sara Tavares
Ver Mais
// O Mistério do Jogo das Paciências Este livro é fantástico, um dos melhores que já li. Aconselho vivamente, pois é muito dificil encontrar histórias assim. Ver Mais
// O Mistério do Jogo das Paciências É um dos livros da minha vida... Ver Mais
// Há laços que têm a força de um nó, mas não encontrareis um nó que tenha a beleza de um laço. Porque buscamos tanto a permanência se apenas estamos cá de passagem? Um livro sublime e imperdível! Ver Mais
// Surpreendeu-me a escrita de Alçada-Batista...tão próxima, tão intima, tão actual. A história é maravilhosa e é difícil que não nos reconheçamos nos seus personagens. Gostei imenso. Ver Mais
// O Perfume Li o livro, mas nunca vi o filme. Custou-me muito a lê-lo. A história era interessante, mas o facto de ser só descrição e muito pouco diálogo não facilitou a leitura. Ver Mais
// O Perfume O personagem é estranho, um misto de coisa ruim com zaratustra. O enredo é interessante e está muito bem construído. Mesmo não sendo dos meus favoritos, é um livro que se recomenda.
Ver Mais
// O Perfume Li o livro à cerca de dois anos, e tenho ainda memórias de uma história inebriante e envolvente.
Adorei o livro, e sobretudo a facilidade com que nos é descrita a mentalidade da personagem. Recomendo!
Ver Mais
// O Perfume Li o livro e vi o filme, que está o mais fiel possível ao livro. Adorei ambos e acredito piamente que não podem ser melhorados. Já estão no seu auge. Ver Mais
// O Perfume Um livro fantástico. Não consegui parar de ler. Muito envolvente. Ver Mais
// O Perfume um livro que se lê num abrir e fechar de olhos...fantastico, emocionante, envolvente... Ver Mais
// O Perfume Este livro é tão poderoso que coloca o leitor a fazer uma viagem alucinante! Toda a capacidade olfactiva é exacerbada, durante a leitura. O enredo é brilhante, cheio de contornos misteriosos. É um livro completamente viciante. Boa leitura**** Ver Mais
// O Perfume Este livro é simplesmente fascinante. A personagem principal está muitíssimo bem construída. A história é única e cativante, envolvendo o leitor da primeira à última página. Recomendo vivamente a sua leitura. Ver Mais
// O Perfume É a história de um assassino, de um louco, de um infeliz, mal-amado, de um génio e, no entanto, é a história de um só ser. Consegue despoletar, simultaneamente, repugnância, compaixão, ódio e risos por ser uma história tão absurda quanto cativante. A verdade é que marca pela diferença, talvez pela loucura ou pela malvadez, mas uma vez lido é um livro que jamais se esquece. Ver Mais
// O Perfume Comprei este livro em promoção na Feira do livro do Metro, mas como era um reportório diferente do que estou acostumada a ler, decidi experimentar. Posso dizer que não consegui terminar de ler, e nem cheguei às 50 páginas, era demasiado violento para mim, que tive parar de ler. Ainda não tive a coragem de ver o filme, ainda.

A Viciada Dos Livros
Ver Mais
// Com a Cabeça nas Nuvens Um livro de altos e baixos, com ondas sentimentais profundas e muito bem escrito. Gostei imenso e os meus parabéns à Susanna Tamaro. Ver Mais
// A História Interminável Um livro que me cativou por causa do filme! Sendo um filme que via quando era criança ficou com um sabor especial. Apesar do livro diferir do filme (como quase sempre acontece) é absolutamente mágico! Ver Mais
// A História Interminável Aquisição obrigatória em qualquer biblioteca privada. Grande entre os grandes classicos da literatura de fantasia. Quem é que não se lembra do filme e da música? A passar ás futuras gerações Ver Mais
// A História Interminável Esta é uma daquelas histórias de leitura e fantasia intensa. A minha opinião sobre o livro pode ser lida em http://tonsdeazul.blogspot.pt/2014/03/faz-o-que-quiseres.html Ver Mais
// Persuasão Uma bela história, um belo clássico. Recomendo a leitura desta magnífica obra. Ver Mais
// Cidadela Abre as portas do seu bazar de ideias filosóficas, expressando o que de melhor há em si sem a veleidade de nos querer conduzir como gado. Cada um de nós tem a força de uma semente na busca da ascensão Ver Mais
// Cidadela A leitura não é fácil, mas as ideias que se nos revelam valem bem o esforço. Um grande livro de um grande humanista, para ir saboreando aos poucos. Ver Mais
// A Alma do Mundo Este livro é de uma narrativa forte, explosiva diria, mas que agarra o leitor de uma tal forma que só queremos chegar á ultima página.Desconhecia esta faceta da Susanna Tamaro e gostei. Ver Mais
// O Enigma e o Espelho Fantástico, de uma profundidade absoluta. Recomendo vivamente. Ver Mais
// O Enigma e o Espelho Este é sem duvida um livro de nota 20.Uma história com requinte especial, e acima tudo, com uma mensagem para todos os comuns mortais! Aconselho vivamente a saborearem este livro tão PERFEITO. Ver Mais
// Um livro tão tocante que me fez chorar.
A pureza com que McCourt conta a sua infância é sem dúvida capaz de abalar com qualquer pessoa.
Recomendo a todos os que gostam de um bom livro.
Ver Mais
// e um livro tocante e verdade nem toda a gente tem a mesma sorte ao nascer mas tambem nos ensina que a sorte em adulto e feita por nos.rosa santos Ver Mais
// Um livro "rude" e triste, mas ao mesmo tempo extraordinário e envolvente.
Gostei muito.Gostei muito.

Um livro "rude" e triste, mas ao mesmo tempo extraordinário e envolvente.
Gostei muito.">
Ver Mais
// Já o li há uns anos e gostei imenso. Depois acabei de ver o filme, mas gostei mais do livro...de longe.´Conseguimo-nos colocar no lugar da personagem principal e até mesmo sentir toda aquela pobreza. Ver Mais
// A Tragédia do Titanic Opinião no meu blogue:

http://silenciosquefalam.blogspot.pt/2012/04/tragedia-do-titanic-walter-lord.html
Ver Mais
// A Tragédia do Titanic Vamos lá, quem é que nunca viu o titanic? Eu fui ver e chorei baba e ranho ( não perguntem porquê), mas para o fim chorava e ria ao mesmo tempo, vai-se lá entender. E desde então fiquei fascinada sobre a história do Titanic. E daí ter comprado este livro, para conhecer melhor a história real. Ando interessada em ir ver mesmo os destroços do navio, que até têm um museu por cima do navio se não estou em erro. Fala das classes sociais, das atitudes estúpidas e egoístas das pessoas que havia na altura. É um livro interessante e bom de ler.

aviciadadoslivros.blogspot.com
Ver Mais
// Profundo Como o Mar É bastante longo mas muito bom. Já li a alguns anos mas valeu muito a pena. Ver Mais
// Profundo Como o Mar Gostei de ler este livro, mas acho que se torna um pouco repetitivo e até mesmo cansativo. O final compensa aconselho este livro a quem tem muita paciencia!!!!! Ver Mais
// Profundo Como o Mar Gostei muito de ler este livro,li-o em tempos e agora vou relê-lo, para depois seguir melhor a sua continuação. Ver Mais
// Muito engraçado! Vale a pena ler quanto mais não seja pelas trapalhadas em que a Bridget se mete! É light e le-se rapidamente...sempre com uma gargalhada pronta a ser solta! Ver Mais
// Memórias de uma Gueixa Já li este livro há uns anos e adorei! É uma história linda e retrata muito bem a vida das Gueixas. Aprendi muitas coisas que desconhecia acerca delas e da sua vida. É um livro a não perder! Recomendo =)
Ver Mais
// Memórias de uma Gueixa Um livro imperdivel! E um filme imperdivel! Entramos no mundo oculto das gueixas: vivemos, sonhamos e sofremos com as personagens, na luta constante pelos seus sonhos, pelos seus amores! Recomendo!!!! Ver Mais
// Memórias de uma Gueixa Eu pensava que este livro era sobre... "mulheres da vida". Felizmente, ofereceram-mo e, ao lê-lo, mudei completamente a minha opinião sobre ele. Está brutal. Fez-me respeitar as gueixas.

Eu pensava que este livro era sobre... "mulheres da vida". Felizmente, ofereceram-mo e, ao lê-lo, mudei completamente a minha opinião sobre ele. Está brutal. Fez-me respeitar as gueixas.">
Ver Mais
// Memórias de uma Gueixa Pessoalmente, acho que este livro é extremamente interessante. Toda a evolução daquela pequena menina e os rituais de transformação... Adorei!
O filme também foi muito bem feito :)
Ver Mais
// Memórias de uma Gueixa Gostei imenso do livro, foi uma leitura excelente. Ver Mais
// Memórias de uma Gueixa É um livro muito agradável e fácil de ler, prendeu-me do inicio ao fim. A cena desenrola-se ao longo dos anos 30 e também durante a 2ª Guerra Mundial, o que nos ajuda a ter uma ideia de como era a vida nessa altura e das principais dificuldades que as pessoas sentiam devido à Grande Depressão. Percebemos que a maioria das gueixas não passavam grandes dificuldades uma vez que os seus clientes eram essencialmente homens de negócios, com dinheiro suficiente para pagar bem pela sua companhia. Mas em vários pontos do livro são relatadas cenas em que Sayuri encontra pessoas pobres, por Quioto, fora do bairro onde as gueixas residiam, e que eram magros e passavam fome e não tinham onde viver. Foram cenas que, apesar de breves, me chocaram um pouco... Ver Mais
// Memórias de uma Gueixa Este é, definitivamente, um dos meus livros favoritos! Não resisti a lê-lo por uma segunda vez.
Enquanto acompanhamos a vida da personagem, as suas dificuldades, as expectativas e as lutas por aquilo que sonha, podemos aprender bastante sobre a cultura japonesa da época.
Além disso, apresenta uma escrita tão fluida... Eu adorei :)
Ver Mais
// Memórias de uma Gueixa Memórias de uma Gueixa conta a história de uma gueixa, narrada por si própria anos mais tarde, desde menina até adulta. O afastamento da sua primeira e verdadeira família, a nova "família" e com ela o "abandono da inocência" e o desencanto de quando se têm excessivas expectativas...
A maldade e a rivalidade, a inveja e a protecção que teima em chegar, mas que um dia se encontra quando menos se espera e o futuro se julgava perdido. A ascensão e a maldade outra vez. Desta vez a Guerra, a Segunda Mundial, que de pouco a pouco começa por alterar o dia-a-dia de todos... E até das gueixas. Por fim, o regresso e o desfecho. Desejado, mas só pela metade.
Porém, ainda assim vale a pena ler este romance. Tem aventuras e desventuras. Muitas pedras no caminho (da vida da personagem principal) que, apesar de tudo, acabam por ser contornadas pela água que não pára e continua... Sempre em direcção a além, a mais além. Este é também um livro que retrata a sociedade japonesa pouco antes da Grande Depressão, durante a Grande Depressão, e já durante a Segunda Guerra Mundial e o período imediatamente a seguir. E concentra-se no que é a vida de uma gueixa, as frequentes idas às casas de chá, as danças e as regras. Recomendo.
https://www.goodreads.com/review/show/1107955581A maldade e a rivalidade, a inveja e a protecção que teima em chegar, mas que um dia se encontra quando menos se espera e o futuro se julgava perdido. A ascensão e a maldade outra vez. Desta vez a Guerra, a Segunda Mundial, que de pouco a pouco começa por alterar o dia-a-dia de todos... E até das gueixas. Por fim, o regresso e o desfecho. Desejado, mas só pela metade.
Porém, ainda assim vale a pena ler este romance. Tem aventuras e desventuras. Muitas pedras no caminho (da vida da personagem principal) que, apesar de tudo, acabam por ser contornadas pela água que não pára e continua... Sempre em direcção a além, a mais além. Este é também um livro que retrata a sociedade japonesa pouco antes da Grande Depressão, durante a Grande Depressão, e já durante a Segunda Guerra Mundial e o período imediatamente a seguir. E concentra-se no que é a vida de uma gueixa, as frequentes idas às casas de chá, as danças e as regras. Recomendo.
https://www.goodreads.com/review/show/1107955581

Memórias de uma Gueixa conta a história de uma gueixa, narrada por si própria anos mais tarde, desde menina até adulta. O afastamento da sua primeira e verdadeira família, a nova "família" e com ela o "abandono da inocência" e o desencanto de quando se têm excessivas expectativas...
A maldade e a rivalidade, a inveja e a protecção que teima em chegar, mas que um dia se encontra quando menos se espera e o futuro se julgava perdido. A ascensão e a maldade outra vez. Desta vez a Guerra, a Segunda Mundial, que de pouco a pouco começa por alterar o dia-a-dia de todos... E até das gueixas. Por fim, o regresso e o desfecho. Desejado, mas só pela metade.
Porém, ainda assim vale a pena ler este romance. Tem aventuras e desventuras. Muitas pedras no caminho (da vida da personagem principal) que, apesar de tudo, acabam por ser contornadas pela água que não pára e continua... Sempre em direcção a além, a mais além. Este é também um livro que retrata a sociedade japonesa pouco antes da Grande Depressão, durante a Grande Depressão, e já durante a Segunda Guerra Mundial e o período imediatamente a seguir. E concentra-se no que é a vida de uma gueixa, as frequentes idas às casas de chá, as danças e as regras. Recomendo.
https://www.goodreads.com/review/show/1107955581">
Ver Mais
// De ler e literalmente chorar por mais... Quem não quer um amor assim? Resistente a todas as adversidades da vida... Ver Mais
// Sem dúvida o melhor livro que li do Nicholas Sparks até ao momento.
Uma verdadeira história de amor.
Ver Mais
// Mais um livro cheio de amor e paixão. Uma prova de que o amor existe em todas as idades. Ver Mais
// Este livro não tem palavras...a história é linda...os personagens são maravilhosos! O amor representado no livro é tão puro e altruísta...os últimos capítulos mostram um grande amor incondicional! Ver Mais
// De todos os livros que já li dele, este continua a ser o meu preferido. Já o li 2 vezes e nunca deixo de chorar. Uma história magnifica. Ver Mais
// O Livro que me iniciou na leitura de Nicholas Sparks! Depois deste (e já li todos) não voltou a haver nenhum livro dele que me enchesse tanto o coração. Gostava de envelhecer assim ! Ver Mais
// o primeiro livro que li do autor e fiquei completamente rendida, ja li todos mas sem duvida este e o meu preferido.... magico e real ao mesmo tempo... Ver Mais
// Um livro lindíssimo, um dos melhores de Nicholas Sparks na minha opinião.
Odete Silva
Ver Mais
// É um livro ternurento. A história de um casal que, apesar de já não serem jovens, não deixam de viver uma paixão e sentir um grande amor um pelo outro. Uma história que prova que o verdadeiro amor não tem idade. As personagens são maravilhosas!!! Ver Mais
// Adorei o livro, pois fez me lembrar o filme..divinal! Ver Mais
// (..) inevitavelmente leva às lágrimas às românticas incuráveis (como eu!). Ver Mais
// um livro emocionante do inicio ao fim :) Ver Mais
// Romântico até à última linha!! Ver Mais
// Tenho apens 15 anos e ja li todos os livros deste grande autor! É, actualmente a minha grande inspiração.. Leio nos tempos livres e até dou por mim a ler nas aulas! este livro li á cerca de 2 anos e não me deixou indiferente! Simplesmente maravilhoso, transportou me para dentro da história e penso ter gasto uma quantidade imensa de lenços. Ver Mais
// Ofereceram-me este livro e adorei ! Já tinha visto o filme mas o livro tem sempre aquele toque especial ! Muito bom mesmo. Recomendo ! Ver Mais
// Gostei muito do filme, vou ler :-) Ver Mais
// Uma das melhores histórias de amor de todos os tempos. É um livro romântico, divertido e apaixonado, que faz com que o leitor sonhe acordado. Ver Mais
// Fabuloso, soberbo! A história é absolutamente inesquecível e mágica!
Já o li várias vezes e certamente ainda o lerei mais umas quantas. De todos os livros de Nicholas Sparks, este é sem dúvida um dos melhores.
Numa escala de 0 a 20, pontuá-lo-ia com 20 valores.
Ver Mais
// Um dos primeiros livros que li do autor. Simplesmente genial, envolvente ao ponto de se sentir que poderá ser uma história real. Ver Mais
// Adorei este livro, assim como todos os que li deste autor.

Andréa Rocha
Ver Mais
// Os livros deste autor fazem-me conseguir imaginar as personagens e todos os espaços por onde elas passam. Primeiro vi o filme, mas sem dúvida o livro é muito melhor.... Ver Mais
// Simplesmente magnifíco. O melhor livro de romance que já li e o primeiro que li deste autor. Supera as espectativas mas como em tudo na vida, nada é perfeito! Recomendo vivamente a leitura deste livro Ver Mais
// Foi o primeiro livro que li do Sparks...Amei... chorei durante quase toda a segunda metade do livro e quando o livro acabou chorei mais ainda...é um livro maravilhoso!Recomendo vivamente! Ver Mais
// Este foi o primeiro livro do autor que li. É uma história, mas em determinado momento, as emoções saltam do livro e tomaram conta de mim.Terminei a leitura com as lágrimas a correm-me pelo rosto. Ver Mais
// vi o filme e nao consegui ver o filme todo porque achaei uma seca, mas depois descobri o livro e adorei.... agora adoro o filme tambem, porque com o livro percebi melhor o filme... Ver Mais
// Um livro que não deixa ninguém indiferente. Com a sua escrita envolvente e uma linda e sofrida história de amor. Foi o primeiro livro que li deste escritor e sem dúvida o meu livro favorito de Nicholas Sparks. Impossível controlar as lágrimas e o nó na garganta. Ver Mais
// ola a todos;)
este livro, foi o 2º livro que li na minha vida, a seguir a "O DIÁRIO DE ANNE FRANK", e o1º de Nicholas Sparks; e aí começou o adoramneto pelo autor, pelas suas historias... este livro,foi sem duvida para mim, o descobrimento do que é o amor...
é uma história completamente extraordinária, com uma história que se revê na vida real, em que podia acontecer a todos. E Nicholas Sparks é fantástico, por isso mesmo, pois escrevedo que é real, e para mim isso é o mais importante; para o leitor se rever na história, e assim captando o seu interesse pela mesma.
Adoro Nicholas Sparks, acho que já li todos os livros dele,e só espero que continue a dar nos motivo de querer ler romances;)é uma história completamente extraordinária, com uma história que se revê na vida real, em que podia acontecer a todos. E Nicholas Sparks é fantástico, por isso mesmo, pois escrevedo que é real, e para mim isso é o mais importante; para o leitor se rever na história, e assim captando o seu interesse pela mesma.
Adoro Nicholas Sparks, acho que já li todos os livros dele,e só espero que continue a dar nos motivo de querer ler romances;)

ola a todos;)
este livro, foi o 2º livro que li na minha vida, a seguir a "O DIÁRIO DE ANNE FRANK", e o1º de Nicholas Sparks; e aí começou o adoramneto pelo autor, pelas suas historias... este livro,foi sem duvida para mim, o descobrimento do que é o amor...
é uma história completamente extraordinária, com uma história que se revê na vida real, em que podia acontecer a todos. E Nicholas Sparks é fantástico, por isso mesmo, pois escrevedo que é real, e para mim isso é o mais importante; para o leitor se rever na história, e assim captando o seu interesse pela mesma.
Adoro Nicholas Sparks, acho que já li todos os livros dele,e só espero que continue a dar nos motivo de querer ler romances;)">
Ver Mais
// O Anjo da Esperança Reflexões com muita substância e actualidade de um homem superior?talvez iluminado.
Para enriquecer o conhecimento ou a percepção dos valores e ideias dominantes no século passado. Muito bom!

Ver Mais
// Um livro que nos ensina que todos os momentos são cruciais e devem ser vividos na altura, pois o amanhã que julgamos sempre como garantido, poderá não existir! Um amor fascinante que todos devem ler! Ver Mais
// Partiu-me o coração Ver Mais
// Este é sem sombra de duvidas o meu livro preferido dele. Ensina-nos que mais vale amar por um dia, de que não conhecer o amor por toda a vida. Ver Mais
// Um livro muito doce...com romantismo e muito carinho...que mostra que amar não tem idade e não escolhe os momentos...mostra o que o ser humano está disposto a enfrentar para ver quem ama feliz... Ver Mais
// Foi este livro que me fez apaixonar pela escrita de Nicholas Sparks! É ums história de amor linda! Vale a pena ler! Ver Mais
// Já li este livro há imenso tempo. Tive a oportunidade de ver o filme recentemente. Também está bom, mas as palavras de Sparks, fazem sentir cada sentimento à flor da pele. Carpe diem... Ver Mais
// Adorei este livro, simplesmente magnifico, no seu melhor Nicholas Sparks.
Odete Silva
Ver Mais
// porque o amor e a amizade complementam-se e quem tem a sorte de o encontrar numa pessoa só, mesmo que por tempo limitado, é o melhor que poderá acontecer! acima de tudo este livro faz-nos compreender como conhecer a pessoa certa pode mudar quem nós somos e a visão que temos do mundo! Ver Mais
// Um amor que nasce entre dois adolescentes com percursos de vida e vivencias completamente diferentes. Aqui está uma história de amor que prova que os opostos atraem-se! Adorei este livro como todos os que já li do Nicholas Sparks. Ver Mais
// o livro que me comoveu . . . ao falar de um amor estao profundo como o deles Ver Mais
// O Círculo Mágico Muito bom! Recomendo. Ver Mais
// Foi dos livros que mais memarcou há uns anos.
Tenho todos os livros do Mike Gayle. Adoro a sua escrita.
Ver Mais
// Simplesmente divertido, vale a pena lutar pelos nossos sonhos, sejam eles profissionais, pessoais, ou românticos. Muitas peripécias hilariantes. De leitura muito fácil. Ver Mais
// É uma comédia de início ao fim! Houve momentos que me divertiram com nenhum outro livro me divertiu. É uma leitura relaxada de uma das personagens mais trapalhonas do século! Muito engaçado! Ver Mais
// muito bom! Ver Mais
// Li este livro quando ainda era adolescente. Emprestei-o e nunca mais o vi. Tudo isto para dizer que o adorei! :) Ver Mais
// Para quem gosta de um bom policial, este é de leitura obrigatória. Com toques de maldade, crueldade, morbidez. Há certas passagens que deixam o leitor chocado, revoltado, surpreendido. Um livro que não se esquece depois de ler. Ver Mais
// Brilhante!!!!
Para quem é fã, como eu do género, tem mesmo de ler este livro.
Ver Mais
// A Papisa Joana Fantástico romance que nos faz sentir toda a adrenalina que a personagem sentiu ao conseguir enganar todos o que a rodeavam e conseguir concretizar os seus objectivos. Adorei!! Ver Mais
// A Papisa Joana Aqui está um livro que penso reler em breve. Li-o há alguns anos um pouco á pressa. Porém, como saiu um filme na Alemanha baseado nele, espero saboreá-lo antes de o filme cá chegar. Ver Mais
// A Papisa Joana Muito, muito bom!Lenda ou realidade?Deixo para vós saberdes.Adorei o livro e o filme, mas o livro é sem dúvida melhor. Ver Mais
// A Papisa Joana Lindo, espetacular! Quase conseguimos ver com os olhos dela o ambiente familiar e sentir o que foi a sua infância. Uma caracterização de uma época que quase me fez lembrar o lado histórico que Ken Follett, em que as mulheres são acessórios facilmente descartáveis e dificilmente a sua versão da história chega aos nossos dias.
Verdade ou lenda não interessa quando a história nos preenche por completo!
Ver Mais
// A história deste livro é muito bonita... gostei muito deste livro! É bem ao estilo de Sparks! Recomendo! Ver Mais
// lindo lindo ,sem palavras Ver Mais
// Comecei a ler este livro, por curiosidade, já a noite entrara há muito em casa... não consegui parar senão no fim, quase 3 horas depois. Absorvente, profundo, com palavras e situações muito bem escolhidas e pensadas mas expostas de forma quase casual, a sua dimensão invade-nos fundo e entranhamos uma turbulência de sentimentos e afectos. Adorei! Ver Mais
// Mais um livro de Nicholas Sparks que nos prende até ao último capitulo. Uma história de amor que nasce de uma situação díficil mas que tem um poder transformador! Ver Mais
// Julgo que este livro é semelhante ao "Sorriso das estrelas" também de Nicholas Sparks, alguém me confirma ou estarei eu errada, a fazer confusão?
Já li bastantes livros do autor, são livros maravilhosos, este inclusive é lindo=))Já li bastantes livros do autor, são livros maravilhosos, este inclusive é lindo=))

Julgo que este livro é semelhante ao "Sorriso das estrelas" também de Nicholas Sparks, alguém me confirma ou estarei eu errada, a fazer confusão?
Já li bastantes livros do autor, são livros maravilhosos, este inclusive é lindo=))">
Ver Mais
// Muito bom. Leitura light que se consome numas horitas ;) Ver Mais
// Responde-me três histórias, três mensagens fortes e um mesmo cão presente em todas! marcante sem dúvida Ver Mais
// Confesso que não gostei muito deste livro... talvez o tenha lido no momento errado mas não foi um livro que me tenha ficado muito na cabeça... Ver Mais
// Eu gostei do livro... Ajuda a reflectir sobre o que realmente é a "felicidade". Algo que todos procuramos mas poucos sabem o que realmente significa...

Eu gostei do livro... Ajuda a reflectir sobre o que realmente é a "felicidade". Algo que todos procuramos mas poucos sabem o que realmente significa...">
Ver Mais
// A felicidade é algo que cada um de nós pode aprender a controlar. O segredo está em saber como. Ver Mais
// Gostei do livro, é uma viagem de auto-descoberta e procura da felicidade. (...) Muitas vezes, dei por mim a desejar fazer uma para espairecer a cabeça, mas até ao momento só consegui fazê-lo através dos livros. Certamente, não serei a única.
Ver Mais
// Este não faz bem o meu género literário, apesar deste autor ser um dos meus preferidos. Este não me cativou. Ver Mais
// Foi o 1º livro que li deste autor. Sabia que era um autor novo e decidi experimentar. Adorei. Os livros dele levam-nos onde eles vão. Desde o 1º que comecei a comprar todos. Aconselho vivamente!!! Ver Mais
// O final quebra abruptamente as expectativas que se foram acumulando desde as páginas iniciais. O manifesto tem tanto de enigmatico como de esotérico. Salva-se o estilo e alguns trechos excepcionais. Ver Mais
// Livro denso e educativo. uma leitura rica e que nos ajuda a desenvolver os nossos conceitos e recursos de pensamento. Pouco recomendado a pessoas que procuram leituras "leves"; muito recomendado a quem tem sede se saber!

Livro denso e educativo. uma leitura rica e que nos ajuda a desenvolver os nossos conceitos e recursos de pensamento. Pouco recomendado a pessoas que procuram leituras "leves"; muito recomendado a quem tem sede se saber!">
Ver Mais
// Um livro de ligeira escrita, simples de ler e bom divertimento. Gostei muito e a Tina Grube é uma das minhas favoritas. Ver Mais
// Para mim foi um dos livros que mais gostei de Nicholas Sparks. Porque existem coisas que o ser humano por muito que tente não consegue perdoar mas também tem de saber colocar certas coisas para trás. Ver Mais
// O primeiro livro de nicholas que li, apenas o primeiro de todos os enredos emocionantes que vim a ler desde então. O maior incentivo que tive para nunca parar a leitura. Ver Mais
// Este livro foi o ultimo que li deste autor, é uma história de amor que faz com que se consiga perdoar até o impenssável. Ver Mais
// É um livro muito bonito que mostra até onde o ser humano está disposto a perdoar e que por vezes a vida nos surpreende à grande! Recomendo vivamente! Ver Mais
// O Claustro do Silêncio o claustro do silêncio é um belíssimo livro.Recomendo o livro,recomendo o autor. Ver Mais
// As Confissões de uma Adolescente É um livro forte. Vou voltar a ler! Ver Mais
// http://florestadelivros.blogspot.com/2010/05/bons-na-cama.html Ver Mais
// Surpresa....... a história não tem nada a ver com o título, mas tudo a ver com as escolhas de uma vida, com a conquista do amor próprio, com a aceitação do que a própria vida nos impõe! Para ler e interiorizar....... Ver Mais
// São ténues os limites que separam um imaginário alucinado da loucura!
Todos nós contribuimos com a míngua da nossa disponibilidade para o ulcerar desta ferida colectiva. É uma história bem contada.
Ver Mais
// adorei ler este livro assim como todos os de nicolas sparks, tenho os quinze livros editado em portugal Ver Mais
// um livro fabuloso! tenho muitos de nicholas sparks e mal posso esperar para ter a colecção toda!

http://the-door-to-my-imaginarium.blogspot.com/
Ver Mais
// mais uma vez adorei este livro....A adaptação do filme tb n ficou má, gostei bastante. Ver Mais
// adorei o livro mas quanto ao filme acho que se perdeu a mensagem ... Ver Mais
// Achei que o livro teve um final triste mas a história é muito bonita e envolvente!No entanto acho que o filme não demonstrou a magnitude do livro... é pena... É um bom livro para descontrair e chorar. Ver Mais
// Este foi o primeiro livro que li do Nicholas Sparks e tenho que dizer que ADOREI!! Foi um livro que eu não consegui deixar de ler até chegar ao fim. Gosto muito da maneira que o autor escreve. Ver Mais
// Adorei este livro! Final triste e que não se tava à espera! Adoro a maneira como o autor escreve! Bom livro! Recomendo! Ver Mais
// é um livro emocionante, foi o primeiro livro que me fez chorar... estava a lê-lo e a prever o final, mas ao mesmo tempo dei por mim a querer estar enganada... Numa palavra diria: Fantástico... Ver Mais
// Um Pai Muito Especial Se a história pela contra-capa já prometia ser bastante emotiva ao longo do livro essa promessa não é quebrada. O livro mostra que família é mesmo quem ama e não deve existir obstáculos para esse amor Ver Mais
// Vejam a minha opinião no link seguinte:

http://silenciosquefalam.blogspot.com/2011/01/comecar-de-novo-andrew-mark.html#links
Ver Mais
// Semelhante à escrita de Nicholas Sparks. O amor depois de uma perda e o peso desse amor... Uma leitura leve. Ver Mais
// É um livro que nos faz pensar e reflectir. Ensina-nos que apesar de muito doloroso a perda humana, pode voltar a existir vida depois de um grande trauma, se permitirmos que a vida continue e se não nos afastarmos de tudo e de todos.
Para mim mais do que uma historia de amor ou perda... é uma historia que princípios!
Ver Mais
// De Mãos Dadas com a Perfeição Um ser estranho, um cheiro estranho, um corpo estranho contra o meu...E eu a pedir mais, a querer mais, a querer entrar, a deixar entrar, a fundir-me.... Foi exactamente o que aconteceu comigo ao ler este livro, como se diz primeiro estranha-se depois entranha-se. Ao inicio foi estranho, no entanto, o enredo foi-me envolvendo e só queria ler mais e mais.

Habituada a romances estrangeiros, onde os protagonistas são Aslhey´s, Sarah´s, Bryan´s , Kevin´s ou qualquer outro nome americano/inglês, foi estranho ler um romance onde os protagonistas têm nomes que nos transportam para a nossa realidade. Foi um estranho bom. Fez-me rever a minha adolescência. Não pela historia em si, mas pelo português, por não ser uma tradução mas sim um produto nacional, como as minhas leituras na juventude.

Um romance fugaz e ousado, que descreve o caminho que Mariana, arquitecta, e João, cardiologista, seguiram na descoberta do seu amor e da sua intimidade. E que rápido foi esse caminho. Um amor que nos faz pensar nos nossos valores e nos nossos principios. Poderá o amor, quando escondido e socialmente incorrecto, ser avassalador e alterar o nosso futuro? poderá singrar? Será que o amor por um amante pode conviver diariamente com o amor pela família? E com o próprio orgulho?

Com uma escrita simples e directa Sofia Bragança Bulchhoz faz-nos pensar, ao longo de todo o livro, como queremos que este termine. Faz-nos querer ter um "João" enquanto nos coloca no papel de uma "Mariana" apaixonada e entregue a um amor que, apesar de reciproco, pode não vir a ter futuro. Faz-nos pensar no certo, no correcto socialmente enquanto nos delicia com um amor arrebatador e ousado, e, ao mesmo tempo, carinhoso e romântico.

Conseguimos, ao longo do enredo, criar na nossa mente uma imagem nítida dos protagonistas. Tenho pena que todos os outros personagens sejam tão pouco descritos, por vezes gosto de me perder nas tramas secundárias e como isso favorece toda a imaginação da restante história. Esta história foca-se, ao longo de todo o livro, na relação entre Mariana e João, tornando, por vezes, as descrições dos seus encontros quase esperados, como um "deja vu" do que lemos anteriormente.

No geral, uma boa surpresa. Uma leitura simples e descontraida. Recomendo a sua leitura, especialmente aos adeptos dos romances. Um produto nacional, para leitores exigentes:)
in tertuliasalareira.blogspot.com
Conseguimos, ao longo do enredo, criar na nossa mente uma imagem nítida dos protagonistas. Tenho pena que todos os outros personagens sejam tão pouco descritos, por vezes gosto de me perder nas tramas secundárias e como isso favorece toda a imaginação da restante história. Esta história foca-se, ao longo de todo o livro, na relação entre Mariana e João, tornando, por vezes, as descrições dos seus encontros quase esperados, como um "deja vu" do que lemos anteriormente.

No geral, uma boa surpresa. Uma leitura simples e descontraida. Recomendo a sua leitura, especialmente aos adeptos dos romances. Um produto nacional, para leitores exigentes:)
in tertuliasalareira.blogspot.com

Um ser estranho, um cheiro estranho, um corpo estranho contra o meu...E eu a pedir mais, a querer mais, a querer entrar, a deixar entrar, a fundir-me.... Foi exactamente o que aconteceu comigo ao ler este livro, como se diz primeiro estranha-se depois entranha-se. Ao inicio foi estranho, no entanto, o enredo foi-me envolvendo e só queria ler mais e mais.

Habituada a romances estrangeiros, onde os protagonistas são Aslhey´s, Sarah´s, Bryan´s , Kevin´s ou qualquer outro nome americano/inglês, foi estranho ler um romance onde os protagonistas têm nomes que nos transportam para a nossa realidade. Foi um estranho bom. Fez-me rever a minha adolescência. Não pela historia em si, mas pelo português, por não ser uma tradução mas sim um produto nacional, como as minhas leituras na juventude.

Um romance fugaz e ousado, que descreve o caminho que Mariana, arquitecta, e João, cardiologista, seguiram na descoberta do seu amor e da sua intimidade. E que rápido foi esse caminho. Um amor que nos faz pensar nos nossos valores e nos nossos principios. Poderá o amor, quando escondido e socialmente incorrecto, ser avassalador e alterar o nosso futuro? poderá singrar? Será que o amor por um amante pode conviver diariamente com o amor pela família? E com o próprio orgulho?

Com uma escrita simples e directa Sofia Bragança Bulchhoz faz-nos pensar, ao longo de todo o livro, como queremos que este termine. Faz-nos querer ter um "João" enquanto nos coloca no papel de uma "Mariana" apaixonada e entregue a um amor que, apesar de reciproco, pode não vir a ter futuro. Faz-nos pensar no certo, no correcto socialmente enquanto nos delicia com um amor arrebatador e ousado, e, ao mesmo tempo, carinhoso e romântico.

Conseguimos, ao longo do enredo, criar na nossa mente uma imagem nítida dos protagonistas. Tenho pena que todos os outros personagens sejam tão pouco descritos, por vezes gosto de me perder nas tramas secundárias e como isso favorece toda a imaginação da restante história. Esta história foca-se, ao longo de todo o livro, na relação entre Mariana e João, tornando, por vezes, as descrições dos seus encontros quase esperados, como um "deja vu" do que lemos anteriormente.

No geral, uma boa surpresa. Uma leitura simples e descontraida. Recomendo a sua leitura, especialmente aos adeptos dos romances. Um produto nacional, para leitores exigentes:)
in tertuliasalareira.blogspot.com">
Ver Mais
// De Mãos Dadas com a Perfeição Gostei deste livrinho. Uma história que embora de início nos pareça demasiado simplista, vai-se tornando interessante e acaba por nos prender. Lê-se num ápice pois queremos rapidamente saber o seu desfecho!
Um amor transgressor que acaba por nos levar a questionar valores e a pensar de que forma iriamos reagir se passassemos por algo idêntico. Dei por mim a "torcer" pelo amor de Mariana e João mesmo sabendo o mesmo ser "errado"! Mas afinal, no campo do amor e das relações, podemos nós julgar alguém...? O certo e o errado misturam-se ultrapassando uma linha muito ténue... E os sentimentos que esta leitura desperta em nós demonstra isso exactamente!
Aconselho vivamente a leitura deste livro!
Aconselho vivamente a leitura deste livro!


Gostei deste livrinho. Uma história que embora de início nos pareça demasiado simplista, vai-se tornando interessante e acaba por nos prender. Lê-se num ápice pois queremos rapidamente saber o seu desfecho!
Um amor transgressor que acaba por nos levar a questionar valores e a pensar de que forma iriamos reagir se passassemos por algo idêntico. Dei por mim a "torcer" pelo amor de Mariana e João mesmo sabendo o mesmo ser "errado"! Mas afinal, no campo do amor e das relações, podemos nós julgar alguém...? O certo e o errado misturam-se ultrapassando uma linha muito ténue... E os sentimentos que esta leitura desperta em nós demonstra isso exactamente!
Aconselho vivamente a leitura deste livro!
">
Ver Mais
// De Mãos Dadas com a Perfeição Quanto a este livro posso dizer que tem uma escrita bastante simples e fluída, acessível a todos, que nos consegue prender a atenção e nos leva a querer continuar a ler mais um pouco e mais um pouco para saber o que vem a seguir!

A temática é bastante actual, visto que aborda os chamados casamentos de fachada, onde já não existe amor e onde as pessoas estão juntar apenas por aparência, levando as partes a procurar amor noutras pessoas, daí passarem a levar uma vida dupla. Depois outro problema que pode surgir é a gravidez, fruto destas mesmas relações.

Gostei bastante e acho que, para quem gosta deste género, certamente que também irá gostar.
Fiquei com curiosidade para saber o que se seguia, mas o livro depois terminou!
***

É sem dúvida um livro que se lê bastante rápido, com uma escrita simples, mas que nos prende a atenção,pois a cada página queremos saber o que se vai seguir! Para além disso aborda temas bastantes actuais na nossa sociedade, como a ´vida dupla´, no sentido de ter 2 famílias!
Ver Mais
// De Mãos Dadas com a Perfeição Li esta obra em dois momentos de leitura.
À partida, "não tem nada" que leva a que goste tanto dela, como o que se veio a verificar.
A autora tem uma escrita leve, escorreita, linear e "pouco poética".
Isto - para mim que gosto de obras que me "desafiem" em termos linguísticos, que me deêm luta na leitura, que me deixem extasiado em termos poéticos - seria à partida um GRANDE senão para a leitura da obra.

No entanto, a autora trabalhou com mestria, alguns aspectos fundamentais:
Em primeiro lugar, a introdução da obra.
De seguida a forma gradual e progressiva como foi integrando as personagens.
E por fim, sem grandes rebates psicológicos ou filosóficos, foi explorando a individualidade das personagens principais, em simultâneo com o desfecho da situação, ao ponto de ter conseguido tornar esta obra, uma autêntica (para mim) "page turner".

Foi isso que aconteceu comigo.
Fui lendo e lendo, ao ponto de querer sempre ler mais, quase não me apetecer parar, apenas para descobrir como iria ser o desfecho da situação.

No final, ficou um "amargo de boca". Um querer mais.
Tem um desfecho sem fim e eu GOSTO disso!

E assim, sem saber muito bem explicar porquê, pois foge do "tipo de obra" que à partida me atrai, esta foi uma das obras que me deu MUITO prazer ler.
Parabéns à autora!A autora tem uma escrita leve, escorreita, linear e "pouco poética".
Isto - para mim que gosto de obras que me "desafiem" em termos linguísticos, que me deêm luta na leitura, que me deixem extasiado em termos poéticos - seria à partida um GRANDE senão para a leitura da obra.

No entanto, a autora trabalhou com mestria, alguns aspectos fundamentais:
Em primeiro lugar, a introdução da obra.
De seguida a forma gradual e progressiva como foi integrando as personagens.
E por fim, sem grandes rebates psicológicos ou filosóficos, foi explorando a individualidade das personagens principais, em simultâneo com o desfecho da situação, ao ponto de ter conseguido tornar esta obra, uma autêntica (para mim) "page turner".

Foi isso que aconteceu comigo.
Fui lendo e lendo, ao ponto de querer sempre ler mais, quase não me apetecer parar, apenas para descobrir como iria ser o desfecho da situação.

No final, ficou um "amargo de boca". Um querer mais.
Tem um desfecho sem fim e eu GOSTO disso!

E assim, sem saber muito bem explicar porquê, pois foge do "tipo de obra" que à partida me atrai, esta foi uma das obras que me deu MUITO prazer ler.
Parabéns à autora!

Li esta obra em dois momentos de leitura.
À partida, "não tem nada" que leva a que goste tanto dela, como o que se veio a verificar.
A autora tem uma escrita leve, escorreita, linear e "pouco poética".
Isto - para mim que gosto de obras que me "desafiem" em termos linguísticos, que me deêm luta na leitura, que me deixem extasiado em termos poéticos - seria à partida um GRANDE senão para a leitura da obra.

No entanto, a autora trabalhou com mestria, alguns aspectos fundamentais:
Em primeiro lugar, a introdução da obra.
De seguida a forma gradual e progressiva como foi integrando as personagens.
E por fim, sem grandes rebates psicológicos ou filosóficos, foi explorando a individualidade das personagens principais, em simultâneo com o desfecho da situação, ao ponto de ter conseguido tornar esta obra, uma autêntica (para mim) "page turner".

Foi isso que aconteceu comigo.
Fui lendo e lendo, ao ponto de querer sempre ler mais, quase não me apetecer parar, apenas para descobrir como iria ser o desfecho da situação.

No final, ficou um "amargo de boca". Um querer mais.
Tem um desfecho sem fim e eu GOSTO disso!

E assim, sem saber muito bem explicar porquê, pois foge do "tipo de obra" que à partida me atrai, esta foi uma das obras que me deu MUITO prazer ler.
Parabéns à autora!">
Ver Mais
// De Mãos Dadas com a Perfeição AMEI!! Espero que haja a segunda parte para sabermos como ficou a história. Ver Mais
// Diário de uma Mãe Li no Verão. Achei fabuloso. Este escritor é muito versátil. Muito bom!! Ver Mais
// Diário de uma Mãe Li este livro há muito tempo, mas é impossível esquecê-lo de tão ternurento que é.
Pena que não lancem mais livros deste autor que está no meu top de autores favoritos.
MARAVILHOSO!!!
Ver Mais
// Diário de uma Mãe Simplesmente sem palavras, cada livro que eu leio cada vez mais gosto deste escritor, cada vez me suprende ainda mais entao este livro simplesmente genial. Ver Mais
// Diário de uma Mãe Lindo. Ternurento. Comovente. É uma verdadeira lição de vida dada por um autor fabuloso e de uma versatilidade impressionante.
A leitura é muito fácil e a história lindíssima.
"Não é uma sorte" haver livros destes?

Lindo. Ternurento. Comovente. É uma verdadeira lição de vida dada por um autor fabuloso e de uma versatilidade impressionante.
A leitura é muito fácil e a história lindíssima.
"Não é uma sorte" haver livros destes?">
Ver Mais
// Uma Questão de Confiança Foi o primeiro livro que li do autor e fiquei sem dúvida com vontade de ler os outros...
Adorei a história, a forma como nos cativa e nos faz ficar curiosos em saber o que vai acontecer a seguir impossibilitando-nos de parar de o ler...
Ver Mais
// Uma Questão de Confiança Concordo plenamente com a Andreia Vieira!
Foi o primeiro livro que li deste autor, mas fiquei com o entusiasmo de ler todos os outros que publicou! O seguinte irá ser: "Não vou chorar o passado"
Espero também gostar muito deste :)Espero também gostar muito deste :)

Concordo plenamente com a Andreia Vieira!
Foi o primeiro livro que li deste autor, mas fiquei com o entusiasmo de ler todos os outros que publicou! O seguinte irá ser: "Não vou chorar o passado"
Espero também gostar muito deste :)">
Ver Mais
// Sera este o livro a continuação do livro as palavras que nunca te direi?
Gostava que me dissessem se não for digam-me o nome do livro,mesmo que esteja em ingles não faz mal.
Ver Mais
// Um livro único... aprendemos que talvez aqueles de quem precisamos estão sempre ao nosso lado... uma mistura de amor e policial... espectacular da primeira à ultima página... Ver Mais
// Livro que trata de obcessão e que nos prende da primeira à última página! É intenso, com uma pitada de suspense! Um pouco diferente do q o autor nos habituou mas fascinante!Adorei!Recomendo vivamente! Ver Mais
// acho que deviam começar a pensar em passar esta historia para o grande ecran, acho que as pessoas iamficar coladas do principio ao fim no filme...
LINDO
Ver Mais
// Grande livro! Uma mistura de romance e policial! Retrata o amor e a obsessão! A historia está tão bem narrada que por vezes sentimos o medo e fúria de Julie! Muito bom mesmo! Recomendo! Ver Mais
// O Estranho Caso do Cão Morto Fantástico para ler no Verão e apresentar num contrato de leitura! Vale a pena a leitura! Ver Mais
// Inês de Castro Gostei bastante desta narrativa, pois esta história vive comigo praticamente desde que nasci... O livro foi bastante interessante, e a conjugação que a autora criou entre duas épocas, no fim, percebe-se bem porque o faz. No entanto, enquanto consegue demonstrar toda a força de uma amizade criada desde a infância entre duas meninas tão diferentes, fazendo com que consuma cada página com ânsia, a meio do livro, nos momentos que deveriam ter essa força, não a tem, perde toda emoção nas suas descrições, diria que estava com pressa em acabar o livro. E, por isso fiquei com a sensação que faltou ali qualquer coisa... No entanto, é uma leitura agradável. Ver Mais
// Inês de Castro Já todos conhecemos o romance histórico do drama de Inês de Castro, fosse por obrigação académica ou por simplesmente ter ouvido falar. O que nunca tinha lido foi este drama redigido por uma autora do sexo feminino. Maria Queralt de Hierro preencheu essa lacuna com um estilo muito próprio baseado em factos históricos e não só. A leitura é fácil e empolgante: li o livro de uma ponta a outra sem parar. Mas o que é que achei de especial nesta edição? A autora nao se limitou a narrar/descrever esta estória; Maria Hierro comeca com uma outra estória para entrar neste drama através de uma outra pessoa para no fim exemplificar como se pode inspirar autores em crise ou com "writers block". Parabéns à Editorial Presença por ter a iniciativa de publicar este livro do país vizinho e vectorizá-lo na nossa língua.

Já todos conhecemos o romance histórico do drama de Inês de Castro, fosse por obrigação académica ou por simplesmente ter ouvido falar. O que nunca tinha lido foi este drama redigido por uma autora do sexo feminino. Maria Queralt de Hierro preencheu essa lacuna com um estilo muito próprio baseado em factos históricos e não só. A leitura é fácil e empolgante: li o livro de uma ponta a outra sem parar. Mas o que é que achei de especial nesta edição? A autora nao se limitou a narrar/descrever esta estória; Maria Hierro comeca com uma outra estória para entrar neste drama através de uma outra pessoa para no fim exemplificar como se pode inspirar autores em crise ou com "writers block". Parabéns à Editorial Presença por ter a iniciativa de publicar este livro do país vizinho e vectorizá-lo na nossa língua. ">
Ver Mais
// A Rapariga das Laranjas Este foi um dos últimos livros que tive oportunidade de ler. Narrativa bastante emocionante que nos faz consumir todas as páginas o mais rapidamente para saber quem é a rapariga das laranjas e saber o pedido do pai de Georg. Muito interessante! Ver Mais
// A Rapariga das Laranjas Trata-se de uma história simples, sem grande enredo, e ainda assim simpesmente maravilhosa! Uma bela história de amor =) que poderia acontecer a qualquer um, ao virar da esquina. Alimenta o espírito! Ver Mais
// A Rapariga das Laranjas Uma história de amor, mas também a busca profunda sobre a questão da existência. Ser ou não ser... eis a questão! Ver Mais
// Este livro é lindíssimo e com uma história completamente maravilhosa. Estamos à espera de uma coisa e acontece outra completamente inesperada... vale a pena ler. Ver Mais
// Este livro é a continuação do "Diário da nossa paixão" ??

Este livro é a continuação do "Diário da nossa paixão" ??">
Ver Mais
// Este livro é muito bonito e uma continuação maravilhosa para o Diário da nossa Paixão... sem dúvida que está à altura dos fantásticos livros de Sparks! Recomendo! Ver Mais
// Foi este o livro que me fez descobrir este autor..a partir daqui, já lá vão cerca de 7 anos, nunca mais falhei um livro dele...fenomenal... Ver Mais
// Está é a história de Wilson Lewis, que após 30 anos de casamento luta para salvar o que ainda resta dele. Sempre amou a sua mulher, e se possível, ainda a ama mais agora. Nunca é tarde para corrigir os erros do passado e salvar um grande amor.
Mais uma bela história de amor bem ao jeito de Nicholas Sparks.
Para quem leu "O Diário da Nossa Paixão", encontrará aqui a continuação dessa forte história de amor.

Está é a história de Wilson Lewis, que após 30 anos de casamento luta para salvar o que ainda resta dele. Sempre amou a sua mulher, e se possível, ainda a ama mais agora. Nunca é tarde para corrigir os erros do passado e salvar um grande amor.
Mais uma bela história de amor bem ao jeito de Nicholas Sparks.
Para quem leu "O Diário da Nossa Paixão", encontrará aqui a continuação dessa forte história de amor. ">
Ver Mais
// Surpreendente este livro...nunca é tarde para melhorar uma relação que já dura ha muitos anos e caiu um pouco em rotina. Ver Mais
// mias um livro espetecular! reconquistar um amor de trinta anos sertamente que não é facil e preciso imaginação e isso não faltou a wilson. mais uma vez Nicholas está de parabens pelo seu talento maravilhoso. Ver Mais
// Eu e as Mulheres da Minha Vida Belíssimo livro de Tiago Rebelo. Retrata uma realidade que acontece por vezes por circunstâncias da vida. Coisas que não prevemos, algo que jamais pensámos em fazer mas a vida prega-nos partidas.
Ver Mais
// Eu e as Mulheres da Minha Vida Mais um belo livro do Tiago Rebelo que consegue retratar de uma forma impressionante a vida contemporânea de muita gente. Os anseios, os desafios e claro está as angústias, os sucessos, as frustações.
Gostei do livro e recomendo.
Ver Mais
// Simplesmente fantástico,adorei este livro,a autora Bapsi Sidhwa narra esta história de uma forma tão verdadeira e excepcional q chegamos ao ponto de pensar como é q ela consegue idealizar tal narrativa ,isto sem falar na história q se torna tão real q nos leva a crer q tal existiu mesmo pq ela relata de tal forma nua e crua tudo o q se passa naquele país e zonas q só a podemos tornar como real e fidedigna,as ruelas,o comportamento das pessoas das tradições etc... é um livro fantástico q a meio se desenrola com personagens novas q veem dar outra vivacidade e outra visão da vida das personagens principais e q levam a um desfecho triste mas ideal.a história é tão bem narrada q a uma dada altura desejei q aquela personagem se safasse do q lhe estava a acontecer como se essa história se estivesse a desenrolar á minha frente.verdadeiramente excepcional esta autora,fiquei com vontade de ler mais livros dela Ver Mais
// Uma história que nos mostra a magia que pode ter Amesterdão como cidade singular que é. Tiago Rebelo conta histórias com enredos e finais inesperados. Ver Mais
// Foi sem sombra de dúvidas o melhor livro do escritor. Uma obra biográfica muito boa. Foi dos melhores livros que já li. Ver Mais
// Uma auto biografia optima....Podemos ver que o autor já sofreu bastante e que se baseia na sua vida e nas pessoas que o rodeiam para escrever os seus romances. Muto bom Ver Mais
// De inicio não o queria comprar nem. Não foi um romance como os outros. Foi uma autobiografia onde aprendemos a conhecer o autor de que tanto gostamos e a perceber de onde vem a sua inspiração. Ver Mais
// Um livro apaixonante, que retrata tantas vidas que a dada altura têm que debater - se com um turbilhão de emoções. Ver Mais
// A Cidade das Flores É um livro que não me cativou muito nas primeiras paginas, mas as seguintes mantiveram-me agarradas até à ultima. É uma história actual (apesar de já não vivermos numa ditadura), onde um punhado de pessoas tenta lutar pelos direitos mais básicos de qualquer cidadão e onde muitas outras pessoas simplesmente se deixam "ir na corrente", não estão satisfeitas, mas também não lutam, não se esforçam por algo melhor.
É um livro com uma mensagem muito actual e que eu aconselho a ler. É um livro com uma mensagem muito actual e que eu aconselho a ler.

É um livro que não me cativou muito nas primeiras paginas, mas as seguintes mantiveram-me agarradas até à ultima. É uma história actual (apesar de já não vivermos numa ditadura), onde um punhado de pessoas tenta lutar pelos direitos mais básicos de qualquer cidadão e onde muitas outras pessoas simplesmente se deixam "ir na corrente", não estão satisfeitas, mas também não lutam, não se esforçam por algo melhor.
É um livro com uma mensagem muito actual e que eu aconselho a ler. ">
Ver Mais
// Estou mortinha por comprar este livro! Não vejo a hora de esfolear as suas páginas com as minhas mãos. Ver Mais
// A Regra de Quatro Adorei! Vale a pena ler. Ver Mais
// A Regra de Quatro Viciante e surpreendente! Recomendado aos apaixonados por bons livros, boas histórias e mistérios históricos! Ver Mais
// Já conhecia esta autora e gostei bastante. Este livro foi mais um que me deliciou, apesar de não me aperceber da passagem entre a história actual, as memórias de Lúcia e respectiva volta ao dia de hoje já nas últimas páginas. Apesar disso a história lê-se com gosto, é ternurenta e bem humorada. Uma família Italiana em Nova Iorque com as suas particularidades, crenças e discussões. Gostei! Ver Mais
// A Mulher do Viajante no Tempo Foi uma boa surpresa! Uma ideia original e que nos agarra até ao fim. Ver Mais
// A Mulher do Viajante no Tempo Fui ver o filme hoje.Tenho a impressão que o livro deve ser melhor! Ver Mais
// A Mulher do Viajante no Tempo O livro é fabuloso e faz-nos pensar na relatividade das coisas na nossa própria vida. São poucos os livros que nos fazem pensar que não devemos deixar nada por dizer e viver. Recomendo! Ver Mais
// A Mulher do Viajante no Tempo Adorei este livro! Principalmente os últimos capítulos... arrebataram-me completamente!
Adorei a maneira como a história foi apresentada... Recomendo vivamente! É um romance diferente do habitual e a narrativa é tão fluída que 100 páginas lêem-se sem se dar conta!
Fantástico!
Ver Mais
// Abre o Teu Coração Para começar, gostaria de dizer que este é sem dúvida o autor revelação 2009, para mim, claro! Escreve maravilhosament e e com capitulos de uma ou duas páginas que me dá uma ânsia para virar a página.

Este livro conta-nos a história do verdadeiro Amor "escondido", aos olhos dos outros, da Sam e do "Doc", avó de Jennifer, através de cartas que esta lê quando ela se encontra em coma. Que são de uma ternura imensa...

Enquanto Jennifer lê as cartas, consegue abrir o seu coração para um novo amor, Brendon, mas ele está a morrer. Isto, depois de ela ter perdido o seu marido e o feijãoziho deles um ano antes.

E mais não digo, leiam que não se vão arrepender.

Enquanto Jennifer lê as cartas, consegue abrir o seu coração para um novo amor, Brendon, mas ele está a morrer. Isto, depois de ela ter perdido o seu marido e o feijãoziho deles um ano antes.

E mais não digo, leiam que não se vão arrepender.


Para começar, gostaria de dizer que este é sem dúvida o autor revelação 2009, para mim, claro! Escreve maravilhosament e e com capitulos de uma ou duas páginas que me dá uma ânsia para virar a página.

Este livro conta-nos a história do verdadeiro Amor "escondido", aos olhos dos outros, da Sam e do "Doc", avó de Jennifer, através de cartas que esta lê quando ela se encontra em coma. Que são de uma ternura imensa...

Enquanto Jennifer lê as cartas, consegue abrir o seu coração para um novo amor, Brendon, mas ele está a morrer. Isto, depois de ela ter perdido o seu marido e o feijãoziho deles um ano antes.

E mais não digo, leiam que não se vão arrepender.
">
Ver Mais
// Abre o Teu Coração O Amor nunca morre" esta história cria um cocktail de emoções no leitor, desgosto, desepero, angustia, ternura, esperança, fé, e finalmente a felicidade com que todos sonhamos. Vale a pena ler e interiorizar ! As histórias cruzadas poderiam ser as de qualquer um de nós."

O Amor nunca morre" esta história cria um cocktail de emoções no leitor, desgosto, desepero, angustia, ternura, esperança, fé, e finalmente a felicidade com que todos sonhamos. Vale a pena ler e interiorizar ! As histórias cruzadas poderiam ser as de qualquer um de nós." ">
Ver Mais
// Abre o Teu Coração Adorei o livro, e pena haver poucos livros dele, porque aposto que como eu que comecei a ler livros dele muitos iam achar o mesmo que eu acho neste momento sobre este escritor.Vale a pena ler o livro. Ver Mais
// Abre o Teu Coração Comecei-o a ler ontem e já o terminei! a história é tão envolvente que quando dá-mos conta acabou...absolutamente emotivo, ternurento e envolvente aconselho vivamente à sua leitura... a maneira como vêm o amor pode mudar, até porque o tempo passa e o coração não mente! Ver Mais
// Abre o Teu Coração Já tinha lido um livro do James Patterson, mas era policial e este reportório era um romance e decidi arriscar. E não me arrependo. Adoro romances! Acho que esperei foi demasiado tempo para ler, mas assim que o li não consegui parar de ler.

aviciadadoslivros.blogspot.com
Ver Mais
// É um história triste mas boa... Ver Mais
// É comovente ... entramos na vida de um casal feliz e depois de tanto sofrimento, acaba ... depois um final muito curto e em aberto ...mas gostei e não parei de ler até ao fim. Ver Mais
// Curto, simples e lindo! Não consegui fazer pausas enquanto o lia, um excelente livro para qulquer um! Ver Mais
// O Terramoto de Lisboa e a Invenção do Mundo Gostei muito deste bocadinho de uma época histórica,aconselho a leitura. Ver Mais
// Bolor Nem todas as pessoas vão gostar, eu adorei...
É um livro simples, mas capaz de nos levar a uma profunda introspecção sobre a vida a dois, o nos faz falta, o que podemos dar e o que queremos receber, a vida diária e a monotonia em que nos podemos deixar cair, a falta de dialogo...
Recomendo.
Ver Mais
// A não perder pelos fãs de mistérios medievais, de simbolismo e caças ao tesouro. Ver Mais
// Quimera Muito bom, gostei imenso.... Ver Mais
// Quimera Uma amiga recomendou-me este livro... e foi foi uma boa escolha! Gostei!!! =) Ver Mais
// Quimera Não é nada de especial. Do género acho que há bem melhores... Ver Mais
// Quimera Um bom livro com bastante acção. Leitura simples, pouco pesada. Não aborrece. Ver Mais
// Quimera Um excelente livro, bem ao estilo de Valerio Massimo Manfredi.

Com bastante acção e alguma fantasia à mistura... Manfredi obriga-nos a avançar na narrativa cada vez mais rápido para chegarmos ao fim.

Vê-se que é um autor que sabe o que escreve, que prepara e estuda ferozmente o passado histórico em que insere os seus trabalhos.

Recomendo. Só é pena a fera não existir... dava um excelente cão de guarda!
Ver Mais
// Quimera Adorei. Foi um dos livros que não se cansa de ler e quer saber sempre mais e mais. Uma história bastante envolvente e misteriosa. Ver Mais
// Quimera Um livro que mistura investigação policial e arqueológica... adorei! Até deu para ficar a saber alguma coisinha sobre os etruscos :) Ver Mais
// Encontro em Jerusalém Dos últimos livros que li, e talves de todos aqueles que li até hoje, este foi sem duvida aquele que mais me apaixonou!
É uma leitura entusiasmante desde a 1ª pagina até a ultima, gostava que tivesse continuado por mais algumas...
Recomendo, Nota 20/20.
Ver Mais
// Encontro em Jerusalém Este senhor Tiago Rebelo não pára de me surpreender!
Muito bom este livro que nos relata de uma forma poderosa as emoções vividas em paragens onde a guerra e terror fazem ou faziam parte do quotidiano.
Adorei o livro e recomendo vivamente.
Ver Mais
// Lucrécia e o Papa Alexandre VI Lucrécia e o Papa Alexandre VI é uma obra que se centra na vida de Lucrécia Bórgia (1480-1519) e no modo como como foi utilizada como peão político para satisfazer as ambições do seu pai, o Papa Alexandre VI, e do seu irmão César Bórgia. Mas é também um retrato da alma de Lucrécia na sua relação com o pai e o irmão (fala-se de incesto), na sua relação com os casamentos que lhe são impostos, e na sua relação com as opções que toma a dada altura (já depois do seu terceiro casamento) tendo em vista o tomar das rédeas do seu destino e o fazer justiça.
Lucrécia é uma mulher do Renascimento, vivendo num período de lutas sangrentas pelo poder na muito dividida Itália (o mesmo período que inspiraria Maquiavel a escrever "O Príncipe", baseando-se na figura de César Bórgia, o irmão de Lucrécia).
Esta é, sem dúvida, uma leitura viva e humana feita a partir da visão de Lucrécia, que é quem narra a história...
https://www.goodreads.com/review/show/929488339Esta é, sem dúvida, uma leitura viva e humana feita a partir da visão de Lucrécia, que é quem narra a história...
https://www.goodreads.com/review/show/929488339

Lucrécia e o Papa Alexandre VI é uma obra que se centra na vida de Lucrécia Bórgia (1480-1519) e no modo como como foi utilizada como peão político para satisfazer as ambições do seu pai, o Papa Alexandre VI, e do seu irmão César Bórgia. Mas é também um retrato da alma de Lucrécia na sua relação com o pai e o irmão (fala-se de incesto), na sua relação com os casamentos que lhe são impostos, e na sua relação com as opções que toma a dada altura (já depois do seu terceiro casamento) tendo em vista o tomar das rédeas do seu destino e o fazer justiça.
Lucrécia é uma mulher do Renascimento, vivendo num período de lutas sangrentas pelo poder na muito dividida Itália (o mesmo período que inspiraria Maquiavel a escrever "O Príncipe", baseando-se na figura de César Bórgia, o irmão de Lucrécia).
Esta é, sem dúvida, uma leitura viva e humana feita a partir da visão de Lucrécia, que é quem narra a história...
https://www.goodreads.com/review/show/929488339">
Ver Mais
// Recomendo sem dúvida! É um romance histórico muito bem conseguido, e os mistérios em torno da trama são muito interessantes! Ajuda na leitura ver algumas das obras de Da Vinci... Ver Mais
// O livro situa-se durante o tempo em que Da Vinci está a pintar a obra Última Ceia no convento de Santa Maria delle Grazie. Através de um inquisidor vamos tentando descobrir os segredos que se escondem nesta obra.
Ao contrário de outros livros que abordam o mesmo tema, este livro não contém histórias românticas, nem aventuras por ai além.
Um livro interessante para quem gosta de debater este tema e a religião.
Ver Mais
// É sem dúvida um dos melhores romances que li até hoje! Ver Mais
// Mais uma autora surpresa! Porque não editam mais livros dela? A escrita na língua materna é tão diferente da traduzida, tão mais rica, isso encontra-se bem patente neste livro. Não descurando a história que me encantou. Ver Mais
// Livro com temática um pouco diferente mas igualmente interessante. O romance descrito neste livro pode não ser tão intenso como em outros mas é, sem dúvida, muito bom! Ver Mais
// Confesso que quando comecei a ler este livro, tive alguma dificuldade em continuar, mas n desistam pq vale a pena lê-lo, é mt bonito tb. Ver Mais
// Incertezas do Coração Os primeiros capítulos são desinteressantes e pouco apelativos, porém, após o pequeno esforço inicial para os ler, a história revela-se muito envolvente e peculiar - descreve não um amor belo e mágico, mas antes um sentimento doentio, possessivo e destrutivo. No geral, é um bom livro! Recomendo. Ver Mais
// A Última Legião Muito melhor do que o filme...

Manfredi reconta-nos a origem de Artur... O começo da lenda... Sempre baseado e apoiado em factos históricos e bem narrados.

Excelente.
Ver Mais
// A Última Legião Um livro que me deu bastante gosto em ler. O filme não lhe faz justiça. Ver Mais
// É isso mesmo Luís Rosa tem esse dom de transmitir as emoções. Um livro sublime. Ver Mais
// Jesus e Maria Madalena Leiam este livro e chegarão ao fim com outra perceção desta personagem tão controversa até aos dias de hoje,além disso ainda acabarão por ficar com a convição de que esta foi a real hist+oria de maria madalena e q é uma auto-biografia fidedigna da mesma.adorei este livro,sinceramente foi uma verdadeira satisfação ver q não era apenas para uma daquelas narrativas aborrecidas e inventadas de quem quer ser controverso,adorei mesmo a narrativa,o ponto de vista q não tinhamos quando ouviamos falar em maria madalena a prostituta ,porque mesmo sabendo q esta história não é real leva-nos a ver tudo com uma visão totalmente dispare e condescendente, maternal e quase de proteção para com esta personagem,nem tudo o q fazemos é o q somos.jesus é descrito de uma forma mto leve e rara logo a história é mesmo só baseada em maria madalena ,é ela o ponto fulcral de toda a história não é sobre jesus ,pela 1ª vez é ela a personagem principal e é amada pelo leitor.recomendo a quem acredita quem não acredita e a quem ama e a quem odeia maria madalena,é um romance fantástico Ver Mais
// Este livro tem cá um começo... Mas, deixando-me destas coisas, gosto, sobretudo, da forma como o livro é fiel à realidade: alguns alcançam a felicidade; outros ficam pelo caminho. Ver Mais
// Um livro apaixonante, que mostra o lado frágil das pessoas, o lado emocial e retrata a dificuldade que é ser sincero...
Gostei...
Ver Mais
// Comprei este livro quando saiu em 2006 e fiquei muito desiludida. Ver Mais
// Finder consegue manipular as personagens e fazer um jogo do gato e do rato sublime. Ver Mais
// este é daqueles onde o suspense reina e onde menos esperamos acontece algo que muda o rumo à história. um livro brilhante e digno de leitura. A D O R E I! Ver Mais
// Adorei a história cativante deste livro. Entusiasmei-me com a história ao ponto de estar ansioso para saber o fim. Já foi adaptado ao cinema, como é referido no texto de uma das abas? Ver Mais
// Incrível sequela de "Quem Ama Acredita" que vem dar completar a história do primeiro livro fechando alguns "buracos" que tinham ficado em aberto. É um livro fantástico com a imagem de marca de Sparks.

Incrível sequela de "Quem Ama Acredita" que vem dar completar a história do primeiro livro fechando alguns "buracos" que tinham ficado em aberto. É um livro fantástico com a imagem de marca de Sparks.">
Ver Mais
// Às vezes arrependo-me de ter lido a continuação, mas depois reparo que este foi talvez dos livros que mais me emocionei... acaba de uma forma arrebatadora...
Ver Mais
// uma reviravolta interessante em relação ao livro antecedente. Para não variar é um livro do Nicholas que me fez chorar e o final é dos melhores que podia haver. LEIAM...não se vão arrepender!!! Ver Mais
// O livro "À Primeira Vista" traz novamente ao leitor a história de amor de Jeremy e Lexie, da qual já estamos familiarizados se lemos "Quem Ama Acredita".
Este livro é sobre o amor, a mudança e crescimento de duas pessoas que embora se conheçam à tão pouco tempo sentem um grande amor uma pela outra. Este relacionamento será um grande desafio para ambos, pois trata-se de uma grande mudança nas suas vidas. Será que têm confiança um no outro para levarem este relacionamento a bom porto? Será que vão conseguir ultrapassar todos os obstáculos que surgem nas suas vidas? Será o grande amor capaz de vencer todas as provas? O amor à primeira vista será realmente possível? Estas e mais algumas perguntas tão bem respondidas por Nicholas Sparks e as suas fantásticas personagens. Uma história com um final inesperado mas que vale a pena ler. Este livro é sobre o amor, a mudança e crescimento de duas pessoas que embora se conheçam à tão pouco tempo sentem um grande amor uma pela outra. Este relacionamento será um grande desafio para ambos, pois trata-se de uma grande mudança nas suas vidas. Será que têm confiança um no outro para levarem este relacionamento a bom porto? Será que vão conseguir ultrapassar todos os obstáculos que surgem nas suas vidas? Será o grande amor capaz de vencer todas as provas? O amor à primeira vista será realmente possível? Estas e mais algumas perguntas tão bem respondidas por Nicholas Sparks e as suas fantásticas personagens. Uma história com um final inesperado mas que vale a pena ler.

O livro "À Primeira Vista" traz novamente ao leitor a história de amor de Jeremy e Lexie, da qual já estamos familiarizados se lemos "Quem Ama Acredita".
Este livro é sobre o amor, a mudança e crescimento de duas pessoas que embora se conheçam à tão pouco tempo sentem um grande amor uma pela outra. Este relacionamento será um grande desafio para ambos, pois trata-se de uma grande mudança nas suas vidas. Será que têm confiança um no outro para levarem este relacionamento a bom porto? Será que vão conseguir ultrapassar todos os obstáculos que surgem nas suas vidas? Será o grande amor capaz de vencer todas as provas? O amor à primeira vista será realmente possível? Estas e mais algumas perguntas tão bem respondidas por Nicholas Sparks e as suas fantásticas personagens. Uma história com um final inesperado mas que vale a pena ler. ">
Ver Mais
// O Espírito do Amor Idílico, triste mas cheio de ternura , quem sabe, talvez as experiências de "Quase morte" tragam algo de realidade a este romance de sonho . Escolhas difíceis de fazer, tipos de amor diferentes mas no fundo iguais. Amores para SEMPRE. Adorei, mais um para a minha lista de Surpresas.

Idílico, triste mas cheio de ternura , quem sabe, talvez as experiências de "Quase morte" tragam algo de realidade a este romance de sonho . Escolhas difíceis de fazer, tipos de amor diferentes mas no fundo iguais. Amores para SEMPRE. Adorei, mais um para a minha lista de Surpresas.">
Ver Mais
// O Espírito do Amor Muito bom, gostaria de partilhar a opinião que publiquei no meu blogue:
http://planetamarcia.blogs.sapo.pt/316869.html
Obrigada,
Márcia Balsas
Ver Mais
// O Espírito do Amor Uma história envolvente e cheia de surpresas. Adorei!! :-) Ver Mais
// O Espírito do Amor Posso vos dizer que vi o trailer do filme mas resolvi ler o livro como é óbvio. É um livro que faz qualquer um se apaixonar pela história. Vemos uma história de irmãos que infelizmente tem um fim trágico, mas Charlie acaba por conhecer Tess. Vemo-nos no dilema de Charlie, entre o cumprir a promessa feita ao irmão Sam ou se vai em busca do mundo desconhecido com Tess. Posso vos dizer que adorei ver o filme e que farto-me de rever porque é uma bela história. Recomendo a leitura e o filme.

aviciadadoslivros.blogspot.pt
Ver Mais
// O Espírito do Amor Uma história sobre a morte que nos inspira para a vida! Este livro tem tanto de ternura como de fantasia, retrata um amor verdadeiro num contexto irreal. É comovente e muito, mas muito bonito. Ver Mais
// Grande livro, adorei!!
Simplesmente fantástico.
Ver Mais
// Um romance muito bem conseguido. Despertou-me curiosidade sobre a cultura chinesa da qual desconhecia muitos factos. Recomendo a leitura deste livro. Ver Mais
// Gostei deste livro, apesar de não me ter enchido as medidas.
Não achei uma leitura fácil, não me deu grande prazer a ler.
Ver Mais
// Li Três Metros Acima do Céu, e gostei tanto que não pude perder a continuação (Quero-te muito).
Confesso que gostei muito mais do primeiro, talvez por isso mesmo, por ter sido o primeiro, ou talvez porque a história é bonita, e interessante, dá para aprendermos algumas lições de vida, que de certo modo são importantes. O tipo de escrita não é muito complicado de perceber, ou seja, lê-se bem.
Ver Mais
// O Fabuloso Teatro do Gigante Não sabia nada sobre O Fabuloso Teatro do Gigante. O autor também me era desconhecido. No entanto, a sinopse aguçava-me a vontade para o ler e a capa era bastante inspiradora. Por isso foi assim que, em boa hora, arrisquei descobrir esta história com sabor a sonhos.
Continuar a ler opinião em http://tonsdeazul.blogspot.pt/2012/06/narrava-historias-que-viviam-no-seu.html
Ver Mais
// De Mãos Dadas com o Amor Quando li na sinopse que comparavam este livro ao O Diário da Nossa Paixão, de Nicholas Sparks fiquei muito entusiasmada porque o Nicholas Sparks é uma dos meus autores preferidos. Que desilusão, nada a ver. A história em si é bonita, mas estava a contar com uma escrita parecida com o do Nicholas e não tem nada a ver. Mas é uma história de amor, de salvação... Ver Mais
// Este livro é o meu favorito.
Dou os parabéns ao autor e espero que continue a escrever assim. Para mim, ler um livro dele é uma saída da rotina.
Ver Mais
// Quem nuca sonhou viver estas histórias de amor escritas nos livros de Nicholas Sparks. Amei este livro Ver Mais
// Este foi um dos meus preferidos, é uma história de amor linda...apesar de n ser um final perfeito, é um final muito emotivo.... Ver Mais
// Comecei a ler este livro ontem de manhã e acabei-o por volta das 3 da manhã... era realmente viciante! Chorei algumas vezes, e embora não tenha acabado como gostaria foi um final lindo! Ver Mais
// Sem dúvida, um dos melhores livros do autor! É com grandes expectativas que irei ver o filme! Ver Mais
// E parabéns pela nova capa do livro, está muito bonita! Ver Mais
// Confesso fiquei um pouco decepcionada com este livro... talvez não estivesse com o espírito para o género do livro mas achei que faltava alguma coisa, apesar da história ser bonita! Ver Mais
// ADOREI! o Nicholas Sparks tem um dom para a escrita inqualificável. todos os livros dele arrebatam-nos de tal forma que só paramos de ler quando acabamos o livro e este é uma boa prova disso! Ver Mais
// Esta é mais uma história de amor vivida intensamente por dois jovens e contada maravilhosamente por Nicholas Sparks. No amor as coisas nem sempre correm como o planeado. As decisões que se tomam, acabam por influenciar a vida destes dois jovens. Uma história cativante. Ver Mais
// Um dos melhoress livro que já li, a historia é muito boa e como nem todos os casais tem um final feliz, mesmo que se amem nem sempre a vida premite que fiquem juntos, por isso gostei do fim do livro, foi diferente.... vi o filme e tambem adorei Ver Mais
// O Tempo dos Amores Perfeitos O primeiro que li deste autor e que me deixou com vontade de conhecer mais.
Com um muito interessante enquadramento histórico, este é um livro que nos cativa!
Recomendo vivamente.
Ver Mais
// O Tempo dos Amores Perfeitos Este foi o primeiro livro que li deste autor e confesso que fiquei surpreendido pela positiva.
A narrativa é interessante e os factos históricos associados à mesma permitem-nos ter uma melhor perspectiva de como, face a todas as dificuldades existentes, eram administradas as colónias no final do século XIX. Sem dúvida que recomendo a sua leitura.
Ver Mais
// A Criança que Não Queria Falar História tocante de uma menina com pouca sorte mas muita força. História de uma educadora sensível que faz tudo pelas crianças com que se depara na sua vida profissional. É um grande livro. Ver Mais
// A Criança que Não Queria Falar Quando terminei de ler este livro pensei " como é possivel existirem pobre crianças a viverem num mundo tão cruel". Esta professora/aluna tiveram a força que muitas pessoas nunca conseguirão ter.

Quando terminei de ler este livro pensei " como é possivel existirem pobre crianças a viverem num mundo tão cruel". Esta professora/aluna tiveram a força que muitas pessoas nunca conseguirão ter.">
Ver Mais
// A Criança que Não Queria Falar Livro perturbadoramente fascinante. É recomendável. Ver Mais
// A Criança que Não Queria Falar este livro e fascinante,a escritora e fantastica ... Ver Mais
// A Criança que Não Queria Falar Uma história cruel, mas fascinante ao mesmo tempo pela forma como um ser humano pela sua dedicação consegue ajudar outro e pela força que nos transmite. Recomendo também " A menina que nunca chorava".

Uma história cruel, mas fascinante ao mesmo tempo pela forma como um ser humano pela sua dedicação consegue ajudar outro e pela força que nos transmite. Recomendo também " A menina que nunca chorava".">
Ver Mais
// A Criança que Não Queria Falar Sheila é uma menina de 6 anos, que apesar da sua tenra idade já passou por muito na vida. Este livro conta a história verídica desta menina, negligenciada pelos pais e carente de afectos. Vai encontrar em Torey, sua professora, um porto de abrigo. Um livro tocante e sensível que nos mostra a crueldade da vida nos anos da inocência. Um livro que me deixou o coração apertado. Ver Mais
// A Criança que Não Queria Falar queo este livro :) Ver Mais
// A Criança que Não Queria Falar Foi o primeiro livro que li da autora Torey Haden, fiquei apaixonada comprei outro e são fascinantes nem apetecia parar de ler, e navegar na história, gostava de ter todos os livros.........
Ver Mais
// A Criança que Não Queria Falar leitura muito cativante e historia impressionante Ver Mais
// Bocage Mais um belo livro de Luís Rosa. Ver Mais
// Diário de um Escândalo No geral, e apesar de ter gostado bastante da história, na minha opinião deveriam ser explorados mais certos aspetos. Gostava de ter ficado a conhecer um bocadinho melhor Steven e de saber mais coisas sobre a sua relação com Sheba.
Recomendo a leitura do livro :)
Ver Mais
// Extraordinário. Uma história que prende e surpreende! Ver Mais
// Aconselho a todos aqueles q procuram, por momentos, sair um pco das suas próprias vidas e, passem a viver a de Margaret e da Miss Winter. Ver Mais
// As Ruínas Um livro frenético, uma história bem construída e o conflito entre a natureza e o homem explorado até aos limites. Perturbador, não vai deixar ninguém indiferente... Ver Mais
// As Ruínas um dos melhores livros q já li... é emocionante do principio ao fim... Ver Mais
// As Ruínas Um livro muito bem escrito, que explora as relações humanas com grande mestria, quando o ser-humano se encontra no limite da sobrevivência. As ruínas... uma estranha forma de vida. Ver Mais
// Os Pilares da Terra Fascinante... a época ,os personagens,os acontecimentos.
Surpreendeu-me.
Ver Mais
// Os Pilares da Terra Benditos sejam aqueles que permitem que o sonho comande a vida! Apesar do desgaste do tema e de se cometerem alguns pecados anacrónicos, é um Bom livro! Eu fiquei com vontade de ler a 2ª parte... Ver Mais
// Os Pilares da Terra Gostei mais do que esperava e estou muito curiosa sobre a segunda metade da história. A minha opinião podem encontrá-la aqui: http://lerreflectir.blogspot.com/2010/01/os-pilares-da-terra.html Ver Mais
// Os Pilares da Terra Ouvi falar pela primeira vez neste livro num programa da Oprah...passou-se muito tempo até ver a venda. Quando comprei...devorei...é forte mas viciante... Ver Mais
// Os Pilares da Terra Follett consegue transportar para a escrita a brutalidade dos acontecimentos... Uma escrita muito bem conseguida, uma história original, com detalhes riquíssimos... Adorei ambos os livros! Ver Mais
// Os Pilares da Terra Começo por dizer que é dos melhores livros que já li. A trama está bem construída, as personagens, a descrição da época.. Num mundo em dominado pela corrupção e pela tirania vemos pessoas que lutam para proporcionar à sociedade tempos de paz e prosperidade. Aconselho vivamente a leitura desta obra.
Ver Mais
// Os Pilares da Terra A leitura deste livro foi um tanto atribulada pois logo no inicio (depois de ler cerca de 100 páginas) pú-lo de parte por alguns meses porque não me despertou interesse e a linguagem e o discurso não eram os mais acessíveis. É preciso ter paciência para ler este livro porque torna-se muito descritivo e por vezes isso faz com que seja aborrecido. No entanto, resolvi pegar-lhe novamente e lentamente consegui chegar ao fim do primeiro volume. Gostei muito do livro e espero brevemente ler o segundo volume.

http://deliciasalareira.blogspot.pt/
Ver Mais
// A Menina que Nunca Chorava Este livro é um descalabre emocional a historia de uma "miuda" que deixou de esperar que a vida lhe desse alguma alegria, estabilidade até que Torey chega, cativa e consegue acabar com este sofrimento

Este livro é um descalabre emocional a historia de uma "miuda" que deixou de esperar que a vida lhe desse alguma alegria, estabilidade até que Torey chega, cativa e consegue acabar com este sofrimento">
Ver Mais
// A Menina que Nunca Chorava amei este livro.parabens torey .... Ver Mais
// A Menina que Nunca Chorava Este livro de Torey Hayden é a continuação da história da pequena Sheila apresentada no livro "A Criança que não Queria Falar". Quem leu o primeiro livro como eu, deseja sempre saber o que aconteceu a esta pequena menina que nos conquista o coração com a sua difíci história de vida. Encontramos neste livro uma adolescente que apesar do tempo decorrido, continua carente de afectos e amor. Apesar de todas as adversidades pelas quais Sheila passa, tornar-se-á uma mulher forte e bem sucedida. Mais uma vez Torey Hayden com a sua escrita brilhante, conquista a atenção e o coração do leitor para esta história.

Este livro de Torey Hayden é a continuação da história da pequena Sheila apresentada no livro "A Criança que não Queria Falar". Quem leu o primeiro livro como eu, deseja sempre saber o que aconteceu a esta pequena menina que nos conquista o coração com a sua difíci história de vida. Encontramos neste livro uma adolescente que apesar do tempo decorrido, continua carente de afectos e amor. Apesar de todas as adversidades pelas quais Sheila passa, tornar-se-á uma mulher forte e bem sucedida. Mais uma vez Torey Hayden com a sua escrita brilhante, conquista a atenção e o coração do leitor para esta história.">
Ver Mais
// A Menina que Nunca Chorava http://muito-para-ler.blogspot.pt/2012/09/a-menina-que-nunca-chorava.html Ver Mais
// A Menina que Nunca Chorava Adorei este livro, é fantástico... Ver Mais
// A Menina que Nunca Chorava adorei este livro .......adoro todos da autora

Ver Mais
// A Menina que Nunca Chorava Sabem daqueles livros que vocês pegam e dizem que pela sinopse parece ser um livro porreiro e fácil de ler? Não foi nada fácil, conta a história verídica de uma menina que não falava. Sofreu maus tratos, foi violada, cortada, enfim, não consegui chegar ao fim com a leitura porque era demasiado sofrido para uma pequenina só e de tal maneira que me emocionou que não consegui terminar a leitura. É uma pena que ainda há pessoas que não saibam o que fazem com as crianças.

aviciadadoslivros.blogspot.com
Ver Mais
// Tão Longe de Casa Depois de terminar o livro fiquei com saudades da Lee! Já era como que uma amiga, que fui acompanhando ao longo dos anos que esteve no colégio interno bem como as suas histórias, os seus sonhos, as suas descobertas e os receios de adolescente, fazendo-me pensar também nessa fase da vida. Ver Mais
// A Estrela de Joana Este livro surge como uma explicação que muitos pensaram que nunca viria à luz do dia. Mostra-nos por dentro um pouco de uma investigação policial e também os sentimentos dos próprios agentes envolvidos.
Sem tecer conclusões, o autor (e agente no caso) deixa-nos a tarefa de juntar as peças.
Ver Mais
// Os Pilares da Terra Surpreendeu-me a capacidade de Ken para narrar uma história que tem tanto de extenso como de intensidade. Ken é hábil no uso da palavra e o seu fecundo imaginário aprisiona-nos. Recomendo! Ver Mais
// Os Pilares da Terra Um livro fantástico, simplesmente monumental! Ver Mais
// Os Pilares da Terra [url=http://muito-para-ler.blogspot.com/2011/09/os-pilares-da-terra-ii.html]Os Pilares da Terra II[/url] Ver Mais
// Os Pilares da Terra Quando tudo parecia estar a correr bem a Aliena, Philip e Tom, um desenrolar de acontecimentos faz deitar por terra as conquistas que haviam feito. O livro prende-nos e temos que continuar a ler... É uma história muito bem escrita, aliás como nos tem habituado o grande autor Ken Follett. Vale mesmo a pena ler. Ver Mais
// O Meu Nome é Vermelho Que pena a capa desta edição não chegar aos calcanhares da edição anterior, pois esta, sim, tinha uma bela capa, e para os leitores isso também conta... e muito! Ver Mais
// O Meu Nome é Vermelho Gostaria de corrigir o meu comentário anterior, pois verifiquei agora que, afinal, esta recente capa é apenas uma capa que se pode retirar opcionalmente e, por isso, o livro mantém a tal bela capa da 1ª edição de que mencionei no comentário anterior. Para não ser injusta para com a editora, tive necessidade de rectificar este meu engano. Viva a Editorial Presença! Ver Mais
// Os Filhos do Afecto Todas as crianças esperam o afecto dos seus pais, mas em alguns casos tudo o que conseguem ter é uma drande dor. Todas as crianças alunas de Torey conseguem ter o amor que muitas familias não dão. Ver Mais
// Os Filhos do Afecto este livro e maravilhoso*.* Ver Mais
// Até onde devemos ir em nome do amor?...Trata-se de uma linda história de amor que nos prende à cadeira e que certamente vos vai provocar risos e muitas lágrimas... Um dos meus livros preferidos... Ver Mais
// Um dos melhores livros de Sparks, pelo enredo envolvente, dramatico mas racional e pelo estrondoso final que me apanhou desprevenida.
Um hino ao amor e sem duvida um dos livros da minha vida.
Ver Mais
// Para mim é um dos melhores livros do Nicholas Sparks. Como sempre prende do inicio ao fim. E neste livro ele consegue surpreender com o final. Não estava mesmo nada à espera! Muito bom!... Ver Mais
// Até onde podemos ir em nome do verdadeiro amor? Esta é a pergunta mais importante que este livro nos coloca. Uma história de amor que nasce entre duas pessoas com personalidades completamente diferentes. Uma paixão que nasce e nem Travis Parker nem Gaby Holland são capazes de fugir dela. Mais uma bonita história de amor contada maravilhosamente por Nicholas Sparks. Ver Mais
// simplesmente fantástico! acabei de ler este livro! mais uma bonita história de amor , Nicholas Sparks é incrivel a escrever romances. este livro mostra-nos que o amor está acima de tudo e vale sempre a pena! suspendi a repiração até ao fim, mas valeu a pena. eles venceram!!!! Ver Mais
// Uma história simplesmente linda, mais uma de Nicholas sparks...
Adoro ler e este foi o meu 14 livro k leio deste autor fantástico mesmo, não há um livro k leio k no final não chore, parece k estamos a viver akela história.
Ver Mais
// Fascinante, surpreendente, enfim.... adorei!! Recomendo ;)) Ver Mais
// Tenho 13 Anos, Fui Vendida História que nos faz pensar no mundo em que vivemos. Gostei muito. Ver Mais
// A Última Estação A Última Estação" de Jay Parini romanceia o último ano de vida do escritor russo Leo Tolstói (1828-1910), que morreu com cerca de oitenta e dois anos de idade, e, portanto, a obra foca-se essencialmente na relação algo tempestuosa com a mulher Sofia, com quem teve treze filhos, e no desejo inabalável de Tolstói levar uma livre simples e pacata, tal como um camponês, longe das luzes da ribalta.

Tendo inclusivamente dado origem a um filme com o mesmo nome (o trailer pode ser visto aqui: https://www.youtube.com/watch?v=2woUBZLxa4o ) dirigido por Michael Hoffman, Jay Parini dá-nos a conhecer também (...)"

Comentário completo em: https://outraformadeviajar.blogspot.pt/2016/06/a-ultima-estacao-de-jay-parini.html
Tendo inclusivamente dado origem a um filme com o mesmo nome (o trailer pode ser visto aqui: https://www.youtube.com/watch?v=2woUBZLxa4o ) dirigido por Michael Hoffman, Jay Parini dá-nos a conhecer também (...)"

Comentário completo em: https://outraformadeviajar.blogspot.pt/2016/06/a-ultima-estacao-de-jay-parini.html

A Última Estação" de Jay Parini romanceia o último ano de vida do escritor russo Leo Tolstói (1828-1910), que morreu com cerca de oitenta e dois anos de idade, e, portanto, a obra foca-se essencialmente na relação algo tempestuosa com a mulher Sofia, com quem teve treze filhos, e no desejo inabalável de Tolstói levar uma livre simples e pacata, tal como um camponês, longe das luzes da ribalta.

Tendo inclusivamente dado origem a um filme com o mesmo nome (o trailer pode ser visto aqui: https://www.youtube.com/watch?v=2woUBZLxa4o ) dirigido por Michael Hoffman, Jay Parini dá-nos a conhecer também (...)"

Comentário completo em: https://outraformadeviajar.blogspot.pt/2016/06/a-ultima-estacao-de-jay-parini.html">
Ver Mais
// O Charme Discreto da Vida Conjugal É uma narrativa longa, mas muito interessante, sem dúvida um bom livro! Ver Mais
// O Ouro dos Cruzados Gostei muito do livro e recomendo. Não conhecia o autor, mas fiquei fascinado e com vontade de ler o seu livro anterior "O Mistério da Atlântida". "O Ouro dos Cruzados" é um excelente romance histórico envolto em triller e crime. Contém diversos fatos históricos reais e é sem dúvida um bom veículo para aumentar a cultura.

Gostei muito do livro e recomendo. Não conhecia o autor, mas fiquei fascinado e com vontade de ler o seu livro anterior "O Mistério da Atlântida". "O Ouro dos Cruzados" é um excelente romance histórico envolto em triller e crime. Contém diversos fatos históricos reais e é sem dúvida um bom veículo para aumentar a cultura.">
Ver Mais
// O Lado Selvagem Quando comprei este livro esperava encontrar um diário, mas encontrei um jornalista a contar a história de Chris "Supertramp" McCandless.
É um livro muito agradável de ler, mostra-nos que é possível viver uma experiência sem o materialismo com que estamos habituados.
Mostra-nos que é possível viver de forma simples e em paz com a natureza, com alguns desafios, com algumas dificuldades, porque a vida é mesmo assim.
Gostei imenso e recomendo. É um livro muito agradável de ler, mostra-nos que é possível viver uma experiência sem o materialismo com que estamos habituados.
Mostra-nos que é possível viver de forma simples e em paz com a natureza, com alguns desafios, com algumas dificuldades, porque a vida é mesmo assim.
Gostei imenso e recomendo.

Quando comprei este livro esperava encontrar um diário, mas encontrei um jornalista a contar a história de Chris "Supertramp" McCandless.
É um livro muito agradável de ler, mostra-nos que é possível viver uma experiência sem o materialismo com que estamos habituados.
Mostra-nos que é possível viver de forma simples e em paz com a natureza, com alguns desafios, com algumas dificuldades, porque a vida é mesmo assim.
Gostei imenso e recomendo. ">
Ver Mais
// O Lado Selvagem O facto de o livro ser escrito por o jornalista que primeiro abordou o caso e com o qual se identificou imprime um cunho a todo o acontecimento. Quantos mais foram tocados pela decisão de Chris? Jon Krakauer foi um deles, não falo só dos que conviveram com Chris no tempo em que se antecedeu à sua partida definitiva para o Alasca mas a todas as pessoas que tiveram conhecimento da história (nos anos 90 ou agora), que além de verem um lado louco na sua decisão, eles próprios sentem-se inspirados pela coragem e pelo sentimento evocado. Quantos, conhecendo o lado pior da aventura, não se sentem tentados a pegar na mala e a sair à sua sorte?

ElsaR (Efeito dos Livros)
Ver Mais
// O Lado Selvagem Escrito por um jornalista, Jon Krakauer, "O Lado Selvagem" é o resultado da tentativa de reconstrução da aventura de Christopher McCandless, um jovem norte-americano, acabado de se formar em Direito, que decide abandonar tudo e partir à descoberta do selvagem Oeste (o Alasca). Numa viagem à descoberta da natureza e de si mesmo. Este é um relato acerca de uma aventura verídica, terminada de forma trágica, em que o próprio autor, que além de jornalista é também alpinista, procura ao longo do livro e em alguns momentos identificar semelhanças e diferenças entre a sua experiência de alpinista e a experiência de McCandless. Indubitavelmente, uma interessante leitura!

Escrito por um jornalista, Jon Krakauer, "O Lado Selvagem" é o resultado da tentativa de reconstrução da aventura de Christopher McCandless, um jovem norte-americano, acabado de se formar em Direito, que decide abandonar tudo e partir à descoberta do selvagem Oeste (o Alasca). Numa viagem à descoberta da natureza e de si mesmo. Este é um relato acerca de uma aventura verídica, terminada de forma trágica, em que o próprio autor, que além de jornalista é também alpinista, procura ao longo do livro e em alguns momentos identificar semelhanças e diferenças entre a sua experiência de alpinista e a experiência de McCandless. Indubitavelmente, uma interessante leitura! ">
Ver Mais
// Uma Criança em Perigo E mais uma vez fique chocada com os relatos narrados num de livro de Torey. Mesmo sendo uma narrativa com um final em aberto, é um livro que marca qualquer tipo de pessoa. Ver Mais
// A Rapariga que Roubava Livros Quero ter este livro! São inúmeras as opiniões positivas que já li sobre ele! Só que ao contrário da "rapariga" vou pagar para o ter :P...mas tenho a certeza que valerá o custo!

Quero ter este livro! São inúmeras as opiniões positivas que já li sobre ele! Só que ao contrário da "rapariga" vou pagar para o ter :P...mas tenho a certeza que valerá o custo!">
Ver Mais
// A Rapariga que Roubava Livros Um livro que me tocou profundamente. Foi uma leitura acompanhada de reflexão e sorrisos de olhos brilhantes. Uma trama forte de personagens grandiosas que deixa na alma fica um sabor agridoce. Adorei. Ver Mais
// A Rapariga que Roubava Livros Por favor não leiam mais nenhum comentário e vão comprar este grandioso livro. Enquanto lêem esta linha poderiam estar a ler um provável "livro que nunca irei esquecer"

Por favor não leiam mais nenhum comentário e vão comprar este grandioso livro. Enquanto lêem esta linha poderiam estar a ler um provável "livro que nunca irei esquecer" ">
Ver Mais
// A Rapariga que Roubava Livros Markus Zusak criou um novo clássico, um livro que vai passar de geração em geração, onde dá asas de papel à personagem principal e um coração à Morte.

Opinião no blog Efeito dos Livros
Ver Mais
// A Rapariga que Roubava Livros Amei o livro! Acho que é uma maneira diferente de contar uma história que todos já conhecemos... é uma imaginação que não nos faz questionar nada... apenas queremos ler mais e mais! Recomendo vivamente! É absolutamente fantástico! Ver Mais
// A Rapariga que Roubava Livros O que dizer sobre este livro?
É um livro maravilhoso, toda a gente o deveria ler.
Um tema bastante forte passado num tempo muito sensível. Um livro que nos dá um soco no estômago de tão profundo que é.
Fantástico!!!!
Ver Mais
// A Rapariga que Roubava Livros Recomendo-o a todos os leitores, apesar dos percalços do início. Trata-se de uma história escondida no tempo, que temos dificuldades em acreditar! "A Rapariga Que Roubava Livros" é um livro emocionante, que nos transporta entre a inocência da infância de uma criança e a realidade brutal de uma guerra, lembrando-nos de que a felicidade está perto de nós e que devemos aproveitá-la ao máximo enquanto podemos.

Recomendo-o a todos os leitores, apesar dos percalços do início. Trata-se de uma história escondida no tempo, que temos dificuldades em acreditar! "A Rapariga Que Roubava Livros" é um livro emocionante, que nos transporta entre a inocência da infância de uma criança e a realidade brutal de uma guerra, lembrando-nos de que a felicidade está perto de nós e que devemos aproveitá-la ao máximo enquanto podemos.">
Ver Mais
// A Rapariga que Roubava Livros Tanto a capa como o título deste livro são enganadores pois não sugerem de todo o quão poderoso ele é. Para os amantes da literatura sobre a II Guerra Mundial, eis que surge um livro que de forma leve e simples nos mostra a verdadeira complicação da vida quotidiana neste período tão negro da nossa história mundial. Para quem nunca se estreou neste tema, eis um excelente livro para começar.
A história é-nos contada pela Morte que confusa pelas atitudes da raça humana, se interessa pela jovem Liesel e pelo seu percurso de vida, acompanhando-a e narrando as peripécias do dia-a-dia. Nestas peripécias incluem-se as pessoas que são a favor do ideal de Hitler, a família que vive em dicotomia constante albergando inclusive um judeu na sua própria cave (com o medo constante das potenciais consequências caso fossem descobertos), os bombardeamentos em Munique, as marchas de pessoas para Dachau e a forma como a jovem Liesel via todas estas questões, a sua paixão pelos livros e ainda o quanto a tentaram proteger do entendimento ou não do período que se vivia.
Sem grandes, ou praticamente nenhumas, considerações politicas e um ponto de vista original mas verdadeiro e tocante aqui está uma obra que deveria ter o devido reconhecimento pela originalidade com que apresenta uma época difícil. Numa palavra: Soberbo!
Ver Mais
// A Rapariga que Roubava Livros Que livro este! Fascinante pela forma como descreve um tempo de atrocidades horrendas mas que uma criança através dos livros que roubava vivia de uma forma quase desligada do terror que a rodeava, na magia dos livros que roubava, esquecia o perigo e o horror do tempo em que viveu. Um livro que nos marca profundamente pela sua beleza, nos toca pelo período terrível que narra. Lemos este livro com as lágrimas nos olhos mas um sorriso na boca. Que livro este tão fantástico. Absolutamente incrível e quase de leitura obrigatória. Adorei ! Ver Mais
// A Rapariga que Roubava Livros Terminei este livro ontem à noite e. . . não há palavras.
A história, as personagens tão reais e descritas duma maneira invulgar, os locais tão bem representados, as relações, a empatia, o tempo, as amizades, o amor, a família. . .
E não posso também deixar de referir a capa tão bem ilustrativa deste livro, nela aparece a morte a saltar, brincar com uma menina e nesta capa está resumido o livro. Não poderia ser mais adequada. Este livro é PERFEITO.

A classe baixa e a rica são narradas minuciosamente.
Na classe baixa conhecemos Liesel, uma menina diferente. Uma menina que aos 10 anos já tinha perdido a sua família, uma menina que já tinha sofrido o que nenhuma menina com a idade dela merece.
Uma menina que é entregue a uma família adoptiva (os Hubermann) no tempo em que rolava a segunda guerra mundial e em que, nada era intocável. . . Hans e Rosa, os pais adoptivos dela, (Rosa com uma personalidade irascível e com cara de poucos amigos, mostrando-a principalmente a quem mais gostava, uma mulher com um coração enorme e sempre pronta a ajudar e Hans, um homem com olhos de prata, que lhe ensinou a ler, que tocava acordeão, que quando se enganava ao fazê-lo dava uma gargalhada como mais ninguém o sabia fazer e continuava a tocar, que gostava de cigarros, champanhe no verão e do seu trabalho - pintor).
Nesta classe, conhecemos também Rudy, o melhor amigo de Liesel. Um amigo que vai ansiar pelo seu primeiro beijo. Um amigo que vai partilhar as suas diabruras típicas da idade com ela e com Tommy. O terceiro amigo.
Rudy irá participar em vários roubos com Liesel. Lembrem-se, esta era uma altura em que havia falta de TUDO.
Há várias outras personagens que são igualmente importantes e singulares, para os conhecerem têm de ler.

A classe alta é sobretudo representada pelo presidente da câmara e a sua mulher, esta, com um papel fundamental na história, pois possui uma biblioteca pessoal. . . podem fazer o paralelismo com o título do livro. . .

Rosa, ganha o sustento lavando e passando roupa para as pessoas da classe alta e não da sua rua, a rua Himmel (que significa: CÉU), Liesel começou a acompanhá-la no seu serviço e foi assim que ficou amiga da mulher do presidente da câmara.

Um à-parte, nesta altura, existiam ataques aéreos a toda a hora em várias partes e, ninguém vai bombardear uma rua que se chama céu, pois não?

Hans, pintor de profissão e acordeonista nas horas vagas (toca, quando pode em bares para mais uns trocos) já presenciou a primeira guerra mundial. Nessa guerra fez amigos judeus e foi aí que aprendeu a tocar acordeão. Esta é a segunda guerra e vai ter de participar nela por erros imperdoáveis no tempo do fuhrer. . .

Por fim, falo então de Max, um homem que não fez nada de errado, para além de que, é judeu. . . tem uma capacidade de sonhar e um poder com as palavras que ninguém lho tira. Max vai tornar-se um grande amigo de Liesel, a menina alemã. . . como é que eles se conheceram? Leiam.

LIESEL, ROUBOU O SEU PRIMEIRO LIVRO NUMA SITUAÇÃO QUE LHE VAI SERVIR DE RECORDAÇÃO. O seu primeiro livro roubado é acima de tudo uma recordação de um tempo e de umas pessoas, aquele livro cheira a família. . .

O segundo livro é roubado duma fogueira de livros, uma fogueira de livros e objectos relacionados com judeus. . . etc. . . CADA LIVRO ROUBADO, TEM UM SIGNIFICADO. . .

Max, o judeu, vai-lhe oferecer a mais bela das prendas. . . Liesel vai corresponder. . .

Lembrem-se, este é um livro narrado pela MORTE e estamos na segunda guerra mundial. . .

A morte, de vez em quando, anda com a história para a frente e conta-nos acontecimentos que só vão acontecer em capítulos mais à frente, para nos acalmar e amortecer a queda dos acontecimentos. . .

Sorri, ri, senti angústia e tristeza. Chorei.

LINDO. Por mais que escreva nunca vou conseguir fazer jus a um livro tão lindo como é este. Recomendo a toda a gente, este livro NÃO pode deixar de ser lido NUNCA.

Um livro para sempre no meu coração.
Ver Mais
// A Rapariga que Roubava Livros Estava com grande expectativas em relação a este livro mas no início não me cativou. Passadas algumas páginas fiquei completamente deliciada... Este livro entranha-se... O final é arrebatador... Adorei e recomendo vivamente! Ver Mais
// A Rapariga que Roubava Livros A Rapariga que roubava livros é narrada pela Morte, a mesma Morte que andando de mão dada com a Guerra (aqui a II Guerra Mundial), demonstrando uma certa compaixão por quem leva e por quem fica a chorar os que partem. A história começa em 1939 e termina em 1943 (do início da Guerra até à perda de Estalinegrado), centrando-se na Alemanha e em particular num subúrbio perto de Munique. Sente-se na sociedade as mudanças impostas pelo III Reich. Conta-se o martírio dos judeus. Conta-se também o martírio das bombas. Há quem seja obrigado a partir para a Guerra e isso faz com que se sinta mais esse sentimento de caos e de ansiedade pelo que se segue... E não se controla de todo. Porque se a Vida é imprevisível, a Guerra (enquanto sinónimo de Morte e Destruição) ainda o pode ser mais.Conhece-se roubo dos livros que a personagem principal vai fazendo ao longo da história. E é com as palavras roubadas desses livros furtados que ela sobrevive às alterações da sua situação familiar e à própria Guerra.É assim que aprenderá a ler e a escrever. Em síntese, este é um livro bem escrito e, por isso mesmo, a leitura flui através das suas 462 páginas; quando o leitor se dá conta já chegou ao fim!
https://www.goodreads.com/review/show/832967610
Ver Mais
// A Rapariga que Roubava Livros Foi o melhor livro que li. Tocou me profundamente,uma história cheia de emoção e envolvente,cuja narradora é a Morte. Amei o livro,recomendo a todos os leitores que ainda não o leram. Ver Mais
// A Rapariga que Roubava Livros A Morte, para além de ser uma acolhedora de almas caridosa e com uma foice de sentimentos, demonstra também ser uma maravilhosa contadora de histórias roubadas de qualquer coração linear de um ser humano para o seu coração circular: histórias revivenciadas pelo último e revividas por ela. Adicionalmente, a ideia da colorização do mundo é também fascinante pela destruição do preconceituoso preto tão característico da sua capa não temerosa mas apaziguadora.
Mas, acima de tudo, este é um livro de palavras, no qual, através dos livros furtados, as mesmas nos são apresentadas na sua ambiguidade mais extrema: usadas por uns para a tristeza, desolação e destruição num "horrendo guisado"; usadas por outros para exacerbação de sentimentos mais puros e simples, numa apologia do "querer viver".
A rapariga pode ter roubado livros, mas a morte roubou a minha atenção! A rapariga pode ter roubado livros, mas a morte roubou a minha atenção!

A Morte, para além de ser uma acolhedora de almas caridosa e com uma foice de sentimentos, demonstra também ser uma maravilhosa contadora de histórias roubadas de qualquer coração linear de um ser humano para o seu coração circular: histórias revivenciadas pelo último e revividas por ela. Adicionalmente, a ideia da colorização do mundo é também fascinante pela destruição do preconceituoso preto tão característico da sua capa não temerosa mas apaziguadora.
Mas, acima de tudo, este é um livro de palavras, no qual, através dos livros furtados, as mesmas nos são apresentadas na sua ambiguidade mais extrema: usadas por uns para a tristeza, desolação e destruição num "horrendo guisado"; usadas por outros para exacerbação de sentimentos mais puros e simples, numa apologia do "querer viver".
A rapariga pode ter roubado livros, mas a morte roubou a minha atenção! ">
Ver Mais
// A Rapariga que Roubava Livros Um livro muito completo, com personagens cheias de personalidade que encaram a guerra e a opressão com imensa coragem e são um exemplo de como humanidade não perde a compaixão nas situações mais adversas. Com um enredo emocionante esta história revela o poder das palavras. Ver Mais
// Mil Sóis Resplandecentes Se existe alguém que quer conhecer a história recente do Afeganistão e do seu povo, este é então o livro recomendado. É um livro de coragem. Ver Mais
// Mil Sóis Resplandecentes Impressionante! Ver Mais
// Mil Sóis Resplandecentes Este livro é simplesmente fantástico! A forma como o autor escreve, a história em si... Brilhante e muito mas muito comovente. Recomendo vivamente a sua leitura. Ver Mais
// Neve Uma visão interior sobre a diversidade do povo turco, que nos ajuda a compreender as objecções que alguns países colocam à adesão da Turquia à UE. Bom e muito interessante. Orhan no seu melhor! Ver Mais
// Neve Delicioso. Tal como a neve isola pessoas, aldeias, vilas e cidade, Orhan soube isolar o busílis da questão do povo turco, tão complexo na sua natureza e religião; que pode ir de um extremo ao outro. Ver Mais
// O Último Ano em Luanda Lindíssimo.
Até ler este livro (e ao mesmo tempo pesquisar na Internet) não tinha noção do caos vivido pelos muitos portugueses residentes em Angola no pós 25 de Abril.
A ideia de que eram todos ambiciosos e aproveitadores, mudou radicalmente, também havia portugueses que a única coisa que queriam era uma vida melhor sem a opressão da ditadura, e o seu ultimo ano em Luanda correu terrivelmente mal, devido à leviandade dos governantes portugueses da altura.
Nota 20/20.
Ver Mais
// O Último Ano em Luanda O Último Ano em Luanda conta, apoiado em bibliografia de referência, uma história que poderia ser a história de qualquer um dos portugueses que, na sequência do 25 de Abril de 1974 e declarada a independência de Angola a 11 de Novembro de 1975, tiveram de abandonar tudo em Angola e regressar sem nada (ou quase nada) para Portugal.
A escrita de Tiago Rebelo, cuja qualidade desconhecia, embora já tivesse ouvido falar muito bem, surpreende positivamente o leitor. Tiago Rebelo capta com técnica e mestria a atenção do leitor que, em vários momentos, se vê no dilema de parar a leitura e ir fazer o que tem de fazer e/ou continuar a leitura e deixar tudo para fazer depois. E isto acontece tanto pela história como pela própria escrita do texto. Recomendável... Muito!
https://www.goodreads.com/review/show/1036217059
Ver Mais
// O Último Ano em Luanda Se porventura estas minhas linhas forem lidas pelo autor, aproveito para lhe deixar aqui o meu muito obrigado por este livro, assim como pelos outros que já li.
Fabuloso este livro, simplesmente adorei.
Todo o conteúdo e a forma como é descrito o mesmo é sensacional.
Mesmo sendo uma obra de ficção, dá-nos uma outra visão do que foi o processo da descolonização e suas consequências na vida de muitos milhares de portugueses.
Leiam esta obra.
Ver Mais
// Tropa de Elite Sobre a história parece não haver necessidade de qualquer referência. É um filme de culto que merece ser visto e revisto!
Depois de ter visto o filme, o livro soube a muito pouco. Fracas descrições e ambientes pouco elaborados são a maior decepção.
Aconselho a ler antes de ver o filme: a experiência será outra.
Ver Mais
// Filhos do Abandono este livro e maravilhoso como todos os livros de torey..... Ver Mais
// Soberbo! Grande riqueza e variedade cultural. Um livro intenso, mágico, romântico! Para os amantes da música e da dança com um fundo sobrenatural. Super recomendo! Ver Mais
// Terminei o livro ontem e continuo a suspirar pela história, surpreendente e bela. Daína Chaviano é uma autora a seguir com muita atenção; não conhecia, o livro foi-me emprestado e iniciei a leitura sem qualquer conhecimento acerca da história, ou da autora. Foi realmente um grata surpresa! Espero que, em breve, haja traduções de outras obras da autora. Ver Mais
// Ciranda de Pedra http://florestadelivros.blogspot.com/2010/06/ciranda-de-pedra.html Ver Mais
// O Menino que Sonhava Chegar à Lua Li este livrinho com lágrimas nos olhos e um sorriso nos lábios.
Gostei muito.
Ver Mais
// Diário de uma Dona de Casa Desesperada Esta história faz-me lembrar tudo aquilo que ouvi a minha avó e por incrível que pareça a minha mãe dizer quando me casei, que só por ser homem pode fazer tudo e que o papel da mulher como esposa é digamos assim comer e calar.
Realmente embora não retrate a época em que vivemos, sei e sabemos todos nós que muitas destas situações ainda são reais, e muitas das vezes com aquelas pessoas que se dizem serem muito "para a frente".
Um livro muito bem estruturado, embora por vezes seja um pouco cansativo do ponto de vista emocional, pois leva a que nos envolvamos como se fizéssemos parte da narrativa. De início é um pouco difícil de entrar na história pois parece um pouco confusa, mas assim que a protagonista nos começa a revelar quem ela é e as situações por que passa, lê-se que nem se dá por passar as páginas.

Para ler toda a opinião sobre este livro: http://muito-para-ler.blogspot.com/2010/03/diario-de-uma-dona-de-casa-desesperada.htmUm livro muito bem estruturado, embora por vezes seja um pouco cansativo do ponto de vista emocional, pois leva a que nos envolvamos como se fizéssemos parte da narrativa. De início é um pouco difícil de entrar na história pois parece um pouco confusa, mas assim que a protagonista nos começa a revelar quem ela é e as situações por que passa, lê-se que nem se dá por passar as páginas.

Para ler toda a opinião sobre este livro: http://muito-para-ler.blogspot.com/2010/03/diario-de-uma-dona-de-casa-desesperada.htm

Esta história faz-me lembrar tudo aquilo que ouvi a minha avó e por incrível que pareça a minha mãe dizer quando me casei, que só por ser homem pode fazer tudo e que o papel da mulher como esposa é digamos assim comer e calar.
Realmente embora não retrate a época em que vivemos, sei e sabemos todos nós que muitas destas situações ainda são reais, e muitas das vezes com aquelas pessoas que se dizem serem muito "para a frente".
Um livro muito bem estruturado, embora por vezes seja um pouco cansativo do ponto de vista emocional, pois leva a que nos envolvamos como se fizéssemos parte da narrativa. De início é um pouco difícil de entrar na história pois parece um pouco confusa, mas assim que a protagonista nos começa a revelar quem ela é e as situações por que passa, lê-se que nem se dá por passar as páginas.

Para ler toda a opinião sobre este livro: http://muito-para-ler.blogspot.com/2010/03/diario-de-uma-dona-de-casa-desesperada.htm">
Ver Mais
// Diário de uma Dona de Casa Desesperada Sabem quando esperam que um livro seja realmente interessante, um daqueles livros que poderia até dar um ar da sua graça, mas fiquei totalmente desiludida. Aliás, atrevo-me a dizer que era tão chato mas tão chato que nem consegui acabar de ler.

aviciadadoslivros.blogspot.com
Ver Mais
// Entre o Céu e a Montanha O amor na meia idade. Maravilhoso. Ver Mais
// Entre o Céu e a Montanha Comecei ontem a ler este livro e fiquei rendida, é fantástico. Ver Mais
// Entre o Céu e a Montanha Nunca é tarde para Amar, e é isso mesmo que este livro nos mostra. Entre o dever, o amor, a ternura e a amizade este livro mostra-nos como é Amar depois de ter Amado, como é o Amor Maduro . Simplesmente adorável! Ver Mais
// Entre o Céu e a Montanha para quando a tradução do seu novo livro! adorei este cenario de montannhas, perigos e uma vontade ferrea de vencer apesar das dificuldades. um fim estupendo! Ver Mais
// Entre o Céu e a Montanha Será o amor de Alec e Fiona forte ao ponto de vencer o passado, o sentido de dever, os compromissos? Uma resposta que deixo em aberto como forma de deixar a curiosidade no ar.
É uma história de amor terno e maduro que comove o leitor e que mostra que nunca é tarde para amar.
Primeiro livro que li do escritor. Fiquei fã!
Ver Mais
// Infância Perdida Gostei muito deste livro,vale a pena ler sem duvida,apesar de uma historia triste,transmite muito bem o que passam as crianças vitimas de abuso,muitas vezes nao conseguimos sequer imaginar a dor que sentem,este livro transmite muito bem,recomendo a leitura. Ver Mais
// Infância Perdida Arrebatador. Não temos consciência do que passa uma criança vítima de maus tratos até lermos este livro. Recomendo vivamente. Ver Mais
// A Casa do Silêncio Pode ver o meu comentário a este livro em:

http://conspiracaodasletras.blogspot.com/2009/10/casa-do-silencio-orhan-pamuk.html
Ver Mais
// Um Mundo Sem Fim Livro excelente! Ver Mais
// Um Mundo Sem Fim Mais uma vez tenho que dizer que adoro este autor! Este livro é magnífico. O enredo e as personagens são muito bem construídas o que faz com que seja impossível parar de ler. Ver Mais
// A Força dos Afectos Mais um livro da Torey, que amei e me deliciei a ler!
Já li os seis!! Quando é que há mais?!?
Ver Mais
// A Força dos Afectos Este foi o primeiro livro que li da Torey e fiquei completamente maravilhada, achei um livro super forte e marcante, quando o terminei de ler fiquei com uma visão diferente sobre o mundo. Ver Mais
// Um Mundo Sem Fim Excelente! A comprovar o talento de um grande autor. Deixo o link da opinião publicada no meu blogue:
http://planetamarcia.blogs.sapo.pt/319736.html
Obrigada
Ver Mais
// Um Mundo Sem Fim Espetacular! Quando pensamos que um acontecimento faz com que haja o desfecho da história, afinal ainda há muito para contar. Aconselho vivamente a leitura desta obra. Ver Mais
// ainda nao o li ,mas estou impaciente para o ler so pode ser da mesma qualidade ao qual ele(nicholas); nos habituou Ver Mais
// Acabei de ler A melodia do Adeus mas para mim este livro é algo de fantastico ate onde podemos ir por amor??Uma simples foto muda a nossa vida.... Ver Mais
// este foi o primeiro livro do sparks que li e quando acabei pensei que tinha sido a historia de amor mais linda que algum vez me contaram... os livros dele sao sempre uma grande surpresa... Ver Mais
// Mal acabei de ler este livro achei que fora o livro mais bonito que já lera, no entanto, depois de já ter lido mais alguns do nicholas sparks fiquei dividida...
É romance fantástico!
Ver Mais
// É um livro fantástico, adorei, é um dos melhores livros que já li, emocionante e cativante. Ver Mais
// Esta semana passei numa feira e tinha este livro à venda por apenas 6?, já vi os filmes todos adaptados do romance deste actor mas livros penso que não li nenhum. Já vou estar entretida nos almoços :) Ver Mais
// Um romance 5 Estrelas!

Amei!!!
Ver Mais
// Os Pequenos Mundos do Edifício Yacoubian Livro enfeitiçante como a própria cidade do Cairo...Um mundo dentro de outro mundo. Ver Mais
// O Estranho Caso de Benjamin Button Um livro pequeno, lê-se em um dia. Faz-nos pensar no real significado da vida... e nos valores que deveremos ter em mente... e sobretudo... que a idade não é limite quando queremos realizar um sonho! Ver Mais
// O Estranho Caso de Benjamin Button Gostei imenso de ler este livro, aliás até posso dizer que li num dia. Adorei e fiquei apaixonada pela história. Sei que há um filme mas muito sinceramente gostei mais do livro do que do filme. Começa por ele ser um bebé idoso, sim é verdade, começa a crescer e a retroceder em termos de aspecto mas a envelhecer em termos de idade, um pouco complicado eu sei, mas é um livro tão delicioso que tive imensa pena de ser tão curto. Adorei!

A Viciada dos Livros
Ver Mais
// Antes de Nos Encontrarmos Um livro fascinante. E o mais fascinante é ver como é que duas pessoas de países tão distintes se encontram e nasce o amor entre elas. Ver Mais
// Antes de Nos Encontrarmos um livro magnífico... a história é super envolvente, um verdadeiro mundo de sentimentos e amor... recomenda-se... Ver Mais
// Antes de Nos Encontrarmos Um livro que nos fascina com a sua história.

?Quem nunca pensou em fugir e deixar tudo para trás??

Recomendo :)
Ver Mais
// Antes de Nos Encontrarmos Um livro que nos fascina com a sua história.

"Quem nunca pensou em fugir e deixar tudo para trás?"

Recomendo :)
Recomendo :)

Um livro que nos fascina com a sua história.

"Quem nunca pensou em fugir e deixar tudo para trás?"

Recomendo :)">
Ver Mais
// Antes de Nos Encontrarmos Senti que o livro era um pouco confuso de início, mas depois de entrar na história e começar a conhecer as personagens apaixonei-me pelas suas histórias e como estas iriam levar ao culminar do encontro da Stella e Jake. O amor acaba por vencer tudo. Ver Mais
// Antes de Nos Encontrarmos Comecei a ler este livro na minha viagem a Itália, e por algumas condicionantes, acabou por ficar semi esquecido pois tive pouca oportunidade para o ler.
Por essa razão, perdi-me na história, pois esta faz referência a vários momentos ao mesmo tempo, perdi a noção das personagens e do seu enredo, de tal forma, que foi complicado voltar a tomar-lhe o rumo.
Contudo, assim que regressei, peguei no livro novamente, decidida a entender a história uma vez que a mesma é categorizada como "O melhor livro de Maggie O´Farrell até ao momento." (Time Out). E afirmo, que realmente é um bom livro, uma boa história e o enredo de todos os acontecimentos permanecem exatos e verdadeiros, de forma a compreendermos as histórias de ambas as personagens. Se por alguns momentos, percebemos o que pode acontecer, acontece que outras vezes não. E isso agradou-me! Apesar da confusão inicial de encontrar na história, no rumo da sua leitura, fui gostando mais da mesma e apaixonando-me pelas personagens.
E este final? Acho que merecia um pouco mais! Ou será que se avizinha uma continuação? Gostaria que isso acontecesse, porque o final ficou à quem. Quando pensamos que ainda vai haver mais história, ela termina. Percebe-se, ainda que indirectamente, o seu final, mas esperava algo mais.
Contudo, encontrei alguns erros na tradução, palavras fora do sentido da frase ou mal escritas. Numa história tão boa, não podia haver assim tantos erros.E este final? Acho que merecia um pouco mais! Ou será que se avizinha uma continuação? Gostaria que isso acontecesse, porque o final ficou à quem. Quando pensamos que ainda vai haver mais história, ela termina. Percebe-se, ainda que indirectamente, o seu final, mas esperava algo mais.
Contudo, encontrei alguns erros na tradução, palavras fora do sentido da frase ou mal escritas. Numa história tão boa, não podia haver assim tantos erros.

Comecei a ler este livro na minha viagem a Itália, e por algumas condicionantes, acabou por ficar semi esquecido pois tive pouca oportunidade para o ler.
Por essa razão, perdi-me na história, pois esta faz referência a vários momentos ao mesmo tempo, perdi a noção das personagens e do seu enredo, de tal forma, que foi complicado voltar a tomar-lhe o rumo.
Contudo, assim que regressei, peguei no livro novamente, decidida a entender a história uma vez que a mesma é categorizada como "O melhor livro de Maggie O´Farrell até ao momento." (Time Out). E afirmo, que realmente é um bom livro, uma boa história e o enredo de todos os acontecimentos permanecem exatos e verdadeiros, de forma a compreendermos as histórias de ambas as personagens. Se por alguns momentos, percebemos o que pode acontecer, acontece que outras vezes não. E isso agradou-me! Apesar da confusão inicial de encontrar na história, no rumo da sua leitura, fui gostando mais da mesma e apaixonando-me pelas personagens.
E este final? Acho que merecia um pouco mais! Ou será que se avizinha uma continuação? Gostaria que isso acontecesse, porque o final ficou à quem. Quando pensamos que ainda vai haver mais história, ela termina. Percebe-se, ainda que indirectamente, o seu final, mas esperava algo mais.
Contudo, encontrei alguns erros na tradução, palavras fora do sentido da frase ou mal escritas. Numa história tão boa, não podia haver assim tantos erros.">
Ver Mais
// O Tigre Branco EXCELENTE livro!

Munna é o nome do personagem principal. Quer dizer, acaba por não ser propriamente o seu nome, porque Munna quer dizer simplesmente ?rapaz?. Os seus pais não tiveram a preocupação de lhe dar um nome à nascença. É uma preocupação que não existe na Índia. Quer dizer, na Índia da Escuridão. O nosso personagem principal só adquire um nome quando entra para a escola e, posteriormente, aquando de uma inspecção à mesma atribuem-lhe também uma data de nascimento. Munna passa a chamar-se Balram .


Balram Halwai, esclarece-nos que existem duas Índias: a da Escuridão e a da Luz.
Na Escuridão, as pessoas não têm valor, valem tanto como o chão que pisam ou menos. Na Luz, estas sim, estas vivem bem. Mas para viverem neste estado de graça que é viver bem na Índia, têm de ?bajular? e encher os bolsos aos polícias, aos políticos?


Balram conta-nos o percurso desde a sua infância, na Escuridão, até ao seu escritório em Bombaim, onde é um empresário de sucesso (agora na Luz)!
Balram Halwai ? O Tigre Branco - revela-se, desde cedo, um homem inconformado com o seu destino de homem da Escuridão e projecta algo maior para a sua vida, mesmo que t
Ver Mais
// O Tigre Branco EXCELENTE livro!

Munna é o nome do personagem principal. Quer dizer, acaba por não ser propriamente o seu nome, porque Munna quer dizer simplesmente ?rapaz?. Os seus pais não tiveram a preocupação de lhe dar um nome à nascença. É uma preocupação que não existe na Índia. Quer dizer, na Índia da Escuridão. O nosso personagem principal só adquire um nome quando entra para a escola e, posteriormente, aquando de uma inspecção à mesma atribuem-lhe também uma data de nascimento. Munna passa a chamar-se Balram .


Balram Halwai, esclarece-nos que existem duas Índias: a da Escuridão e a da Luz.
Na Escuridão, as pessoas não têm valor, valem tanto como o chão que pisam ou menos. Na Luz, estas sim, estas vivem bem. Mas para viverem neste estado de graça que é viver bem na Índia, têm de ?bajular? e encher os bolsos aos polícias, aos políticos?


Balram conta-nos o percurso desde a sua infância, na Escuridão, até ao seu escritório em Bombaim, onde é um empresário de sucesso (agora na Luz)!
Balram Halwai ? O Tigre Branco - revela-se, desde cedo, um homem inconformado com o seu destino de homem da Escuridão e projecta algo maior para a sua vida, mesmo que tenha de agir de acordo com a ?política? da Índia.


É através de um relato irónico, que o Tigre Branco faz ao primeiro ministro da China que nos vamos apercebendo de uma forma nua e crua, das injustiças, das atrocidades, da pobreza física e mental, da ausência de valores, da exploração e de toda uma corrupção que nós não fazemos ideia que existe na Índia.


Com este romance, Aravind Adiga, mostra-nos o outro lado da Índia, o seu lado escuro e desumano.

Um livro de leitura obrigatória!
Ver Mais
// O Tigre Branco Sobre o livro, Munna que depois será rebaptizado como Balram Halwai é o nome da personagem central desta história passada numa Índia actual.
Balram, através de uma serie de cartaz datadas irá contar ao Sr.. Jiabao, primeiro-ministro chinês, a sua vida, irá descrever todo o sistema socioeconómico indiano de como este está arquitectado no presente.
Balram irá perfurar todo o sistema de castas tão característico na Índia e fará o seu caminho da Escuridão para a Luz; a Escuridão representa as castas inferiores, o campo, o norte a Luz será o oposto dessa escuridão.

De uma forma inteligente o autor Aravind Adiga, explora a sociedade Indiana com uma subtileza adocicada, que tenho de lhe dar o mérito mas que não me cativou de todo, esperava algo mais ?real?, ou as expectativas já estavam tão elevadas que se reflectiram na percepção da leitura.

A forma de comparação entre as duas sociedades a dos amarelinhos (China) e a dos castanhinhos (Índia) está bem conseguida. Qual delas será capaz de se sobrepor perante a outra.
Um livro que se lê bastante bem, bem estruturado e de leitura fácil, um bom livro mas insuficiente para ser um livro premiado, aclamado pela crítica...
Ver Mais
// A Felicidade Não se Vende neste momento estou a ler este livro, esta a ser muito interessanto visto que ja vou a meio! nao sei o que esoerar do fim deste livro. é o primeiro livro que leio de lolly winston.
recomendo a lerem!
Ver Mais
// A Felicidade Não se Vende O desfecho do livro não podia ser mais imprevisível. Quando pensamos que nada mais nos poderá surpreender Lolly Winston faz com que o leitor se depare com uma realidade que podia muito bem ser a nossa Ver Mais
// Voo Final Excelente, recomendo Ver Mais
// Voo Final Para que gosta de história contemporânea e romance, Ken Follett é absolutamente espectacular. Este livro é prova disso. Ver Mais
// Voo Final Este livro é simplesmente brilhante. Mais uma vez vemos a mestria do autor. A história é bem conseguida e faz com se leia de uma só vez! Sem dúvida que recomendo. Ver Mais
// Voo Final Que livro fantástico! Era tão difícil quando tinha que parar de ler!
Recomendo.
Ver Mais
// Voo Final Um livro muito bom baseado numa história com contornos verídicos e que descreve personagens audazes e resolutas. O início é confuso e insere muitos contextos e demasiados personagens em simultâneo. Só com a descrição das primeiras peripécias que desencadeiam a acção principal, conseguimos compreender os personagens centrais e a posição de cada um na história. Depois de ultrapassado este principiar um pouco enfadonho, o livro revela-se uma enorme surpresa, conseguindo-nos cativar até ao último momento. É mesmo impossível deixar a leitura quando se entra nos últimos capítulos. Ver Mais
// Mar de Papoilas O livro aborda a Índia (o Norte) no século XIX, pouco antes da Guerra do Ópio. E é em torno da cultura do Ópio - extraída das papoilas - e, em alguns casos da sua depedência, das castas (pouco favoráveis a "misturas" entre si) e da consequente rigidez da sociedade indiana que se desenrola este romance histórico. Mas é sobretudo a bordo do Navio Ibís que toda a história se centra e onde a vida das várias personagens se vai cruzar. Daí o título "Mar de Papoilas". Até porque as papoilas são transversais a toda a obra (e, portanto, três partes em que esta se divide 1- Terra, 2-Rio e 3-Mar)... E também elas se vão encontrar no Ibís! Aqui está uma história para todos os admiradores e/ou curiosos do Oriente e em especial da história e cultura indianas.

https://www.goodreads.com/review/show/908429897
https://www.goodreads.com/review/show/908429897

O livro aborda a Índia (o Norte) no século XIX, pouco antes da Guerra do Ópio. E é em torno da cultura do Ópio - extraída das papoilas - e, em alguns casos da sua depedência, das castas (pouco favoráveis a "misturas" entre si) e da consequente rigidez da sociedade indiana que se desenrola este romance histórico. Mas é sobretudo a bordo do Navio Ibís que toda a história se centra e onde a vida das várias personagens se vai cruzar. Daí o título "Mar de Papoilas". Até porque as papoilas são transversais a toda a obra (e, portanto, três partes em que esta se divide 1- Terra, 2-Rio e 3-Mar)... E também elas se vão encontrar no Ibís! Aqui está uma história para todos os admiradores e/ou curiosos do Oriente e em especial da história e cultura indianas.

https://www.goodreads.com/review/show/908429897">
Ver Mais
// O Beijo Mais uma vez, a editorial Presença à semelhança com o que havia feito com "A Dama Negra da Ilha dos escravos" publica um livro de uma escritora que se estreia na literatura.
Elizabeth Hickey brinda-nos com uma biografia romanceada de Gustav Klimt, a partir da qual podemos conhecer a vida (sobretudo amorosa) e a obra deste pintor.
Conjugando a pintura com a moda, o romance com a nostalgia, este é um livro rico em descrições não só das personagens mas também de paisagens e de emoções.
O livro não segue uma ordem cronológica, tornando-o ainda mais interessante e é contado na primeira pessoa.
Para além de Klimt, são mencionadas também outras personalidades artísticas como Hoffman, entre outros.
Este é um livro bem escrito e direccionado para quem se interessa por arte ou simplesmente para quem se interessa pela vida e tudo o que ela acarreta.
Gostei de ler o livro porque fiquei a conhecer melhor Klimt e a sua obra mas não posso afirmar que seja uma obra-prima. Recomendo.

Classificação - 4 (Bom).
Elizabeth Hickey brinda-nos com uma biografia romanceada de Gustav Klimt, a partir da qual podemos conhecer a vida (sobretudo amorosa) e a obra deste pintor.
Conjugando a pintura com a moda, o romance com a nostalgia, este é um livro rico em descrições não só das personagens mas também de paisagens e de emoções.
O livro não segue uma ordem cronológica, tornando-o ainda mais interessante e é contado na primeira pessoa.
Para além de Klimt, são mencionadas também outras personalidades artísticas como Hoffman, entre outros.
Este é um livro bem escrito e direccionado para quem se interessa por arte ou simplesmente para quem se interessa pela vida e tudo o que ela acarreta.
Gostei de ler o livro porque fiquei a conhecer melhor Klimt e a sua obra mas não posso afirmar que seja uma obra-prima. Recomendo.

Classificação - 4 (Bom).


Mais uma vez, a editorial Presença à semelhança com o que havia feito com "A Dama Negra da Ilha dos escravos" publica um livro de uma escritora que se estreia na literatura.
Elizabeth Hickey brinda-nos com uma biografia romanceada de Gustav Klimt, a partir da qual podemos conhecer a vida (sobretudo amorosa) e a obra deste pintor.
Conjugando a pintura com a moda, o romance com a nostalgia, este é um livro rico em descrições não só das personagens mas também de paisagens e de emoções.
O livro não segue uma ordem cronológica, tornando-o ainda mais interessante e é contado na primeira pessoa.
Para além de Klimt, são mencionadas também outras personalidades artísticas como Hoffman, entre outros.
Este é um livro bem escrito e direccionado para quem se interessa por arte ou simplesmente para quem se interessa pela vida e tudo o que ela acarreta.
Gostei de ler o livro porque fiquei a conhecer melhor Klimt e a sua obra mas não posso afirmar que seja uma obra-prima. Recomendo.

Classificação - 4 (Bom).
">
Ver Mais
// O Império dos Dragões Bem adoro este autor a maneira dele contar a história deixa-nos em suspenso até à última página.
Certas partes em que ficamos sem fôlego, mesmo a história não sendo verídica, mas baseada em acontecimentos reais da história da humanidade, sempre vamos aprendendo alguma coisa.
Realmente nunca pensei em gostar tanto do Antigo Império Romano.
Mas atenção só fala só de história no decorrer da acção há sempre tempo para o amor, o romance, no meio de todas as aventuras o protagonista tem sempre tempo para se apaixonar, e enquanto seguimos às suas peripécias ficamos também a par do seus sentimentos.
Uma história rica em todos os sentidos.

http://muito-para-ler.blogspot.com/
Ver Mais
// Um Outro Uma reflexão inflectida sobre o "eu mesmo", sempre conjugado numa primeira pessoa que apresenta bem patentes as cicatrizes não saradas de uma outra vida aprisionada num qualquer campo minado pela loucura humana, (re)nascida qual fénix pelo fumo do Holocausto, encarado como uma nova cultura para o velho continente.
Um relato sobre a incompreensão, motivada por uma " metamorfose de apocalipse", que fornece todas as condições para encetar uma vida de solidão, na qual a maior fuga possível será a aceitação do suicídio como acto de profunda dignidade.
Umas tréguas à vida balizada pela existência e pela consciência, onde "quem não mente já é original"; onde "não é possível entender o mundo, unicamente porque ele não é compreensível"; onde "a vida é aceite unicamente pelo facto de ser inverosímil"; onde apenas nos sentimos lúcidos como se não existíssemos; onde a marca persistente qual tatuagem é simultaneamente doença e doping para continuar... tudo isto porque a vida é vivida por outro que não o próprio mas sim um outro!Um relato sobre a incompreensão, motivada por uma " metamorfose de apocalipse", que fornece todas as condições para encetar uma vida de solidão, na qual a maior fuga possível será a aceitação do suicídio como acto de profunda dignidade.
Umas tréguas à vida balizada pela existência e pela consciência, onde "quem não mente já é original"; onde "não é possível entender o mundo, unicamente porque ele não é compreensível"; onde "a vida é aceite unicamente pelo facto de ser inverosímil"; onde apenas nos sentimos lúcidos como se não existíssemos; onde a marca persistente qual tatuagem é simultaneamente doença e doping para continuar... tudo isto porque a vida é vivida por outro que não o próprio mas sim um outro!

Uma reflexão inflectida sobre o "eu mesmo", sempre conjugado numa primeira pessoa que apresenta bem patentes as cicatrizes não saradas de uma outra vida aprisionada num qualquer campo minado pela loucura humana, (re)nascida qual fénix pelo fumo do Holocausto, encarado como uma nova cultura para o velho continente.
Um relato sobre a incompreensão, motivada por uma " metamorfose de apocalipse", que fornece todas as condições para encetar uma vida de solidão, na qual a maior fuga possível será a aceitação do suicídio como acto de profunda dignidade.
Umas tréguas à vida balizada pela existência e pela consciência, onde "quem não mente já é original"; onde "não é possível entender o mundo, unicamente porque ele não é compreensível"; onde "a vida é aceite unicamente pelo facto de ser inverosímil"; onde apenas nos sentimos lúcidos como se não existíssemos; onde a marca persistente qual tatuagem é simultaneamente doença e doping para continuar... tudo isto porque a vida é vivida por outro que não o próprio mas sim um outro!">
Ver Mais
// O Gosto Amargo da Traição Cativante é sem dúvida a palavra mais adequada para descrever a leitura que este livro nos oferece, prende-nos até ao fim. Ver Mais
// O Gosto Amargo da Traição É um livro que retrata a sociedade e o seu estilo de vida, luxos e aparências (não só na Holanda mas em todo o mundo). Lê-se bem, mas tem alturas que é um pouco parado. Não é dos meus preferidos. Ver Mais
// O Labirinto da Rosa http://muito-para-ler.blogspot.com/2010/09/o-labirinto-da-rosa.html Ver Mais
// 5*...recomendo!! Ver Mais
// Simplesmente fantastico... Ver Mais
// Acabei de o comprar há 10m. Assim que o ler comento. Ver Mais
// Parece-me um excelente livro.Dos proximos a ler, certamente. Ver Mais
// ADOREI este livro! Li-o em dois dias. Acabei o livro a suspirar.
Não é uma história lamechas, nada disso.
Adorei o humor do autor.
Ver Mais
// É uma historia cativante tanto pelo seu lado romantico, como pelo lado humorista.Gostava de ler outros livros do autor, mas pelo que ja pesquisei, só existe este traduzido. Ver Mais
// Amei e recomendo. Tem uma bela história :) Ver Mais
// Um livro que recomendo. Gostei muito da história e das personagens. Ver Mais
// A Música das Borboletas É uma história absolutamente apaixonante! Li-a num instante e dava comigo a desejar ter 2 minutos a mais no meu dia nem que fosse para ler mais uma página! É muito envolvente e cativante! Fabulosa!! Ver Mais
// A Música das Borboletas Adorei o livro. No inicio só o lia no autocarro, depois e à medida que a história se foi desenrolando, passei a ler durante a minha hora de almoço e antes de me deitar. Ver Mais
// Quénia A capa está lindíssima... irei por este livro definitivamente na minha lista para próximas aquisições!!! Ver Mais
// Quénia As duas personagens principais, duas mulheres que distam no tempo duas gerações, falam das suas experiências e do meio em que vivem ou viveram, com a emoção do presente ou a sabedoria de quem partiu.. Ver Mais
// Quénia Quando se é feliz não se sente o tempo passar...., o amor não tem idade....
leves de sopros de fundo que tocam a espinha dorsal duma estória magnifica e ritmada por viagens incessantes!!!
Ver Mais
// Quénia Um livro em português escorreito fluido e para todos entenderam. Mensagens subliminares, a importância das raizes, da cultura , do culto das memórias. Passado, presente e futuro.Mistério e o Quénia Ver Mais
// Quénia Gostei muito de ler "Quénia". É uma história muito bem contada, sobre as subtilezas, os encontros e desencontros que o destino nos prepara em resposta a opções ou até a gestos simples, por vezes bem pequenos, que tomamos sem consciência de que vão mudar em absoluto o rumo das nossas vidas. O eterno " o que teríamos sido se...."
Maria Helena Maia é muito perspicaz a construir personagens, muito reais, com óptimos diálogos, marcados pelas dores e pelas dúvidas que a idade traz.
Mas "Quénia" é também uma história impregnada de alegria e força de vida.
Sem dúvida que a autora leu muito sobre uma África que a todos fascina - antiga, quente, colonial, de ambientes requintados e de grande liberdade. O romance foi muito bem estruturado para prender o leitor, desvendando apenas o indispensável para que o mistério da frase premonitória com que o livro abre "Esta noite sonhei com Ponte Velha", tal como Rebecca de Daphne du Maurier, se mantenha até às últimas linhas. A ler absolutamente.Maria Helena Maia é muito perspicaz a construir personagens, muito reais, com óptimos diálogos, marcados pelas dores e pelas dúvidas que a idade traz.
Mas "Quénia" é também uma história impregnada de alegria e força de vida.
Sem dúvida que a autora leu muito sobre uma África que a todos fascina - antiga, quente, colonial, de ambientes requintados e de grande liberdade. O romance foi muito bem estruturado para prender o leitor, desvendando apenas o indispensável para que o mistério da frase premonitória com que o livro abre "Esta noite sonhei com Ponte Velha", tal como Rebecca de Daphne du Maurier, se mantenha até às últimas linhas. A ler absolutamente.

Gostei muito de ler "Quénia". É uma história muito bem contada, sobre as subtilezas, os encontros e desencontros que o destino nos prepara em resposta a opções ou até a gestos simples, por vezes bem pequenos, que tomamos sem consciência de que vão mudar em absoluto o rumo das nossas vidas. O eterno " o que teríamos sido se...."
Maria Helena Maia é muito perspicaz a construir personagens, muito reais, com óptimos diálogos, marcados pelas dores e pelas dúvidas que a idade traz.
Mas "Quénia" é também uma história impregnada de alegria e força de vida.
Sem dúvida que a autora leu muito sobre uma África que a todos fascina - antiga, quente, colonial, de ambientes requintados e de grande liberdade. O romance foi muito bem estruturado para prender o leitor, desvendando apenas o indispensável para que o mistério da frase premonitória com que o livro abre "Esta noite sonhei com Ponte Velha", tal como Rebecca de Daphne du Maurier, se mantenha até às últimas linhas. A ler absolutamente.">
Ver Mais
// O Violoncelo de Sarajevo Um livro que nos faz pensar.
Leia-o!
Ver Mais
// O Violoncelo de Sarajevo O Violoncelo de Sarajevo aborda o cerco de Sarajevo de 1992 sobre os pontos de vista de três personagens: Flecha, Kanan e Dragan, uma mulher e dois homens, sendo que o fio condutor entre estas é, para além, do modo como lidam com a guerra e a morte, a relação que têm com o violoncelista (história verídica - este chamava-se Vedran Smailovic´) e a música que este toca durante vinte e dois dias (na sequência da morte de 22 pessoas), sem temer em momento algum ficar ferido e/ou morrer. Há quem o proteja, há quem apenas se sinta influenciado pelo som e pelas sensações que a sua música desperta e será levado a agir de determinada forma.

Steven Galloway escreveu, na verdade, um livro dotado de grande sensibilidade, tendo como palco um momento delicado da história europeia recente, inserido no quadro da Guerra dos Balcãs na sequência da dissolução da Jugoslávia.

Tratando-se de um romance, em que o autor de origem canadiana não terá vivido na pele o cerco (o que não se nota), a obra não deixa de ser fiel à mensagem que quer passar e não é dificil no decorrer da leitura sentirmo-nos como se estivessemos no local, vulneráveis, sujeitos a ser baleados a qualquer instante e a perder a vida sem perceber muito bem porquê...!

*
"E é assim que tudo se passa. Os edificios são esventrados, queimados, extirpados, os eléctricos destruídos, as estradas e pontes rebentadas, e pode ver-se tudo isso, pode tocar-se e passar por isso tudo todos os dias. Mas quando as pessoas morrem os seus corpos são retirados do local, são levados para morgues e cemitérios, e, antes de serem embalsamados ou enterrados, o sítio onde foram mortas deixa de ser reconhecível como um lugar onde aconteceu alguma coisa foram do vulgar. É por isso que os homens nas colinas conseguem matar com impunidade. Se houvesse corpos nas ruas, a apodrecerem no local onde caíram, se a água destas torneiras não arrastasse para longe o sangue e a pele e os ossos, então talvez os homens nas colinas fossem obrigados a parar, talvez quisessem parar. (...)" (Galloway, 2009, p. 114)

http://outraformadeviajar.blogspot.pt/2016/05/o-violoncelo-de-sarajevo-de-steven.html
http://outraformadeviajar.blogspot.pt/2016/05/o-violoncelo-de-sarajevo-de-steven.html

O Violoncelo de Sarajevo aborda o cerco de Sarajevo de 1992 sobre os pontos de vista de três personagens: Flecha, Kanan e Dragan, uma mulher e dois homens, sendo que o fio condutor entre estas é, para além, do modo como lidam com a guerra e a morte, a relação que têm com o violoncelista (história verídica - este chamava-se Vedran Smailovic´) e a música que este toca durante vinte e dois dias (na sequência da morte de 22 pessoas), sem temer em momento algum ficar ferido e/ou morrer. Há quem o proteja, há quem apenas se sinta influenciado pelo som e pelas sensações que a sua música desperta e será levado a agir de determinada forma.

Steven Galloway escreveu, na verdade, um livro dotado de grande sensibilidade, tendo como palco um momento delicado da história europeia recente, inserido no quadro da Guerra dos Balcãs na sequência da dissolução da Jugoslávia.

Tratando-se de um romance, em que o autor de origem canadiana não terá vivido na pele o cerco (o que não se nota), a obra não deixa de ser fiel à mensagem que quer passar e não é dificil no decorrer da leitura sentirmo-nos como se estivessemos no local, vulneráveis, sujeitos a ser baleados a qualquer instante e a perder a vida sem perceber muito bem porquê...!

*
"E é assim que tudo se passa. Os edificios são esventrados, queimados, extirpados, os eléctricos destruídos, as estradas e pontes rebentadas, e pode ver-se tudo isso, pode tocar-se e passar por isso tudo todos os dias. Mas quando as pessoas morrem os seus corpos são retirados do local, são levados para morgues e cemitérios, e, antes de serem embalsamados ou enterrados, o sítio onde foram mortas deixa de ser reconhecível como um lugar onde aconteceu alguma coisa foram do vulgar. É por isso que os homens nas colinas conseguem matar com impunidade. Se houvesse corpos nas ruas, a apodrecerem no local onde caíram, se a água destas torneiras não arrastasse para longe o sangue e a pele e os ossos, então talvez os homens nas colinas fossem obrigados a parar, talvez quisessem parar. (...)" (Galloway, 2009, p. 114)

http://outraformadeviajar.blogspot.pt/2016/05/o-violoncelo-de-sarajevo-de-steven.html">
Ver Mais
// A Prisão do Silêncio Após ter lido o primeiro livro da Torey fiquei uma super fã, já comprei este livro e agora estou empenhadissima a le-lo, espero que seja tão bom como todos os outros. Ver Mais
// A Prisão do Silêncio Li o primeiro livro e desde aí que fiquei fã desta autora. Espero que este livro seja tão bom como todos os outros. Ansiosa por ler este novo livro. Ver Mais
// A Prisão do Silêncio mais um magnifico presente que a torey nos da,como todos os outros e fantastico,queria parar e nao conseguia devorei o livro.por favor torey nao demores muito a nos presentiar com outro*__* Ver Mais
// A Prisão do Silêncio E não estava engana, ainda existem crianças presas a um mundo só delas, não deixando ninguém ajudá-las. Mas Torey, mais uma vez consegui! Ver Mais
// A Prisão do Silêncio Foi o único livro que me conseguiu pôr a chorar! É inacreditável. Apaixonei-me por esta história, que por ser tão forte e comovente, leva o leitor a pensar e sentir que também pertence ao enredo, que está dentro do livro.
Aconselho sem dúvida !
Ver Mais
// É uma leitura que nos faz pensar no valor da vida, naquilo que amamos e até que ponto conseguimos pôr em causa tudo isso por uma busca interior ou por uma explicação que não existe... Ver Mais
// Joana, a Louca já tinha lido vários sobre Joana filha de Isabel e Fernando de Espanha, mas este foi arrasador Ver Mais
// A Vida na Porta do Frigorífico http://florestadelivros.blogspot.com/2010/04/vida-na-porta-do-frigorifico.html Ver Mais
// A Vida na Porta do Frigorífico Adorei!
Um livro pequeno mas grande no seu conteúdo que está cheio de emoção.
Ver Mais
// A Vida na Porta do Frigorífico Um livro que nos mostra que devemos aproveitar algum do nosso tempo, "sempre" tão ocupado e stressado, com quem gostamos, pois um dia poderá ser tarde demais.
Um livro simples e curto mas com uma mensagem profunda.Um livro simples e curto mas com uma mensagem profunda.

Um livro que nos mostra que devemos aproveitar algum do nosso tempo, "sempre" tão ocupado e stressado, com quem gostamos, pois um dia poderá ser tarde demais.
Um livro simples e curto mas com uma mensagem profunda.">
Ver Mais
// É um livro muito bonito que nos faz pensar no verdadeiro significado da vida e do amor e a intensidade com que os vivemos. Ver Mais
// em apenas 4 dias devorei-o, sem dó nem pudor. A sua complexidade torna-o maravilhoso e fantástico. Tornou-se o meu preferido, a partir do momento em que o comecei a ler. Apenas uma palavra: unico. Ver Mais
// Simplesmente emocionante!Passei 2 páginas á frente porque tinha os olhos cobertos de lágrimas. Acabamos por imaginar a historia e realiza-la na nossa mente.Parabens estou rendida mais uma vez Ver Mais
// Livro muito tocante quanto ao amor entre pais e filhos e como algumas decisoes, apesar de dificieis de tomar, sao as mais sensatas.
Chorei no fim pela forma bonita mas realista de narrar. Recomendo.
Ver Mais
// Já li todos os livros deste autor e este passou a ser, sem sombra de dúvidas, o meu favorito.Mal começamos a ler ficamos agarrados a história de uma tal maneira que n consegui deixar de ler até ao fim Ver Mais
// Eu estou a lê-lo. Só tenho pena de não ter muito tempo senão devorava-o.
Parece que Nicholas Sparks se superou neste.
Ver Mais
// ainda nao o acabei, mas este livro, como muitos outros deste magnifico autor, centra se em emotividade, adoro todos os livros do nicholas Ver Mais
// Absolutamente fantástico!!! Muito, muito bom. Leiam, vale a pena!!! (Como todos os outros do portefolio deste magnifico autor.)
Ver Mais
// Foi com grande expectativa que comecei a ler este livro, e confesso que não me desiludi, pois é tudo aquilo a que Nicholas Sparks já nos habituou.
Uma história cativante, muito linda, emocionante e emotiva, que nos deixa a pensar que às vezes damos importância a certas coisas e depois quando acontece algo grave já não parecem assim tão importantes.

Ver Também no seguinte blog: muito-para-ler.blospot.com
Ver Mais
// Li e .... ADOREI, como sempre. Recomendo!!!! Ver Mais
// Ola !
Queria oferecer este livro a uma amiga e gostaria de saber se existem cenas mais instimas
Obrigada
Ver Mais
// Adorei a escrita simples e cativante deste fabuloso autor. A história é fantástica; um misto de reflexões e sentimentos que me encantaram desde a primeira página. Aconselho a sua leitura vivamente. Ver Mais
// um livro LINDO, LINDO, LINDO. Depois de lermos a 1a página, só vamos conseguir parar quando estiver terminado. Preparem-se para chorar! Nicholas Spaks é sem dúvida o melhor autor de romances do MUNDO! Ver Mais
// Um livro simplesmente unico com uma historia impressionante e que marca bastante...foi mais um que eu amei e devorei quando comecei a ler... Ver Mais
// Eu confesso que adoro todos os livros do Nicholas...Este particularmente devorei... e penso que é um livro que nos traz muitos ensinamentos para a nossa vida...há que aproveitar cada momento... Ver Mais
// Foi o livro mais emocionante que eu já li até hoje!!!!!! Ainda encontro-me extasiada. Pois acabei por chorar e muito durante o livro. Este livro é um espetáculo!!!!! Ver Mais
// Os livros do NS fazem-me sempre chorar.
Um livro que nos faz pensar que o amor pela família deverá sempre estar acima de tudo, temos que esquecer as pequenas zangas, porque qualquer dia poderá ser tarde demais.
Adorei a personagem do Noah, faz-me sempre sorrir.
Ver Mais
// De todos os que já li de Nicholas Spark este foi sem dúvida o que mais me emocionou. É um livro que faz pensar sobre a vida, retrata o maior dos amores, entre pai e filha. Ver Mais
// Tenho já uma lista imensa de livros que adoro, muitos dos quais são de Nicholas Sparks, porém, penso que não há nem haverá nenhum outro que me emocione tanto quanto este. É absolutamente maravilhoso, tragicamente memorável. Quem o vai ler deve saber que chorar é inevitável!
É um livro que marca efectivamente a vida de um leitor, no final deixa aquela sensação de nostalgia e satisfação tão característica dos bons livros. Aqui as relações de amor e amizade são acessórias à história, a verdadeira beleza do livro provém da relação familiar que se constrói entre Ronnie, Jonah e Steve..
É, sem dúvida, um livro inesquecível e emocionante, onde se aprende a dar real valor à vida e à família.
Nota 20.
Ver Mais
// O Santuário Perdido Um livro envolvente e de leitura agradável. As pausas realizadas pelo autor, para voltar ao passado e contar a história que conduziu às personagens da atualidade que são uma surpresa ao longo do enredo, despertam mais o interesse e a vontade de saber o que acontecerá a seguir. É interessante ver como nas diferentes gerações, a busca pela juventude é um objetivo comum. Ver Mais
// Muito bom, Um pequeno excerto muito bonito:" Quando ele morrer, leva-o e corta-o em pequenas estrelas, e ele tornará tão lindo o rosto do céu que toda a gente se apaixonará pela noite....

Muito bom, Um pequeno excerto muito bonito:" Quando ele morrer, leva-o e corta-o em pequenas estrelas, e ele tornará tão lindo o rosto do céu que toda a gente se apaixonará pela noite....">
Ver Mais
// Lavínia Estou desejosa de o lêr... Ver Mais
// Lavínia Houve alturas em que quase a vi, sentada à minha frente, a falar comigo, a falar-me dela. Nas suas palavras, "o meu poeta Vírgilo, só me deu nome eu tive de preencher o resto com o meu ser"...

Houve alturas em que quase a vi, sentada à minha frente, a falar comigo, a falar-me dela. Nas suas palavras, "o meu poeta Vírgilo, só me deu nome eu tive de preencher o resto com o meu ser"...">
Ver Mais
// Um Piano em Sesimbra Estou um pouco curioso em lê-lo, a começar pelo título que é muito interessante visto ser a vila onde moro. Ver Mais
// Um Piano em Sesimbra Para além do título sugerir que o livro seja interessante, depois de ler a sinopse fiquei mais curiosa, porque gostava de conhecer a perspectiva do autor em relação a Portugal. Ver Mais
// Um Piano em Sesimbra Sesimbra não é uma cidade de Lisboa, mas uma vila concelho do distrito de Setúbal. Ver Mais
// Um Piano em Sesimbra É um pequeno livro escrito de forma agradável, que contém pequenos contos que nos fazem pensar em coisas do quotidiano e, em certa medida, imaginar o que haveria para lá do que está escrito em cada conto.
Relativamente ao nome do livro, enquanto Sesimbrense, acho que poderia ter outro título pois, a história que lhe nome é de todas a mais pobre.
Ver Mais
// Barbershop Já o comecei a ler e adivinha-se bom. Parabéns, antecipados, pela obra. Ver Mais
// Entre os Assassinatos Dizem vocês "múltiplos narradores diferentes"! Se são múltiplos são obrigatoriamente diferentes, certo?
Quanto ao livro: ainda não li, mas vou querer ler porque gostei bastante do "O Tigre branco"Quanto ao livro: ainda não li, mas vou querer ler porque gostei bastante do "O Tigre branco"

Dizem vocês "múltiplos narradores diferentes"! Se são múltiplos são obrigatoriamente diferentes, certo?
Quanto ao livro: ainda não li, mas vou querer ler porque gostei bastante do "O Tigre branco"">
Ver Mais
// A Luz de um Novo Dia Não comento o livro,mas vou comprar ainda hoje!Li tds os livros da Torey(tds assinados por ela!)e adorei!interessa-me este assunto,pois a mha filha de 7anos sofre de MUTISMO SELECTIVO.obg Torey e E.P. Ver Mais
// A Luz de um Novo Dia a cada dia que passa fico mais e mais apaixonada pelas historias da grande escritora Torey Hayden.
gostaria de conhecer pessoalmente.
cristina prata
Ver Mais
// A Luz de um Novo Dia Vale sempre a pena ler mais um livro de Torey Hayden, tive o prazer de a conhecer o ano passado na Feira do Livro de Lisboa e tenho todos os livros dela assinados :) , vou comprar mais este para ler. Ver Mais
// A Luz de um Novo Dia Mais um livro desta grande autora, gosto bastante dela e estou muito curiosa por ler esta obra que de certeza me vai surpreender. Vou comprar sem dúvida. Ver Mais
// A Luz de um Novo Dia Quando falei com a Torey na feira do livro do ano passado, comentei o quanto estava ansiosa para ler o que vinha a seguir! Depois dos seis, mais dois que valeram a pena! Amei todos! Parabéns
mjcoias
Ver Mais
// A Luz de um Novo Dia Comecei agora a ler este livro e acho que me vai ensinar muitas coisas, este pequena menina parece viver num mundo à parte, onde só há violência. Ver Mais
// A Luz de um Novo Dia Uma história comovente e sensíveis, como todas as histórias narradas por Torey Hayden.
Aqui conhecemos a pequena Venus, uma menina que não fala nem reage a qualquer estimulo. Quando se sente ameaçada é perigosa para as outras crianças que a rodeiam e para ela mesma.
Vamos acompanhar a luta de Torey no despertar de Venus. Nunca desiste desta menina mesmo quando a sua evolução é pouco visível.
Uma história de luta, perseverança e esperança.
Ver Mais
// A Luz de um Novo Dia Foi o primeiro livro que li da autora e fiquei completamente rendida! Adorei cada criança, os desafios que Torey que enfrentou e como conseguiu ultrapassá-los bem como a perseverança e a esperança depositada na Venus. Todas as crianças com necessidades especiais deviam ter esta atenção e cuidado por parte dos profissionais. Ver Mais
// Dramático e divertido ao mesmo tempo. Um dos livros mais interessante que li nos últimos tempos. Ver Mais
// Observações O que mais me intrigou nesta obra foram as intrigantes exigências que Arabella faz à Bessi, que ela descreve num diário. Lotado de tarefas e pensamentos secretos
Escrever num diário nossos devaneios sigilosos é muito cativante!!! Lê-lo mais ainda! Como leitor aficcionado por romances psicológicos amo tentar entender os comportamentos alheios adorei o livro. Escrever sobre si é tarefa árdua, mas a leitura é prazeiroza, e é isso que interessa!!!!!!!!!!!!
Ver Mais
// Observações Comecei a ler este livro um pouco de pé atrás, pois as criticas não eram todas favoráveis, mas devo dizer que foram umas belas horas de leitura.
O livro está relatado na primeira pessoa que é a Bessy. Adorei-a logo de início, porque escreve como fala e é tão cómica que me fartei de rir. Ela é criada de Arabella, uma senhora que é mulher de um sovina com aspirações a politico na época vitoriana.
Ao longo do livro, Bessy vai relatando a sua relação com a patroa, muito misteriosa, sobretudo em relação à morte da sua anterior criada, ao mesmo tempo que vai desvendando o seu passado cruel.
Escrito com simplicidade e que nos transmite um misto de sentimentos.
Recomendo!
Ver Mais
// Observações O livro marca pela espontaneidade da personagem principal, a Bessy. Dei por mim a rir, sem estar à espera. Contudo, tem passagens difíceis de ler, chegando a ser maçador. Ver Mais
// Observações Este livro foi escrito com bastante simplicidade o que o torna tão verdadeiro. É uma leitura agradável e intrigante pois só no final do livro se descobre o terrível segredo. É um livro bastante interessante. Ver Mais
// As Virgens de Vivaldi Adorei este livro! Transporta-nos para uma época antiga e a sua descrição consegue-nos fazer visualizar essa época e é de uma sensibilidade que nos prende ao livro e nos dá vontade de ler mais e mais. E o facto de ser baseado numa história verídica, torna tudo mais emocionante. É uma história muito bonita sobre o amor maternal e fraternal. E confesso que assim que terminei o livro fui pesquisar e ouvir as músicas de Vivaldi. Gostei muito. Recomendo vivamente. Ver Mais
// As Virgens de Vivaldi "As Virgens de Vivaldi" conta-nos a história de Anna Maria, uma das muitas jovens entregues no Ospedalle della Pietà(espécie de convento, orfanato e escola musical) em Veneza e aluna preferida do compositor Antonio Vivaldi.
Talentosa na arte de tocar violino, Anna Maria teve uma vida que se cruza (pelo menos na história) com a de Vivaldi e com um dos aspectos conturbados da sua vida pessoal, presenteando-nos enquanto narradora com descrições fascinantes das gôndolas, das máscaras e das artimanhas usadas para escapar do Ospedalle ainda que por alguns minutos.
Convém também referir que a descoberta das origens familiares de Anna Maria é, para mim, um dos pontos altos da obra!
https://www.goodreads.com/review/show/1270680948Talentosa na arte de tocar violino, Anna Maria teve uma vida que se cruza (pelo menos na história) com a de Vivaldi e com um dos aspectos conturbados da sua vida pessoal, presenteando-nos enquanto narradora com descrições fascinantes das gôndolas, das máscaras e das artimanhas usadas para escapar do Ospedalle ainda que por alguns minutos.
Convém também referir que a descoberta das origens familiares de Anna Maria é, para mim, um dos pontos altos da obra!
https://www.goodreads.com/review/show/1270680948

"As Virgens de Vivaldi" conta-nos a história de Anna Maria, uma das muitas jovens entregues no Ospedalle della Pietà(espécie de convento, orfanato e escola musical) em Veneza e aluna preferida do compositor Antonio Vivaldi.
Talentosa na arte de tocar violino, Anna Maria teve uma vida que se cruza (pelo menos na história) com a de Vivaldi e com um dos aspectos conturbados da sua vida pessoal, presenteando-nos enquanto narradora com descrições fascinantes das gôndolas, das máscaras e das artimanhas usadas para escapar do Ospedalle ainda que por alguns minutos.
Convém também referir que a descoberta das origens familiares de Anna Maria é, para mim, um dos pontos altos da obra!
https://www.goodreads.com/review/show/1270680948">
Ver Mais
// O Museu da Inocência Este livro é uma obra-prima.
Recomendo vivamente que o leiam.

A minha opinião em:
http://conspiracaodasletras.blogspot.com/2010/12/o-munseu-da-inocencia-orhan-pamuk.html
Ver Mais
// Um Instante de Amor Confesso que não gostei nada deste livro. Desde o livro ser praticamente todo texto corrido, sem qualquer tipo de diálogo, não achei a história nada bonita. Custou-me um bocadinho a ler. Ver Mais
// Beatriz e Virgílio Primeiro estranha-se e depois entranha-se...penso que esta é expressão que melhor descreve este livro. O enredo é completamente diferente do livro "A vida de Pi" do mesmo autor, mas o estilo de escrita é o mesmo. Gostei especialmente dos Jogos para Gustavo, essa parte é particularmente conflituosa.

Primeiro estranha-se e depois entranha-se...penso que esta é expressão que melhor descreve este livro. O enredo é completamente diferente do livro "A vida de Pi" do mesmo autor, mas o estilo de escrita é o mesmo. Gostei especialmente dos Jogos para Gustavo, essa parte é particularmente conflituosa.">
Ver Mais
// Quando Menos Esperamos... Quando comprei este livro procurava apenas uma coisa bem leve para este Verão. Uma coisa light, mesmo. Enganei-me. Comprei uma obra que me surpreendeu. Talvez a maior surpresa literária do ano. Ver Mais
// Este é um romance histórico bastante rico nas descrições, ambientes e comida. Houve uns momentos que me cativaram mais que outros, mas, no geral, foi um livro que me deliciou e me fez dar umas boas gargalhadas. Ver Mais
// Às Minhas Filhas http://muito-para-ler.blogspot.com/2011/06/as-minhas-filhas.html Ver Mais
// Às Minhas Filhas Muito comovente... Ver Mais
// A Casa dos Sete Pecados Não conhecia a escrita da autora, mas é uma escrita que nos envolve e que nos permite imaginar as intrigas e os dilemas existentes na corte madrilena do século XVI. Interessante a forma como se demonstra que Reis e Rainhas são seres humanos, com sentimentos e desejos, como qualquer outro mortal. Ver Mais
// A Casa dos Sete Pecados Arrabatador !! Conseguimos sentir o desejo, a culpa e a omnipotência com que o rei toma as decisões. Já li muitos romances históricos, mas para se ler este nem é preciso ser fã de bons romances históricos ! Ver Mais
// Ódio Um livro completamente arrepiante e envolvente, uma história que me manteve presa da primeira à última página, na expectativa dos acontecimentos seguintes. Ver Mais
// Ódio Adorei o livro, quanto mais lia mais queria ler! Fiquei desejosa de saber o resto da história e apesar de não ser bem o que estava à espera surpreendeu-me na mesma! Espero pelos outros 2! Ver Mais
// A Queda dos Gigantes Através dos seus personagens fortes e extremamente reais, Ken Follett consegue transportar-nos ao início do século XX, fazendo-nos sentir que assistiu realmente aos acontecimentos e que apenas se limita a contar-nos aquilo que viu.

É um romance sobre a guerra e sobre um período negro da História, não o nego mas, para mim, é acima de tudo um romance sobre as pessoas e a sua luta diária pelos seus ideais e por uma vida melhor para si próprios e para os seus. Estou completamente rendida aos talentos do autor.

Opinião completa em:
http://sombradoslivros.blogspot.pt/2010/11/queda-dos-gigantes.html
Ver Mais
// A Queda dos Gigantes Pessoalmente adoro romances históricos principalmente os que retratam o mundo quer durante a primeira guerra mundial quer durante a segunda. Este livro é sensacional, agarra-nos desde o princípio até ao fim! Apesar de ser um livro longo, quando chegamos ao fim queremos ler mais achando o livro pequeno! Isto deve-se ao facto de o enredo ser bem conseguido pois a maneira como as personagem interagem entre si e a forma como são contados os factos históricos durante o romance faz com que o livro seja viciante. Este autor é sem dúvida um dos melhores da atualidade. Recomendo vivamente a leitura deste livro bem como de "O Inverno do Mundo".

Pessoalmente adoro romances históricos principalmente os que retratam o mundo quer durante a primeira guerra mundial quer durante a segunda. Este livro é sensacional, agarra-nos desde o princípio até ao fim! Apesar de ser um livro longo, quando chegamos ao fim queremos ler mais achando o livro pequeno! Isto deve-se ao facto de o enredo ser bem conseguido pois a maneira como as personagem interagem entre si e a forma como são contados os factos históricos durante o romance faz com que o livro seja viciante. Este autor é sem dúvida um dos melhores da atualidade. Recomendo vivamente a leitura deste livro bem como de "O Inverno do Mundo".">
Ver Mais
// A Queda dos Gigantes Essa ruptura de stock deve de ter acontecido há muito tempo, o meu ja tem quase um mes e não estava autografado, não enganem mais pessoas se faz favor.
Mas, bom livro até agora.
Ver Mais
// A Queda dos Gigantes Com uma narrativa incrível, quer a nível do enredo e cruzamento de personagens de diferentes nacionalidades, desiludiu-me um pouco no final, em que há um salto de três anos e parece que o destino de alguns personagens chave foi contado à pressa. Claro que é apenas o primeiro livro de uma trilogia, mas, depois de todas as emoções da I Guerra Mundial, estava à espera de outro desfecho. Acho que foi o que lhe fez "perder" as 5 estrelas...

Opinião completa em:
http://lotsofbooksandotherthings.blogspot.pt/2013/08/a-queda-dos-gigantes.html
Opinião completa em:
http://lotsofbooksandotherthings.blogspot.pt/2013/08/a-queda-dos-gigantes.html

Com uma narrativa incrível, quer a nível do enredo e cruzamento de personagens de diferentes nacionalidades, desiludiu-me um pouco no final, em que há um salto de três anos e parece que o destino de alguns personagens chave foi contado à pressa. Claro que é apenas o primeiro livro de uma trilogia, mas, depois de todas as emoções da I Guerra Mundial, estava à espera de outro desfecho. Acho que foi o que lhe fez "perder" as 5 estrelas...

Opinião completa em:
http://lotsofbooksandotherthings.blogspot.pt/2013/08/a-queda-dos-gigantes.html">
Ver Mais
// A Queda dos Gigantes Que livro sensacional!
A discrição das personagens, dos lugares, da história da Europa, a forma como o autor faz a ligação de tudo é simplesmente fantástica.
O livro é muito grande... mas não me importava que tivesse mais alguns capítulos! Recomendo.
Venha o segundo livro!
Ver Mais
// Num Breve Fechar de Olhos Mesmo na recta final da leitura... Estou a adorar este livro. Ver Mais
// Num Breve Fechar de Olhos Magnífico! A história é maravilhosa, as personagens marcantes, e enredo é fantástico e a leitura absolutamente viciante. Um dos melhores livros que já li. Recomendo, sem qualquer dúvida.
Nota 20.
Ver Mais
// Mais um livro delicioso, romance e thriller psicológico. Incapaz de largar enquanto não se acabar de ler. Ver Mais
// é verdade ,leio todos os livros que encontre deste grande ,grande autor
e este livro foi mais uma prova disso ...amei
Ver Mais
// Estou a ler e estou adorar... Este escritor tem livros impecáveis... Todos os que li são deliciosos..
Ver Mais
// Simplesmente lindo Ver Mais
// amei o livro e o filme Ver Mais
// Adorei... Uma história tão bonita de amor e de o encontrar novamente.
Gostei da força de Katie para se ver livre da situação familiar em que vivia. Nem todas as mulheres o conseguem fazer.
Recomendo!!!
Ver Mais
// ...por vezes o amor é capaz de alcançar o impossível.
Adorei o final, muito bonito, surpreendente e com muita ternura.
Este romance mostra-nos que existe sempre uma nova oportunidade de começar uma nova vida.

Amei!!!
Ver Mais
// Mais um maravilhoso romance de Nicholas Sparks! Todo o livro é soberbo, fantástico e delicioso. O final então é absolutamente incrível, de arrepiar. Adorei.
Nota 20.
Ver Mais
// Sem Tempo para Dizer Adeus A história é bonita, comovente e interessante. No entanto o livro, na primeira metade, é demasiado dependente de "profundo como o mar", demasiado confuso, enfadonho e alguns diálogos parecem nem fazer muito sentido. A última parte é um pouco mais entusiasmante, mas nunca prende a nossa atenção, não cativa nem emociona tanto quanto seria suposto de uma narrativa com um tema deste género.

A história é bonita, comovente e interessante. No entanto o livro, na primeira metade, é demasiado dependente de "profundo como o mar", demasiado confuso, enfadonho e alguns diálogos parecem nem fazer muito sentido. A última parte é um pouco mais entusiasmante, mas nunca prende a nossa atenção, não cativa nem emociona tanto quanto seria suposto de uma narrativa com um tema deste género. ">
Ver Mais
// http://muito-para-ler.blogspot.com/2011/05/o-decimo-dom.html Ver Mais
// Adorei!
Um verdadeiro Best Seller escondido por uma capa que não traduz o tesouro que está lá dentro!
A CAT é uma mulher de fibra com um coração que sabe o que quer e a Júlia soube ser digna do seu segredo.
Não conhecia a autora, mas desta qualidade, venham mais!
Ver Mais
// Destroços Uma mistura de mistério e aventura. Adorei! Excelente combinação. Mal posso esperar para o ler e para viver a aventura que não tenho a oportunidade de viver ^^ Ver Mais
// A Vida de Pi Li este livro há anos, em Inglês. É um livro delicioso e que nos põe a pensar. Um livro que se deve!!! Ainda bem que finalmente chegou à Presença. Ver Mais
// A Vida de Pi Uma vez que está prestes a estrear o filme, decidi de uma vez por todas ler "A Vida de Pi" e fiquei totalmente arrebatada! É um livro realmente fabuloso, (que devorei em 3 dias, e não menos porque não tive tempo!) que nos preenche e absorve totalmente durante a sua leitura. Só tenho pena de ter esperado tanto tempo para o ler...
A quem ainda não leu, aconselho vivamente! É um daqueles livros que fica para a vida!
Obrigada Editorial Presença por tão excelente publicação! Fiquei muito curiosa para ler "Beatriz e Virgílio" do qual também tenho lido excelentes críticas.A quem ainda não leu, aconselho vivamente! É um daqueles livros que fica para a vida!
Obrigada Editorial Presença por tão excelente publicação! Fiquei muito curiosa para ler "Beatriz e Virgílio" do qual também tenho lido excelentes críticas.

Uma vez que está prestes a estrear o filme, decidi de uma vez por todas ler "A Vida de Pi" e fiquei totalmente arrebatada! É um livro realmente fabuloso, (que devorei em 3 dias, e não menos porque não tive tempo!) que nos preenche e absorve totalmente durante a sua leitura. Só tenho pena de ter esperado tanto tempo para o ler...
A quem ainda não leu, aconselho vivamente! É um daqueles livros que fica para a vida!
Obrigada Editorial Presença por tão excelente publicação! Fiquei muito curiosa para ler "Beatriz e Virgílio" do qual também tenho lido excelentes críticas.">
Ver Mais
// A Vida de Pi Fantástico, alucinante , brutal, não há melhores palavras para descrever um dos meus livros favoritos. Ver Mais
// A Vida de Pi Uma obra maravilhosa, rica, forte e muito interessante.
Fiquei maravilhada com o livro e com o filme também.
Um bom livro para se recomendar!
Ver Mais
// As Pirâmides de Napoleão É um livro muito bom, cativante, é realmente uma leitura muito compulsiva que não se consegue parar de ler. Recomendo vivamente. Ver Mais
// As Pirâmides de Napoleão Fantástico..fascinante...faltam mais 3...muito provavelmente 4....quando é que sai "A Chave de Roseta"?

Fantástico..fascinante...faltam mais 3...muito provavelmente 4....quando é que sai "A Chave de Roseta"?">
Ver Mais
// Bombaim Um livro imperdível: além do retrato duma sociedade com uma cultura tão diametralmente oposta à nossa (ocidental), a magia das palavras da escritora é arrebatadora: lê-se quase conpulsivamente Ver Mais
// Bombaim Um livro que mexe com o nosso sentido de justiça. Será que a nossa realidade é assim tão diferente desta? Talvez tenha só um disfarce melhor... Gostei muito deste livro. Ver Mais
// A Contadora de Filmes Um livro real que sem dúvida que recomendo, uma história que através da sua simplicidade nos mostra um outro mundo que não esperávamos conhecer e uma vida real em que cada momento de felicidade conta. Ver Mais
// Uma Inquietante Simetria Tal como em "A mulher do Viajante do tempo", este livro está impecavelmente escrito e a história é interessante embora não tão cativante. A tradução podia ser melhor:" fazivel" existe mesmo em PT?

Tal como em "A mulher do Viajante do tempo", este livro está impecavelmente escrito e a história é interessante embora não tão cativante. A tradução podia ser melhor:" fazivel" existe mesmo em PT?">
Ver Mais
// Uma Inquietante Simetria http://www.ciberduvidas.pt/pergunta.php?id=5134 Ver Mais
// Água, Pedra, Coração mais um fantástico livro de romance! ainda bem que já o traduziram para português! muito obrigado
Ver Mais
// Água, Pedra, Coração Simplesmente, impossível parar de ler! Um romance com drama, ternura e sorrisos! A violência do abuso de menores e da Natureza, versus, a violência do Amor, do companheirismo e da ternura. Fantástico Ver Mais
// Água, Pedra, Coração Simplesmente fantástico! Um romance lindo, onde o autor leva tudo ao pormenor.
Muito bom!
Ver Mais
// Água, Pedra, Coração Muito bonito, cheio de detalhes e as personagens prendem-nos com uma simplicidade que quase nos sentimos intevenientes na trama Ver Mais
// Água, Pedra, Coração Uma bela historia de uma amizade que vai alem da idade... um amor construido e que cresce com as diferenças de um com o outro...apaixonante!!! Não parei de ler! Recomendo a todos... Ver Mais
// Água, Pedra, Coração Uma história fantástica cheia de amor, inocência e esperança! Gostei muito. Ver Mais
// Vozes Silenciosas Um livro que nos levará a encarar e a ponderar sobre o isolamento, a incompreensão, os erros assim como a própria criatividade, de uma forma diferente.

Ver Mais
// Os Idealistas Muito interessante. São quase 400 páginas que se leêm num instante Ver Mais
// Os Idealistas Durante 3 dias fiquei absorvida na leitura de "Os Idealistas" de Zoë Heller, pois agarra-nos logo nas 1ªas páginas.
É um romance frontal, irónico, que nos conta um drama familiar mas sem ser melodramático,deprimente, ou sentimental.
Sendo de um realismo fora do comum chega a chocar pois as personagens são muito fortes, marcantes, muito reais.
Gostei muito da escrita da autora, conseguiu surpreender-me, pelo facto de ser tão directa, fiquei com uma vontade enorme de ler o outro livro de Zoë Heller "Diário de Um Escândalo".É um romance frontal, irónico, que nos conta um drama familiar mas sem ser melodramático,deprimente, ou sentimental.
Sendo de um realismo fora do comum chega a chocar pois as personagens são muito fortes, marcantes, muito reais.
Gostei muito da escrita da autora, conseguiu surpreender-me, pelo facto de ser tão directa, fiquei com uma vontade enorme de ler o outro livro de Zoë Heller "Diário de Um Escândalo".

Durante 3 dias fiquei absorvida na leitura de "Os Idealistas" de Zoë Heller, pois agarra-nos logo nas 1ªas páginas.
É um romance frontal, irónico, que nos conta um drama familiar mas sem ser melodramático,deprimente, ou sentimental.
Sendo de um realismo fora do comum chega a chocar pois as personagens são muito fortes, marcantes, muito reais.
Gostei muito da escrita da autora, conseguiu surpreender-me, pelo facto de ser tão directa, fiquei com uma vontade enorme de ler o outro livro de Zoë Heller "Diário de Um Escândalo".">
Ver Mais
// Os Idealistas Durante 3 dias fiquei absorvida na leitura de "Os Idealistas" de Zoë Heller, pois agarra-nos logo nas 1ªas páginas.
É um romance frontal, irónico, que nos conta um drama familiar mas sem ser melodramático,deprimente, ou sentimental.
Sendo de um realismo fora do comum chega a chocar pois as personagens são muito fortes, marcantes, muito reais.
Gostei muito da escrita da autora, conseguiu surpreender-me, pelo facto de ser tão directa, fiquei com uma vontade enorme de ler o outro livro de Zoë Heller "Diário de Um Escândalo".
Odete SilvaÉ um romance frontal, irónico, que nos conta um drama familiar mas sem ser melodramático,deprimente, ou sentimental.
Sendo de um realismo fora do comum chega a chocar pois as personagens são muito fortes, marcantes, muito reais.
Gostei muito da escrita da autora, conseguiu surpreender-me, pelo facto de ser tão directa, fiquei com uma vontade enorme de ler o outro livro de Zoë Heller "Diário de Um Escândalo".
Odete Silva

Durante 3 dias fiquei absorvida na leitura de "Os Idealistas" de Zoë Heller, pois agarra-nos logo nas 1ªas páginas.
É um romance frontal, irónico, que nos conta um drama familiar mas sem ser melodramático,deprimente, ou sentimental.
Sendo de um realismo fora do comum chega a chocar pois as personagens são muito fortes, marcantes, muito reais.
Gostei muito da escrita da autora, conseguiu surpreender-me, pelo facto de ser tão directa, fiquei com uma vontade enorme de ler o outro livro de Zoë Heller "Diário de Um Escândalo".
Odete Silva">
Ver Mais
// Tropa de Elite 2 A melhor sequela de sempre!!! Ver Mais
// Julia Felix
Simplesmente adorei este livro, sou docente de História já faz algum tempo que eu não lia algo tão bem escrito e com tanta qualidade, fazem falta mais autores portugueses neste campo, magnifico!
Ver Mais
// Julia Felix O livro é interessante todavia apresenta aparentemente algumas falhas contextuais que não são de despiciendas, p.ex. "copos" ou "canetas" quando creio não estarem disponíveis na vida romana à época

O livro é interessante todavia apresenta aparentemente algumas falhas contextuais que não são de despiciendas, p.ex. "copos" ou "canetas" quando creio não estarem disponíveis na vida romana à época">
Ver Mais
// Julia Felix Adorei este livro!Podem ver a minha opinião no meu blogue http://booksandliving.blogspot.com/2011/09/julia-felix-frescos-de-pompeia-by-livia.html Ver Mais
// C CONTÉM SPOILERS]
Tom MacCarthy elege Serge Carrefax para personagem central deste seu livro "C" e tudo gira sua volta. Logo no inIcio do livro deparamo-nos com o nascimento de Serge, um parto realizado pelo Dr. Learmont, uma escrita que nos cativa logo à partida. Serge filho de Simon uma personagem muito peculiar, seu pai um inventor, um cientista e tambem um professor que dirige uma escola para surdos numa provincia em Inglaterra, uma fazenda em Versoie. Absorvido no seu trabalho de ensinar e tentar patentear algo estrondoso, o seu transmissor, relega para segundo plano sua esposa e com isso a relacao entre ambos segue o mesmo rumo, que na mesma fazenda ela assume o controlo da fabricacao de seda, mesmo que Simon, seu marido, pense o contrario.

Sophie irma mais velha de Serge eclipsa-se no primeiro capitulo, tem uma morte subita aos dezassete anos, Sophie muito diferente do irmao, Serge tende a seguir os passos do pai, Sophie uma quimica/botanica do melhor que a sua escola ja teve, as suas experiencias nocturnas nos laboratorios da fazenda sao deveras interessantes.

Widsun amigo da famlia chega à fazenda com um cinetoscopio, o qual vai fazer maravilhas entre a comunidade local. O teatro anual das criancas da escola de dia (criancas surdas) ocupa uma grande parte deste capitulo e tem como catapulta a preparacao do funeral de Sophie, um funeral teatral e excentrico.

Apos a morte da irma Serge viaja para Klodebrady, uma cidade Alem que vive exclusivamente das suas termas e das ditas aguas miraculosas, uma passagem que serve para Serge crescer como personagem. Vive obcecado sexualmente por Tnia a sua massagista corcunda, mas passa os dias com uma visitante das mesmas termas onde os dois empatizam nos momentos que precedem as ditas curas.

MacCarthy nesta parte do livro desenvolve a perspectiva entre o lado emocional e racional.

Tom MacCarthy com este seu "C", todos os capitulos do livro comeam por C (Coifa - Chuto - Coliso - Chamada) as palavras-chave ou as mais marcantes tambem comecam por C (Comunicao, Carbono, Cocana), talvez dai advenha este titulo muito peculiar. Os temas e os seus capitulos sao muito bem estruturados, com uma linguagem acessivel mas muito detalhado, cada assunto dissecado ao pormenor, ve-se muito trabalho de bastidores do autor em quase todos os temas descritos. Este livro vai directo para a estante intermediaria pois tem de ser lido novamente tantas pequenas coisas ficaram para tras, demasiadas pontas soltas que merecem ser revistas, um livro complexo com tantas influencias (Freud, Kafka, Thomas Mann, entre outros) que realmente merece ter outra oportunidade.

Um livro realmente bom, mas ja com um elevado grau de compreensao, podemos cair na tentacao de abandonar o livro numa qualquer parte mais confusa, mas mesmo assim um livro muito bom.
Sophie irma mais velha de Serge eclipsa-se no primeiro capitulo, tem uma morte subita aos dezassete anos, Sophie muito diferente do irmao, Serge tende a seguir os passos do pai, Sophie uma quimica/botanica do melhor que a sua escola ja teve, as suas experiencias nocturnas nos laboratorios da fazenda sao deveras interessantes.

Widsun amigo da famlia chega à fazenda com um cinetoscopio, o qual vai fazer maravilhas entre a comunidade local. O teatro anual das criancas da escola de dia (criancas surdas) ocupa uma grande parte deste capitulo e tem como catapulta a preparacao do funeral de Sophie, um funeral teatral e excentrico.

Apos a morte da irma Serge viaja para Klodebrady, uma cidade Alem que vive exclusivamente das suas termas e das ditas aguas miraculosas, uma passagem que serve para Serge crescer como personagem. Vive obcecado sexualmente por Tnia a sua massagista corcunda, mas passa os dias com uma visitante das mesmas termas onde os dois empatizam nos momentos que precedem as ditas curas.

MacCarthy nesta parte do livro desenvolve a perspectiva entre o lado emocional e racional.

Tom MacCarthy com este seu "C", todos os capitulos do livro comeam por C (Coifa - Chuto - Coliso - Chamada) as palavras-chave ou as mais marcantes tambem comecam por C (Comunicao, Carbono, Cocana), talvez dai advenha este titulo muito peculiar. Os temas e os seus capitulos sao muito bem estruturados, com uma linguagem acessivel mas muito detalhado, cada assunto dissecado ao pormenor, ve-se muito trabalho de bastidores do autor em quase todos os temas descritos. Este livro vai directo para a estante intermediaria pois tem de ser lido novamente tantas pequenas coisas ficaram para tras, demasiadas pontas soltas que merecem ser revistas, um livro complexo com tantas influencias (Freud, Kafka, Thomas Mann, entre outros) que realmente merece ter outra oportunidade.

Um livro realmente bom, mas ja com um elevado grau de compreensao, podemos cair na tentacao de abandonar o livro numa qualquer parte mais confusa, mas mesmo assim um livro muito bom.

CONTÉM SPOILERS]
Tom MacCarthy elege Serge Carrefax para personagem central deste seu livro "C" e tudo gira sua volta. Logo no inIcio do livro deparamo-nos com o nascimento de Serge, um parto realizado pelo Dr. Learmont, uma escrita que nos cativa logo à partida. Serge filho de Simon uma personagem muito peculiar, seu pai um inventor, um cientista e tambem um professor que dirige uma escola para surdos numa provincia em Inglaterra, uma fazenda em Versoie. Absorvido no seu trabalho de ensinar e tentar patentear algo estrondoso, o seu transmissor, relega para segundo plano sua esposa e com isso a relacao entre ambos segue o mesmo rumo, que na mesma fazenda ela assume o controlo da fabricacao de seda, mesmo que Simon, seu marido, pense o contrario.

Sophie irma mais velha de Serge eclipsa-se no primeiro capitulo, tem uma morte subita aos dezassete anos, Sophie muito diferente do irmao, Serge tende a seguir os passos do pai, Sophie uma quimica/botanica do melhor que a sua escola ja teve, as suas experiencias nocturnas nos laboratorios da fazenda sao deveras interessantes.

Widsun amigo da famlia chega à fazenda com um cinetoscopio, o qual vai fazer maravilhas entre a comunidade local. O teatro anual das criancas da escola de dia (criancas surdas) ocupa uma grande parte deste capitulo e tem como catapulta a preparacao do funeral de Sophie, um funeral teatral e excentrico.

Apos a morte da irma Serge viaja para Klodebrady, uma cidade Alem que vive exclusivamente das suas termas e das ditas aguas miraculosas, uma passagem que serve para Serge crescer como personagem. Vive obcecado sexualmente por Tnia a sua massagista corcunda, mas passa os dias com uma visitante das mesmas termas onde os dois empatizam nos momentos que precedem as ditas curas.

MacCarthy nesta parte do livro desenvolve a perspectiva entre o lado emocional e racional.

Tom MacCarthy com este seu "C", todos os capitulos do livro comeam por C (Coifa - Chuto - Coliso - Chamada) as palavras-chave ou as mais marcantes tambem comecam por C (Comunicao, Carbono, Cocana), talvez dai advenha este titulo muito peculiar. Os temas e os seus capitulos sao muito bem estruturados, com uma linguagem acessivel mas muito detalhado, cada assunto dissecado ao pormenor, ve-se muito trabalho de bastidores do autor em quase todos os temas descritos. Este livro vai directo para a estante intermediaria pois tem de ser lido novamente tantas pequenas coisas ficaram para tras, demasiadas pontas soltas que merecem ser revistas, um livro complexo com tantas influencias (Freud, Kafka, Thomas Mann, entre outros) que realmente merece ter outra oportunidade.

Um livro realmente bom, mas ja com um elevado grau de compreensao, podemos cair na tentacao de abandonar o livro numa qualquer parte mais confusa, mas mesmo assim um livro muito bom.">
Ver Mais
// O Tempo Que já Não Viverei Um livro bastante simples e bonito. Aborda os sentimentos de uma perspectiva interessante. É uma leitura prazerosa. Ver Mais
// Dez Anos Depois A D O R E I!!! Depois de ler "O segredo do meu marido", da mesma autora, avancei com a compra deste que já andava há imenso tempo pelas minhas listas. É fantástico e daqueles livros que toda a gente deve ler. Recomendo!!

A D O R E I!!! Depois de ler "O segredo do meu marido", da mesma autora, avancei com a compra deste que já andava há imenso tempo pelas minhas listas. É fantástico e daqueles livros que toda a gente deve ler. Recomendo!!">
Ver Mais
// Dez Anos Depois É uma história maravilhosa que nos faz pensar na vida e no misterioso futuro que nos aguarda!! Adorei e recomendo !!! Ver Mais
// Amor, Ponto e Vírgula li, gostei e recomendo vivamente.

Rosário Palma
Ver Mais
// Amor, Ponto e Vírgula "Amor, Ponto e Vírgula" de Andrew Nicoll, gostei imenso do livro, uma linda história de amor, uma delicia de se ler, com uma Santa Walpurnia, que é mais ao menos a santa padroeira da terra é o máximo, só digo que recomendo a sua leitura, pois vão gostar tanto quanto eu gostei de ler:)))
Odete SilvaOdete Silva

"Amor, Ponto e Vírgula" de Andrew Nicoll, gostei imenso do livro, uma linda história de amor, uma delicia de se ler, com uma Santa Walpurnia, que é mais ao menos a santa padroeira da terra é o máximo, só digo que recomendo a sua leitura, pois vão gostar tanto quanto eu gostei de ler:)))
Odete Silva">
Ver Mais
// Amor, Ponto e Vírgula É um romance diferente de todos os outros, repleto de ironia. É uma leitura agradável. Ver Mais
// Miral Agora que o senhor Benjamin Netanyahu saiu vencedor das últimas eleições no Estado de Israel seria interessante ler o romance da palestiniana Rula Jebreal, nascida em Haifa no ano de 1973, que com cidadania e passaporte israelita, viajou para Itália em 1993, onde começou a escrever na imprensa diária sobre a política do Médio Oriente.
O romance de Rula Jebreal gravita em torno da vida de uma jovem estudante palestiniana que frequenta o colégio de ?Dar El-Tifel?, situado na parte leste da cidade de Jerusalém, propriedade de Hind Husseini, uma palestiniana aristocrata que se ocupa por dar educação aos órfãos palestinianos vítimas da ocupação da sua nação, antes da guerra dos seis dias, pelas forças do reino da Jordânia e posteriormente pelos israelitas.
No seu romance a autora conta a história das duas palestinianas a viverem nos territórios ocupados de Jerusalém oriental. Uma é Miral, a jovem aluna, que luta na intifada com risco da própria vida, mas que acaba por obter o seu diploma com mérito, conseguindo uma bolsa de estudos para poder frequentar uma universidade fora de Israel. A outra é a diretora da escola, Hind Husseini, que pouco antes da fundação do Estado de Israel, em 1948, encontrou um grupo de cerca de cinquenta crianças abandonadas e sentiu como que um ?Apelo Divino? para tratar delas. Responsabilizando-se por essas e outras crianças, funda um orfanato para crianças palestinianas, criando assim os alicerces do futuro colégio ?Dar El-Tifel?.
Miral, uma das protagonistas desta obra, foi uma das muitas crianças que ao longo dos anos receberam a proteção e o afeto de Hind e da sua instituição. Aos dezassete anos, confrontada com a realidade angustiante do seu povo, entrega-se à causa política e tem de escolher entre pegar em armas para lutar pelo futuro da Palestina ou, como Hind, dedicar-se à educação como único caminho possível para a paz.
O romance de Rula Jebreal foi transposto para o cinema com o mesmo título, mas antes de ver o filme recomendo que seja lido o livro, pois uma adaptação cinematográfica nunca nos pode transmitir as emoções da leitura de um romance.
Para finalizar convém recordar que o senhor Benjamin Netanyahu prometeu que, se saísse vencedor das últimas eleições, se oporia terminantemente à criação do Estado da Palestina e faria tudo para que apenas o Estado de Israel predominasse na região, com a criação de novos colonatos judaicos, dando assim seguimento a uma política de ocupação ilícita dos territórios ocupados, deitando a perder todo o conjunto de negociações de paz levada a cabo até à data e que tantas vidas custaram a ambas as partes.
Ver Mais
// Lotaria Lotaria é uma história extraordinária, fabulosa, magnifica de amor e amizade, comovente, sobre um ser humano com uma generosidade sem precedentes, que nos dá uma lição de vida com ensinamentos sem limites, um livro cheio de sentimentos.

Adorei ler este livro e estive praticamente o tempo todo enquanto lia com um sorriso na cara.

A personagem principal chama-se Perry L. Crandall, tem um QI de 76, mais 1 valor acima dos 75 para não ser considerado "deficiente mental", mas antes "lento" como lhe diz a avó uma mulher extraordinária, que o criou com todo o seu amor e saber, e que conseguiu inculcar-lhe princípios e valores, que poucos seres humanos conseguem ter.

Para saberem mais vão ter que ler este livro fantástico, fabuloso que vai ficar na minha memória durante muito tempo.

Fui surpreendida com o final, mas só podia terminar dessa forma, com uma pessoa como Perry.
Recomendo sem reservas.

Opinião em http://destante.blogspot.pt/2012/04/lotaria-de-patricia-wood.html
Para saberem mais vão ter que ler este livro fantástico, fabuloso que vai ficar na minha memória durante muito tempo.

Fui surpreendida com o final, mas só podia terminar dessa forma, com uma pessoa como Perry.
Recomendo sem reservas.

Opinião em http://destante.blogspot.pt/2012/04/lotaria-de-patricia-wood.html

Lotaria é uma história extraordinária, fabulosa, magnifica de amor e amizade, comovente, sobre um ser humano com uma generosidade sem precedentes, que nos dá uma lição de vida com ensinamentos sem limites, um livro cheio de sentimentos.

Adorei ler este livro e estive praticamente o tempo todo enquanto lia com um sorriso na cara.

A personagem principal chama-se Perry L. Crandall, tem um QI de 76, mais 1 valor acima dos 75 para não ser considerado "deficiente mental", mas antes "lento" como lhe diz a avó uma mulher extraordinária, que o criou com todo o seu amor e saber, e que conseguiu inculcar-lhe princípios e valores, que poucos seres humanos conseguem ter.

Para saberem mais vão ter que ler este livro fantástico, fabuloso que vai ficar na minha memória durante muito tempo.

Fui surpreendida com o final, mas só podia terminar dessa forma, com uma pessoa como Perry.
Recomendo sem reservas.

Opinião em http://destante.blogspot.pt/2012/04/lotaria-de-patricia-wood.html">
Ver Mais
// Lotaria Confesso que este livro é uma preciosidade. A história é contada por Perry e é de uma grande ternura. Gostei muito do início da história mais ou menos até meio, mas depois achei sempre a mesma coisa e a maneira de contar a história começou-me a irritar, porque apesar de Perry já ser um adulto conta a história como se fosse uma criança, uma vez que ele tem o QI de 76. Ver Mais
// Lotaria As palavras são como a cara das pessoas, nem sempre querem dizer o que parecem.
Um romance profundamente sensível e encantador. É um livro rico em amor, confiança e esperança. Recomendo.
Ver Mais
// Lotaria Marailhoso este livro....
Aqui deixo o link para a minha opinião no blog O tempo entre os meus livroshttp://otempoentreosmeuslivros.blogspot.pt/2011/10/convidada-escolhe-lotaria.html
Ver Mais
// Lotaria Uma narrativa sobre o ser-se diferente e o tratarem-nos de forma diferente!Um impressionante relato que nos chega pela voz de um jovem com alguns problemas cognitivos. Amado e instruído por uma avô astuta (que não esqueceu de mimá-lo e de lhe dar dicas) é com a morte da avó que o nosso jovem vai aplicando os ensinamentos e confiando nos amigos que ela lhe dissera serem de confiança...mas quando o seu bilhete de lotaria é o sorteado, aparecem tantos familiares e a luta por ele é tanta que o nosso jovem Perry passa a tomar as rédeas da sua vida e a ser um homem responsável e de quem se segue as tendências. Um romance arrebatador que nos faz refletir sobre a forma como nos dirigimos aos outros e o legado que deixamos àqueles que amamos. Ver Mais
// O Estranho Desaparecimento de Esme Lennox Adorei este livro!!!
Com personagens muito fortes e intensas, estranhas, tocantes, um belo romance psicológico. Lemos um parágrafo que conta o passado, e voltamos ao presente no outro logo a seguir na mesma página, mas sem nos baralhar e sem nos perdemos na história. Tive que reler mais que uma vez as 2 últimas páginas... e continuo a pensar no livro.
Recomendo a sua leitura.
Odete Silva
Ver Mais
// O Estranho Desaparecimento de Esme Lennox Há livros que nos deixam absolutamente aparvalhados.....
Acabei este livro e fiquei assim mesmo, aparvalhada! Não no sentido mais pejorativo da palavra claro!!
Aparvalhada com a surpresa que encerra este livrinho! Iniciei-o com alguma expectativa até porque já tinha lido excelentes críticas ao mesmo. A leitura fez-se rápida pois a escrita da autora é feita duma forma a que me rendi logo.
Múltiplas vozes digamos assim, é dessa forma que avança a narrativa. Brilhante! Maggie O´Farrell consegue com a sua
estranha forma de escrever, absorver a atenção do leitor e quando damos por ela, já lemos quase tudo. Mas, quase no final, bem, quase no final é que está o mais surpreendente...
No decorrer desta história, sentem-se as emoções das personagens como se fossem nossas. Avassaladora a dor de Esme, a raiva de Kitty, as dúvidas de Íris. Revoltamo-nos juntamente com as personagens, sofremos com elas e no final ficamos simplesmente aparvalhados!
Excelente!
Numa escala de 1 a 5, é um 5 pleno!
Ver Mais
// A Delicadeza Uma obra de leitura rápida e fluída. A personagem principal é o retrato de uma mulher bem sucedida e com uma vida de conto de fadas, que no entanto é assolada pela tragédia da perda do seu grande amor. Este é um romance que nos aproxima da dor e angústia das personagens e que ao mesmo tempo nos dá esperança e nos leva numa busca pela felicidade.
David Foenkinos transporta-nos para uma história em que nos apercebemos que o amor muitas vezes está onde menos esperamos e que são os gestos mais simples e delicados que nos aquecem o coração.
Recomendo!
Ver Mais
// Contigo Para Sempre Podemos ler várias opiniões sobre este livrinho no site da Presença, por isso não me vou alongar na minha opinião. Achei muito interessante saber que "Contigo para sempre" é um livro autobiográfico. E o que o autor disse sobre o livro «As coisas que parecem normais são ficção e as coisas que parecem impossíveis são verdade».

Li em duas noites este livro, porque quando começamos a ler ficamos apaixonados logo por esta história de amor e "magia" e pelos personagens, quando Takumi e Yuji ficam sozinhos após a morte da mãe Mio, eles tentam viver da melhor maneira que conseguem, e a relação entre ambos é maravilhosa e comovente, mas nem se apercebem o quanto a mãe lhes faz falta. O pai vai escrevendo um livro sobre a mãe, para que o filho de cinco anos possa recordar como ela era. Até que se dá a tal "magia" e Mio aparece para voltar a orientá-los no dia a dia. Começa então um leque de recordações da vivência entre Takumi e Mio desde a adolescência, como se conheceram, e apaixonaram é lindo de se ler, as limitações e problemas de Takumi e a grande benevolência de Mio perante os mesmos. Yuji é um miúdo muito especial. Em suma um livro maravilhoso, cheio de ternura, diferente, que emociona, comove, inesquecível quanto a mim.
Adorei e devorei as páginas, e o final nem se fala, pois não se está espera. Recomendo sem reservas.
Li em duas noites este livro, porque quando começamos a ler ficamos apaixonados logo por esta história de amor e "magia" e pelos personagens, quando Takumi e Yuji ficam sozinhos após a morte da mãe Mio, eles tentam viver da melhor maneira que conseguem, e a relação entre ambos é maravilhosa e comovente, mas nem se apercebem o quanto a mãe lhes faz falta. O pai vai escrevendo um livro sobre a mãe, para que o filho de cinco anos possa recordar como ela era. Até que se dá a tal "magia" e Mio aparece para voltar a orientá-los no dia a dia. Começa então um leque de recordações da vivência entre Takumi e Mio desde a adolescência, como se conheceram, e apaixonaram é lindo de se ler, as limitações e problemas de Takumi e a grande benevolência de Mio perante os mesmos. Yuji é um miúdo muito especial. Em suma um livro maravilhoso, cheio de ternura, diferente, que emociona, comove, inesquecível quanto a mim.
Adorei e devorei as páginas, e o final nem se fala, pois não se está espera. Recomendo sem reservas.

Podemos ler várias opiniões sobre este livrinho no site da Presença, por isso não me vou alongar na minha opinião. Achei muito interessante saber que "Contigo para sempre" é um livro autobiográfico. E o que o autor disse sobre o livro «As coisas que parecem normais são ficção e as coisas que parecem impossíveis são verdade».

Li em duas noites este livro, porque quando começamos a ler ficamos apaixonados logo por esta história de amor e "magia" e pelos personagens, quando Takumi e Yuji ficam sozinhos após a morte da mãe Mio, eles tentam viver da melhor maneira que conseguem, e a relação entre ambos é maravilhosa e comovente, mas nem se apercebem o quanto a mãe lhes faz falta. O pai vai escrevendo um livro sobre a mãe, para que o filho de cinco anos possa recordar como ela era. Até que se dá a tal "magia" e Mio aparece para voltar a orientá-los no dia a dia. Começa então um leque de recordações da vivência entre Takumi e Mio desde a adolescência, como se conheceram, e apaixonaram é lindo de se ler, as limitações e problemas de Takumi e a grande benevolência de Mio perante os mesmos. Yuji é um miúdo muito especial. Em suma um livro maravilhoso, cheio de ternura, diferente, que emociona, comove, inesquecível quanto a mim.
Adorei e devorei as páginas, e o final nem se fala, pois não se está espera. Recomendo sem reservas.">
Ver Mais
// Contigo Para Sempre Takumi acaba de perder a mulher e o seu filho Yuji fala constantemente na lenda que a mãe lhe falava, que quando morresse que voltaria novamente para estar com eles, mas que não seria por muito tempo. E eis que volta mas sem a memória, e resolve Takumi contar-lhe o que foi a sua vida, o início de namoro, o casamento, o nascimento do filho de ambos. É uma história muito comovente e que nos faz pensar sobre como o amor continua mesmo após a morte.

aviciadadoslivros.blogspot.com
Ver Mais
// O Canto do Anjo Esta é, sem sombra de dúvida, uma história emocionante, capaz de nos fazer chorar, rir e sonhar. Tem todos os componentes de uma grande obra! Richard Harvell é um nome a fixar na memória! Altamente recomendado! Ver Mais
// O Canto do Anjo Um drama repleto de amor que me deixou presa da primeira à última página. Ver Mais
// O Canto do Anjo Amei!!!! Devorei, principalmente os ultimos capitulos.
Neste livro aprendemos o verdadeiro sentido da amizade e do amor. Uma bela história, por vezes demasiado crua, que nos ensina que a vida nem sempre corresponde como planeamos.
Parabéns ao autor pela descrição das paisagens, dos monumentos, dos sons...ao ler transporta-nos para lá, é como estivessemos a viver a história.
O Canto do Anjo, repleto de Magia e Paixão!
Ver Mais
// A Mulher do Tigre Um dos melhores livros que já li.
Aprecio bastante histórias sobre os Balcãs e este livro faz-nos reviver a história recente desta região-mártir da Europa que apesar de tão recente se tem tendência a esquecer...
Ver Mais
// Os Imperfeccionistas Gostei bastante do livro "Os Imperfeccionistas" de Tom Rachman, está dividido por capítulos com personagens que trabalham num jornal de língua inglesa sediado em Roma já algumas décadas, o qual com o passar do tempo vai trazendo as novas tecnologias para o jornal, substituindo as velhas máquinas de escrever por computadores, os faxes por emails, e em que adaptação dos mais velhos nem sempre é fácil como é óbvio.

Descreve-nos e fala-nos do chefe de redação, do obituarista, de um velho correspondente decadente, da redactora de economia, editor de rectificações, da revisora, da directora, da leitora. um vasto leque de personagens que trabalham no meio editorial e dão vida ao jornal no seu dia a dia,e em cada capitulo cada um vai ser esmiuçado ao pormenor, e não são poupados a nada, são descritos de forma nua e crua, com os seus defeitos e qualidades, mas sem rodeios.

A grande maioria são egoístas, inseguros, paranoicos, infelizes, portanto ficamos a saber as fraquezas e os pontos fortes de cada um. Mas é tudo relatado numa escrita fluida que nos motiva a ler, não é monótono, tem humor. Entre cada capitulo ficamos a conhecer também um pouco da história e criação do jornal.

E por fim temos um herdeiro em que não se sabe o que ele vai fazer com o jornal mantendo a incerteza do seu futuro, só no último capitulo se saberá. Achei uma boa história, bem construída, recomendo a sua leitura, pois em apenas 3 noites, passei bons momentos a conhecer estas personagens digamos "invulgares."

Descreve-nos e fala-nos do chefe de redação, do obituarista, de um velho correspondente decadente, da redactora de economia, editor de rectificações, da revisora, da directora, da leitora. um vasto leque de personagens que trabalham no meio editorial e dão vida ao jornal no seu dia a dia,e em cada capitulo cada um vai ser esmiuçado ao pormenor, e não são poupados a nada, são descritos de forma nua e crua, com os seus defeitos e qualidades, mas sem rodeios.

A grande maioria são egoístas, inseguros, paranoicos, infelizes, portanto ficamos a saber as fraquezas e os pontos fortes de cada um. Mas é tudo relatado numa escrita fluida que nos motiva a ler, não é monótono, tem humor. Entre cada capitulo ficamos a conhecer também um pouco da história e criação do jornal.

E por fim temos um herdeiro em que não se sabe o que ele vai fazer com o jornal mantendo a incerteza do seu futuro, só no último capitulo se saberá. Achei uma boa história, bem construída, recomendo a sua leitura, pois em apenas 3 noites, passei bons momentos a conhecer estas personagens digamos "invulgares."


Gostei bastante do livro "Os Imperfeccionistas" de Tom Rachman, está dividido por capítulos com personagens que trabalham num jornal de língua inglesa sediado em Roma já algumas décadas, o qual com o passar do tempo vai trazendo as novas tecnologias para o jornal, substituindo as velhas máquinas de escrever por computadores, os faxes por emails, e em que adaptação dos mais velhos nem sempre é fácil como é óbvio.

Descreve-nos e fala-nos do chefe de redação, do obituarista, de um velho correspondente decadente, da redactora de economia, editor de rectificações, da revisora, da directora, da leitora. um vasto leque de personagens que trabalham no meio editorial e dão vida ao jornal no seu dia a dia,e em cada capitulo cada um vai ser esmiuçado ao pormenor, e não são poupados a nada, são descritos de forma nua e crua, com os seus defeitos e qualidades, mas sem rodeios.

A grande maioria são egoístas, inseguros, paranoicos, infelizes, portanto ficamos a saber as fraquezas e os pontos fortes de cada um. Mas é tudo relatado numa escrita fluida que nos motiva a ler, não é monótono, tem humor. Entre cada capitulo ficamos a conhecer também um pouco da história e criação do jornal.

E por fim temos um herdeiro em que não se sabe o que ele vai fazer com o jornal mantendo a incerteza do seu futuro, só no último capitulo se saberá. Achei uma boa história, bem construída, recomendo a sua leitura, pois em apenas 3 noites, passei bons momentos a conhecer estas personagens digamos "invulgares."
">
Ver Mais
// Terraços de Teerão Para quem goste de ler um bom romance este é o livro ideal. É uma historia sobre o amor, amizade e a luta pela liberdade. Dá-nos a conhecer uma cultura muito diferente da nossa e que muitas vezes não é bem compreendida.
Nota 20/20.
Ver Mais
// Terraços de Teerão ...a vida é um pequeno preço a pagar por aquilo em que acreditamos.
Achei este livro fabuloso, muito interessante. Li-o com prazer, um livro que nos vai revelando pormenores da cultura Iraniana ao longo da história. Obrigatório para quem quer conhecer o outro lado do Oriente.
A mensagem: esperança para o futuro. Jovens que lutam pelo futuro do seu país.
Nota 10
Ver Mais
// Darling Jim Arrisquem-se a conhecer o pecado de nome Jim que arrastou as irmãs para um inferno real.
É bom, é cruel, é fugaz, é aconselhável!
Ver Mais
// Darling Jim Um enredo intrincado que explora os limites obscuros da mente humana! Um livro que dada a sua riqueza satisfaz os leitores apreciadores de fantasia, de policial ou apenas fãs do dramático. Recomendo! Ver Mais
// Darling Jim Fui conquistada pela história, pelo mistério que a envolve, por trazer à luz do dia sentimentos e os perigos dos mesmos quando mal dirigidos e pelas personagens que dada a sua construção me envolveram Ver Mais
// Darling Jim É um livro fantástico! Christian Mørk é um autor que escreve com a sabedoria dos ancestrais. A forma como nos conta a história é simplesmente arrebatadora. Adorei! :)
Ver Mais
// Darling Jim «Darling Jim» é o tipo de livro que não vai querer perder. Envolvente, cativante e muito, muito sedutor, recheado de imperdíveis personagens e cenários próprios das lendas e mitos irlandeses, este é um romance que irá, certamente, agradar às massas e, sem dúvida, fazer muitos leitores sonhar com paisagens idílicas e acções macabras. Um terror psicológico e moderno que não deixará ninguém indiferente.
Atreva-se a conhecer Jim, e o seu lado mais querido.
Não se vai arrepender!
Ver Mais
// Darling Jim Uma leitura inesquecível, marcante e intensa. Seduz e hipnotiza-nos até à última página. Um livro que com toda a certeza voltarei a ler.
Uma das melhores leituras do ano.
Ver Mais
// Darling Jim Este é um livro que simplesmente não vão querer perder! Quer gostem de romances, policiais, thrillers, góticos, este livro é para vocês!! Tem de tudo um pouco. Christian Moerk tem uma narrativa que nos prende da primeira à ultima página! Altamente viciante, posso-vos garantir! Este é sem sombra de dúvidas um dos melhores livros que li este ano!! Ver Mais
// Darling Jim Obrigada Editorial Presença!!!
Pelo convite de fazer parte desta leitura conjunta, foi um privilégio e uma honra, adorei a experiência.
Foi muito bom ir lendo e partilhando juntamente com as companheiras de leitura a opinião deste magnifico livro "Darling Jim - o lado negro da sedução". ADOREI e recomendo a sua leitura.

Obrigada Editorial Presença!!!
Pelo convite de fazer parte desta leitura conjunta, foi um privilégio e uma honra, adorei a experiência.
Foi muito bom ir lendo e partilhando juntamente com as companheiras de leitura a opinião deste magnifico livro "Darling Jim - o lado negro da sedução". ADOREI e recomendo a sua leitura.">
Ver Mais
// Darling Jim Um romance gótico! Foi assim que Darling Jim me foi apresentado pela Presença no desafio que me lançou para fazer a sua leitura conjunta em antecipação à sua publicação... Confesso que ainda coloquei algumas reticências e parti com algum desconforto pois não se trata de um tipo de narração que faça parte das minhas leituras habituais mas resolvi encará-lo como um desafio.
Afinal, Darling Jim surpreendeu-me a cada dia e tornou-se numa leitura voraz e fiquei absolutamente rendida!
A profusão de histórias que se intercalam na acção principal, a constante revelação de novos enredos quando pensamos que a narração entrou em "velocidade cruzeiro", histórias que nos sobressaltam e, para mim sublime, a introdução dos contos celtas, que adoro revelou-se um golpe de mestre!
Por tudo isto Darling Jim é um livro que merece lugar de destaque!
Não é um policial, não é um thriller, não é um romance, não narra uma lenda celta, não é negro nem de terror... é um pouco de cada! Darling Jim é um livro único, com um estilo próprio, narrado com mestria!
Jim, que nos atrai e nos repugna, Moira que queremos compreender mas não podemos, as irmãs Walsh, que nos fazem viver a/na acção e um carteiro que queriamos ser para desvendar o mistério... uma paisagem que nos leva à Irlanda, um pormenor delicioso que coloca os portugueses entre os mais ricos da Europa...
Seremos o lobo? E nós? Amá-la-íamos ou matá-la-íamos? Quem somos nós afinal, no nosso íntimo, quando colocados perante o bem e o mal? E o que é de facto o bem e o mal?
Um livro inquietante que nos faz pensar sobre a natureza humana e questionar os nossos valores mais intrínsecos...Por tudo isto Darling Jim é um livro que merece lugar de destaque!
Não é um policial, não é um thriller, não é um romance, não narra uma lenda celta, não é negro nem de terror... é um pouco de cada! Darling Jim é um livro único, com um estilo próprio, narrado com mestria!
Jim, que nos atrai e nos repugna, Moira que queremos compreender mas não podemos, as irmãs Walsh, que nos fazem viver a/na acção e um carteiro que queriamos ser para desvendar o mistério... uma paisagem que nos leva à Irlanda, um pormenor delicioso que coloca os portugueses entre os mais ricos da Europa...
Seremos o lobo? E nós? Amá-la-íamos ou matá-la-íamos? Quem somos nós afinal, no nosso íntimo, quando colocados perante o bem e o mal? E o que é de facto o bem e o mal?
Um livro inquietante que nos faz pensar sobre a natureza humana e questionar os nossos valores mais intrínsecos...

Um romance gótico! Foi assim que Darling Jim me foi apresentado pela Presença no desafio que me lançou para fazer a sua leitura conjunta em antecipação à sua publicação... Confesso que ainda coloquei algumas reticências e parti com algum desconforto pois não se trata de um tipo de narração que faça parte das minhas leituras habituais mas resolvi encará-lo como um desafio.
Afinal, Darling Jim surpreendeu-me a cada dia e tornou-se numa leitura voraz e fiquei absolutamente rendida!
A profusão de histórias que se intercalam na acção principal, a constante revelação de novos enredos quando pensamos que a narração entrou em "velocidade cruzeiro", histórias que nos sobressaltam e, para mim sublime, a introdução dos contos celtas, que adoro revelou-se um golpe de mestre!
Por tudo isto Darling Jim é um livro que merece lugar de destaque!
Não é um policial, não é um thriller, não é um romance, não narra uma lenda celta, não é negro nem de terror... é um pouco de cada! Darling Jim é um livro único, com um estilo próprio, narrado com mestria!
Jim, que nos atrai e nos repugna, Moira que queremos compreender mas não podemos, as irmãs Walsh, que nos fazem viver a/na acção e um carteiro que queriamos ser para desvendar o mistério... uma paisagem que nos leva à Irlanda, um pormenor delicioso que coloca os portugueses entre os mais ricos da Europa...
Seremos o lobo? E nós? Amá-la-íamos ou matá-la-íamos? Quem somos nós afinal, no nosso íntimo, quando colocados perante o bem e o mal? E o que é de facto o bem e o mal?
Um livro inquietante que nos faz pensar sobre a natureza humana e questionar os nossos valores mais intrínsecos...">
Ver Mais
// Darling Jim Gostei bastante deste livro especialmente porque o escritor mostra o que uma pessoa pode fazer por uma paixão que se acaba tornando uma obsessão e que transforma não só a nossa vida, mas também a vida dos que nos rodeiam.
É um livro cheio de suspense que mistura os mais variados estilos e nessa conjunção cria o ambiente perfeito para o leitor se deixar levar pelos protagonistas e querer saber sempre mais. É uma leitura compulsiva que muitas vezes me fez suster a respiração! Além disto tudo, tem um final super inesperado que deixa qualquer leitor pasmado!
Adorei este livro e recomendo!!
Ver Mais
// Darling Jim «Um livro magnífico, que nos prende em cada capítulo, apela aos nossos sentidos, uma história envolvente, arrepiante, avassaladora, viciante, mórbida, macabra, com um final inesperado, mas que podia ser real. Simplesmente adorei!!!»
Odete Silva
Ver Mais
// Darling Jim Que livro magnífico! Uma história simples que se torna habilmente complexa, pelo intrincado novelo de estilos narrativos e do fantástico modo que Moerk tem em contar histórias dentro de histórias fazendo uma muito interessante mistura de estilos narrativos que resultam numa obra fantástica e original.
Personagens bem construídas e sedutoras cada uma à sua maneira, sendo que Jim é a sedução personificada nesta história. Uma forma fantástica de nos envolver com um ambiente gótico, com a Irlanda e as suas lendas celtas.
Sedução, tragédia, paixão, ciúme, crueldade, vingança, são palavras que continuam na nossa mente após esta leitura tão envolvente. O leitor desta obra tem uma dificuldade enorme em interromper a leitura e no final fica com vontade que a história perdure mais e mais para não ter de se despedir destas fascinantes personagens. O desenrolar da história mostra-nos alguns "lados negros" da natureza humana que acabam por ficar a "pairar" na nossa mente durante algum tempo...
Christian Moerk presenteou-nos com um livro avassalador e que recomendo sem reservas! Absolutamente imperdível!Christian Moerk presenteou-nos com um livro avassalador e que recomendo sem reservas! Absolutamente imperdível!

Que livro magnífico! Uma história simples que se torna habilmente complexa, pelo intrincado novelo de estilos narrativos e do fantástico modo que Moerk tem em contar histórias dentro de histórias fazendo uma muito interessante mistura de estilos narrativos que resultam numa obra fantástica e original.
Personagens bem construídas e sedutoras cada uma à sua maneira, sendo que Jim é a sedução personificada nesta história. Uma forma fantástica de nos envolver com um ambiente gótico, com a Irlanda e as suas lendas celtas.
Sedução, tragédia, paixão, ciúme, crueldade, vingança, são palavras que continuam na nossa mente após esta leitura tão envolvente. O leitor desta obra tem uma dificuldade enorme em interromper a leitura e no final fica com vontade que a história perdure mais e mais para não ter de se despedir destas fascinantes personagens. O desenrolar da história mostra-nos alguns "lados negros" da natureza humana que acabam por ficar a "pairar" na nossa mente durante algum tempo...
Christian Moerk presenteou-nos com um livro avassalador e que recomendo sem reservas! Absolutamente imperdível!">
Ver Mais
// Darling Jim Excelente livro. completamente imprevisível. Aconselho vivamente. Ver Mais
// Darling Jim Estava com grandes expectativas em relação a este livro e talvez por esta razão, o livro não me cativou.
Ver Mais
// Darling Jim Darling Jim, um livro fabuloso, em que o mistério está presente do principio ao fim. Este livro foi hipnotizante, de tirar a respiração, se tal me fosse permitido tinha-o lido todo de seguida, uma leitura rápida em que queremos saber sempre o seu desenvolvimento?altamente viciante.
Recomendo vivamente.
Ver Mais
// Darling Jim Um livro com tanto alarido no seu lançamento aguçou-me a curiosidade e aumentou um pouco a expectativa. Logo nas primeiras páginas é um livro que prende pelo mistério que envolve os crimes descritos. No entanto, à medida que vamos avançando toma proporções ligadas ao fantástico e a lendas celtas o que, no meu caso, me fez desinteressar um pouco.
É uma boa narrativa embora por vezes com pormenores ligeiramente descabidos mas um bom livro para quem gosta da mistura policial/thriller/romance/fantástico/histórico. É preciso mestria para misturar tantos géneros.
Ver Mais
// Darling Jim É um livro de cortar a respiração, e que nos deixa agarrados da primeira página até à última. Confesso que não é bem a minha leitura preferida, mas dou o braço a torcer porque é um livro que não é terror, é mais suspense mas que envolve romance, lendas e até contos de fadas. Já reli este livro duas vezes e adorei. Recomendo esta leitura.

aviciadadoslivros.blogspot.com
Ver Mais
// Para Sempre Em Para Sempre, último livro (e talvez o seu melhor) da escritora, esta brinda-nos com uma extraordinária exortação sobre a profundidade da alma humana.

Buscando respostas às perguntas sem fim do narrador e protagonista, Tamaro conta uma história de grande elegância e introspecção narrativa forte, dolorosa, poética e profunda: um caso de amor tão intenso que obriga o leitor a enfrentar a história de uma vida que, no final, não se limita apenas ao protagonista, mas a de todos que o lerem.

Opinião completa aqui:
http://silenciosquefalam.blogspot.com/2011/12/para-sempre-susanna-tamaro.html