O Rapaz do Douro

O Rapaz do Douro

15,92€ 19,90€
-20%

Ler Mais

Sinopse

Portugal, outono de 1877.

Enquanto o Porto se prepara para inaugurar a magnífica ponte de ferro de Gustave Eiffel sobre o rio Douro, Henrique, de 17 anos, foge das duras condições de vida rio acima, pelas vinhas de uma propriedade onde se produz vinho do Porto. Para trás fica uma traição que ele quer esquecer. À sua frente, a oportunidade única de trabalhar numa ouriversaria.

Determinado a fazer do Porto a sua casa, Henrique explora as ruas sinuosas da cidade, convivendo com cartógrafos e agitadores, e começa a aprender a delicada arte da filigrana. Até que um conhecido do passado aparece, ameaçando a sua nova vida...

Quando descobre uma conspiração contra a ponte de Eiffel, Henrique tem de decidir até onde está disposto a ir para se salvar a si próprio, o ilustre novo marco da sua cidade adotiva e talvez até a própria família real portuguesa.

Situado numa cidade de mercadores e trabalhadores, marinheiros e reis, privilegiados e pobres, O Rapaz do Douro é uma história de resiliência e amizade, de um rapaz à procura de si próprio e daquilo em que se quer tornar.

Detalhes

  • Título Original The Filigree Master's Apprentice
  • Categoria Ficção
  • Sub-categoria Romance Histórico
  • ISBN 9789897546013
  • Nº de Páginas 296
  • Data de Lançamento 4/2023
  • Dimensões 233 x 153 x 20 mm
  • Formato Capa Mole
  • Peso 365g

Citações

  • «Fazer qualquer coisa que é suposto garantir a segurança da rainha é um pesado fardo para um filigraneiro. Por muito bom que ele seja.»
  • «De empregado de loja a aprendiz, e agora estão a empurrar-me ainda mais para baixo. A afastar os meus sonhos ainda para mais longe.»
  • «Comecei a manhã a lamuriar-me pela minha sorte, por ter sido relegado para a condição de moço de recados. Como estava enganado. Conheci o homem que está a construir a ponte

Críticas

  • «Jeannine Johnson Maia situa a aventura de um jovem carpinteiro em busca de uma vida melhor no emocionante cenário da industrialização do Porto no final do século XIX. A sua narrativa habilmente investigada irá com certeza intrigar os leitores interessados na História portuguesa e, em particular, na região vinícola do Douro e na sua considerável influência nas fortunas dos mercadores e artesãos do Porto.»Richard Zimler
  • «Um belo romance que nos reporta para o Porto da segunda metade do século XIX. Nesta trama, acompanhamos a aventura de Henrique no mundo dos joalheiros da Rua das Flores, mas também o Porto industrial, o das realizações materiais corporizadas na ponte D. Maria Pia. O mundo das ilhas e a sua sórdida pobreza. A contestação política contra uma monarquia decadente. Na história, cruzam-se personalidades como Carolina Michaëlis, Telles Ferreira e Gustavo Eiffel. Em suma, um romance a não perder.»César Santos Silva
  • «A história apaixonante de Henrique, um jovem que abandona a sua aldeia natal no Alto Douro rumo ao Porto e a uma vida melhor, numa época de grandes transformações sociais, políticas e económicas. E esta é, também, a história de muitos dos homens que triunfaram no comércio, na indústria e na política portuense dos séculos XIX e XX.»Manuel de Sousa